Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Canoinhas tem vagas remanescentes para especialização gratuita em Desenvolvimento Rural Sustentável

CÂMPUS CANOINHAS Data de Publicação: 03 jan 2022 15:41 Data de Atualização: 04 jan 2022 14:46

Estão abertas as inscrições para as vagas remanescentes no curso gratuito de pós-graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável, ofertado pelo Câmpus Canoinhas. São quinze vagas disponíveis, mais cadastro de reserva.

As inscrições devem ser feitas até 17 de janeiro, com envio da documentação para o e-mail: pos.drs.can@ifsc.edu.br. As regras sobre o processo de preenchimento das vagas remanescentes estão informadas na seção 9 do Edital de Ingresso N° 07/DEING/2022/1.

Com carga horária de 420 horas, a especialização em Desenvolvimento Rural Sustentável tem três semestres de duração, com aulas presenciais às quintas e sextas-feiras à noite. A pós é destinada a profissionais formados em cursos superiores da área de Ciências Agrárias ou que tenham interesse em conhecer os processos produtivos agropecuários do Planalto Norte, especialmente das propriedades de agricultura familiar.

Clique aqui para saber mais sobre o curso

Relatos de egressos

Marco Antonio Bettu Kunze é engenheiro sanitarista e ambiental. Na busca por uma pós-graduação ligada à sua área, de qualidade e gratuita, ele escolheu a especialização em Desenvolvimento Rural Sustentável do Câmpus Canoinhas, mesmo morando em Videira. Apesar de cansativas, ele conta que as viagens semanais valeram a pena, porque o curso foi muito bem aproveitado.

“A pós me abriu a visão sobre diversos assuntos ligados ao desenvolvimento rural. Tive várias experiências interessantes, como o próprio desenvolvimento da minha monografia: Impacto ambiental do gênero Pinus: uma correlação com a Floresta Nacional de Três Barras – SC. O conhecimento adquirido foi muito legal, muito importante”, enfatiza Marco.

Formado na licenciatura em Educação do Campo, com habilitação em Ciências da Natureza e Ciências Agrárias, o professor da rede estadual de ensino fundamental e médio, Robson Nepomuceno, escolheu a pós-graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável para se especializar e garante que o curso foi de extrema importância para ampliar e aperfeiçoar seus conhecimentos.

“As diversas experiências entre teoria e prática apresentadas e discutidas em diferentes cenários, conduzidas por professores extremamente qualificados na área, foi essencial para despertar o interesse em dar sequência à carreira acadêmica”, conta Robson, que segue para o mestrado em Geografia, na área de Desenvolvimento Urbano e Regional, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Depois da especialização em Desenvolvimento Rural Sustentável, a engenheira agrônoma Jessiane Mary Jastrombek também seguiu carreira acadêmica e faz mestrado em Produção Vegetal, na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Lages. Em seu depoimento, ela enaltece a importância do curso e do IFSC para a sua formação. “Destaco o ensino de qualidade, o ensino gratuito oferecido por esta instituição.”

CÂMPUS CANOINHAS ESTUDE NO IFSC

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.