Perguntas Frequentes

Veja as perguntas mais frequentes sobre o IFSC e seus serviços

Sobre o IFSC

O que é o IFSC?
O IFSC é uma autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC) por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec). É uma instituição pública que tem por finalidade ofertar formação e qualificação em diversas áreas, nos vários níveis e modalidades de ensino, bem como realizar pesquisa e desenvolvimento de novos processos, produtos e serviços, em articulação com os setores produtivos da sociedade catarinense.
 

Qual a diferença entre um Instituto Federal e uma Universidade?
Apesar de ambos serem autarquias federais, possuem atuações diferentes. Os Institutos Federais são instituições de educação superior, básica e profissional, pluricurriculares e multicâmpus, especializados na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino, com forte inserção na área de pesquisa aplicada e na extensão. Uma universidade é uma instituição pluridisciplinar de formação dos quadros de profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano. Ela provê educação tanto terciária (graduação) quanto quaternária (pós-graduação). 


Em que cidades o IFSC atua?
O IFSC possui 22 câmpus em 20 cidades de Santa Catarina: Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, São Carlos, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão, Urupema e Xanxerê. Também dispõe de polos de educação a distância em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. O IFSC também conta com o Centro de Referência em Formação e EaD (Cerfead), responsável pelos programas de formação de educadores, gestores para o serviço público e cursos a distância em diversas modalidades e polos de apoio presenciais.

Como ingressar

Como posso estudar no IFSC?
Para ingressar num curso do IFSC o candidato deve participar de um Processo Seletivo, que pode ser através de prova, sorteio, análise socioeconômica, análise curricular, entrevista, entre outros. A forma de seleção depende do tipo de curso no qual o candidato deseja ingressar. As regras e orientações sobre os processos seletivos para ingresso em cursos do IFSC são divulgadas por meio do edital de abertura das inscrições.

Quais as formas de ingresso no IFSC?
Normalmente a forma de seleção para os diferentes tipos de cursos do IFSC são:

  • Para cursos de qualificação profissional (FIC - Formação Inicial e Continuada) ou Educação de Jovens e Adultos (Proeja): sorteio eletrônico;
  • Para cursos técnicos (integrados): exame de classificação (prova) ou sorteio;
  • Para cursos técnicos (concomitantes e subsequentes): sorteio;
  • Para cursos de graduação (tecnologia, licenciaturas, bacharelados): Sistema de Seleção Unificada (SiSU);
  • Para cursos de pós-graduação (lato sensu ou stricto sensu): sorteio, análise curricular, entrevistas e/ou apresentação de projetos.

O candidato pode acompanhar os períodos de inscrições pelo Calendário de Inscrições.

Posso utilizar minha nota do Enem para ingressar nos cursos superiores?
Sim, o processo seletivo para cursos de graduação do IFSC funciona por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) que considera a nota do Enem do ano anterior. O IFSC não possui vestibular próprio.

Quais os tipos de cursos disponíveis?
O IFSC oferece cursos na modalidade presencial e a distância. Os cursos oferecidos são todos gratuitos e estão disponíveis para consulta no Guia de Cursos, nas seguintes formas de oferta: curso técnico ou de formação inicial e continuada para jovens e adultos (Proeja), cursos técnicos integrados (ensino médio + técnico no IFSC), cursos técnicos concomitantes ao ensino médio (ensino médio em outra escola + técnico no IFSC), cursos técnicos subsequentes (pra quem já tem o ensino médio), cursos de graduação, cursos de pós-graduação e cursos de qualificação profissional (cursos de curta duração). Quando as vagas estiverem abertas serão detalhadas em edital específico.

Não concluí o Ensino Médio. Posso estudar no IFSC?
Sim. Para quem não concluiu o Ensino Médio, o IFSC oferta as seguintes opções:

  • Cursos técnicos integrados: nesta forma de oferta o aluno faz o ensino médio e o curso técnico no IFSC ao mesmo tempo. A duração média é de oito semestres. Para ingressar nos cursos técnicos integrados o candidato deve ter concluído o ensino fundamental ou concluí-lo até a data da matrícula.
  • Cursos técnicos concomitantes ao ensino médio: nesta forma de oferta o aluno faz, em um turno, o ensino médio propedêutico em outra instituição de ensino e concomitantemente, no outro turno, o curso técnico no IFSC.
  • Para ingressar nos cursos técnicos concomitantes o candidato deve ter concluído, pelo menos, a primeira série do ensino médio ou concluí-la até a data da matrícula.
  • Cursos profissionalizantes para jovens e adultos (Proeja): são cursos para jovens e adultos concluírem o ensino médio conjuntamente com uma formação profissional. Para ingressar, deve-se participar da seleção, comprovar ensino fundamental concluído e idade mínima. As regras são determinadas em edital.

