Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Canoinhas retoma visitas técnicas presenciais

ENSINO Data de Publicação: 26 abr 2022 12:40 Data de Atualização: 26 abr 2022 13:01

Após dois anos de atividades presenciais totais ou parcialmente suspensas em virtude da pandemia de Covid-19, o Câmpus Canoinhas retomou as visitas técnicas dos cursos técnicos e superiores enquanto práticas pedagógicas para complementar os conteúdos ministrados em sala de aula. Para os estudantes dos cursos superior e técnico em Alimentos, a inauguração desta nova temporada ocorreu nos dias 18 e 25 de abril, com visitas guiadas a uma microcervejaria da cidade, a Empório Filomena, onde puderam conhecer todo processo de produção, da coleta da matéria-prima ao desenvolvimento final dos produtos.

As visitas foram organizadas pelo professor Romaildo Santos de Sousa, responsável pelas unidades curriculares de Fermentações e Bebidas, no 5º período de tecnologia em Alimentos, e Processamento de Bebidas, no 3º ano do técnico integrado em Alimentos. “Acredito que essas oportunidades são importantíssimas para a formação profissional dos alunos do IFSC, bem como demonstrar a importância do profissional da área de Alimentos em uma indústria da região”, destaca professor Romaildo.

Embora já tenham participado de outras visitas técnicas nos cursos anteriores, para quem ingressou no curso superior de Alimentos em 2020, quando a Organização Mundial da Saúde (OMD) decretou estado de pandemia, esta foi a primeira visita técnica oficial na graduação. “Já tive contato com produção de cerveja antes, mas aqui foi algo técnico, de extrema valia para a qualificação profissional e também como experiência pessoal”, conta a aluna Emily Cristine de Barros.

Para a estudante Jaqueline Daiane Silva Santos, foi a primeira visita em empresa que trabalha com fermentação alcoólica. “Foi uma das visitas em que mais consegui aprender sobre os processos. Destaco os controles que o proprietário implantou na empresa, seu conhecimento técnico, a qualidade e organização do local. Consegui ver na prática como introduzir a tecnologia de alimentos no desenvolvimento dos produtos”, enfatiza.

Alessandra Iris Novak concorda com as colegas. “As visitas técnicas abrem a mente para novas oportunidades e também para surgimento de novas ideias. Que venham muitas outras visitas técnicas em diversas empresas e diversas áreas, pois nunca é demais vivenciar experiências novas e aprender diretamente com a realidade de cada empresa.”

Clique aqui para conhecer o curso técnico integrado em Alimentos

Clique aqui para conhecer o curso superior de tecnologia em Alimentos

ENSINO CÂMPUS CANOINHAS

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.