Pular para o conteúdo

Notícias

Projetos de Extensão tiveram continuidade mesmo na pandemia

EXTENSÃO Data de Publicação: 10 mai 2022 17:13 Data de Atualização: 10 mai 2022 17:20

A realização de atividades remotas devido à pandemia de Covid-19, que iniciou em março de 2020, não impediu que projetos de Extensão fossem realizados no Câmpus Garopaba do IFSC. Durante todo o período de distanciamento social, aconteceram diversas ações que aproximaram a instituição da comunidade, utilizando formatos adaptados, com o auxílio de ferramentas e mídias sociais.

A coordenadora de Extensão do Câmpus Garopaba no período de 2020 a abril de 2022, professora Tatiane Melissa Scoz, fez um levantamento sobre o número de projetos realizados nos dois últimos anos. Ao todo, foram 21 ações de Extensão (projetos, cursos e eventos). Em 2020, foram oito ações, sendo cinco com recursos financeiros. Em 2021, o número foi maior: 13 ações, sendo nove com recursos financeiros.

-> Veja os projetos submetidos em 2020, 2021 e início de 2022

Segundo a professora, os coordenadores de projetos e alunos extensionistas utilizaram a criatividade para manter os projetos. Por exemplo, foram realizados diversos cursos no formato virtual, utilizando o canal do Youtube do Câmpus Garopaba como plataforma para transmissão. A coordenadora de Relações Externas do Câmpus, Josiane Vieira Campos, explica que o canal foi criado no início da pandemia e hoje já conta com mais de 2 mil inscritos. Ela destaca o evento “Seminário de Educação, Leitura e Escrita – II Sele” como um dos mais vistos no canal, com mais de mil visualizações. A vantagem, segundo Tatiane e Josiane, é que os eventos e cursos de extensão realizados pelo Youtube estão gravados e podem ser visualizados por qualquer pessoa interessada.

Outras ferramentas também foram utilizadas, como as mídias sociais, entre elas o Instagram. Alguns projetos foram divulgados na mídia do próprio câmpus e outros criaram contas próprias para dar visibilidade às suas ações. O projeto Mulheres Arteiras, por exemplo, criou um grupo no WhatsApp para contemplar mulheres com oficinas on-line. “Conseguimos aproximar o IFSC da comunidade, mostrar o que estamos fazendo”, completa Josiane.

Participação dos estudantes

Vários projetos foram contemplados com recursos de editais de Extensão do próprio IFSC e outros, por meio do edital interno lançado pelo Câmpus Garopaba. Além de viabilizar a aquisição de materiais necessários aos projetos, os recursos também possibilitaram a contratação de estudantes bolsistas.

Em 2020, o Câmpus Garopaba contou com 66 estudantes envolvidos em projetos de Extensão, sendo 47 bolsistas. Em 2021, esse número foi de 79 estudantes, sendo 42 com bolsa.

Segundo Tatiane, o envolvimento nos projetos e a possibilidade de recebimento de bolsa auxiliou no engajamento e permanência dos alunos durante a pandemia. “Com o retorno ao ensino presencial, esperamos que as atividades de extensão prosperem ainda mais, e que os colegas se sintam motivados a promovê-las. Apesar das adversidades, vale muito a pena, pois a comunidade externa e os estudantes do IFSC são a razão de ser do nosso trabalho e da nossa instituição”, completa a professora.

A partir deste mês, o professor João Eduardo Navachi de Oliveira será o novo coordenador de Extensão do câmpus, dando continuidade ao trabalho de organização e divulgação dos projetos.

EXTENSÃO

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.