Não concluí o ensino fundamental. Posso estudar no IFSC?
Sim. Para quem não concluiu o ensino fundamental, o IFSC oferta a seguinte opção:

Cursos profissionalizantes para jovens e adultos (Proeja): são cursos para jovens e adultos concluírem o ensino fundamental conjuntamente com uma formação profissional. Para ingressar, deve-se participar da seleção, comprovar quarta série ou quinto ano do ensino fundamental concluído e idade mínima. As regras são determinadas em edital.

Já sou formado. Há um processo seletivo especial para mim?
O retorno para graduado é a concessão de matrícula em curso de graduação do IFSC ao portador de diploma de curso de graduação.

Poderão se inscrever candidatos portadores de diploma de curso superior, reconhecidos pelo MEC, de qualquer instituição de ensino superior. As vagas, pré-requisitos necessários e demais regras são determinadas em edital.

O retorno de egresso para técnico é a concessão de matrícula em curso técnico subsequente do IFSC ao portador de diploma de curso técnico ou de graduação. As vagas, pré-requisitos necessários e demais regras são determinadas em edital.

O IFSC oferece educação a distância?
Sim, a educação a distância do IFSC oferece cursos de educação profissional técnica de nível médio, graduação, pós-graduação (especialização e mestrado), qualificação profissional e idiomas, especialmente pensados para atender às necessidades de formação em cada área.

Os cursos são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e oferecem diploma ou certificados com o mesmo reconhecimento dos cursos presenciais.

Posso me inscrever em mais de um curso?
Depende do tipo de curso. Para cursos de qualificação profissional e pós-graduações é possível inscrever-se em mais de um curso. Para Proeja, técnicos ou graduação, é possível inscrever-se em apenas um curso. A matrícula, caso aprovado, poderá ser feita em mais de um curso, desde que sejam de níveis de ensino diferentes e não haja coincidência de horários.

Sou portador de necessidades especiais, posso me inscrever em cursos do IFSC?
O IFSC oferta um percentual de suas vagas de cursos técnicos e de graduação para candidatos oriundos de escolas públicas, de baixa renda e autodeclarados pretos, pardos e indígenas e pessoas com deficiência. Para participar do sistema de cotas, o candidato deve fazer a opção no momento da inscrição. Entenda como funciona o Sistema de Cotas. Todos os câmpus do IFSC possuem acessibilidade.

O IFSC oferece cotas para ações afirmativas e para estudantes de baixa renda?
O IFSC oferta um percentual de suas vagas de cursos técnicos e de graduação para candidatos oriundos de escolas públicas, de baixa renda e autodeclarados pretos, pardos e indígenas, conforme a Lei 12.711/2012. O candidato deve fazer a opção para participar das cotas, bem como a categoria da qual deseja participar, ao realizar a inscrição para algum processo seletivo do IFSC.

Comunicação

Quais os canais de comunicação do IFSC?
O IFSC possui diversos canais de comunicação, produzidos com o objetivo de promover a interação com seus públicos estratégicos. Os canais são direcionados para o público interno do IFSC (alunos, servidores, servidores aposentados, intercambistas, entre outros) e para o público externo (potenciais alunos, fornecedores, parceiros, setor produtivo, entre outros). Podem ser impressos, como boletins informativos, revistas cieníficas, murais; ou digitais, como o portal do IFSC, sites dos câmpus e intranet. O IFSC também está presente nas mídias sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin.

Como posso colaborar com os canais de comunicação do IFSC?
Para enviar críticas e sugestões para os canais de comunicação do IFSC, é preciso entrar em contato diretamente com o responsável pela comunicação de cada câmpus, que são os jornalistas regionalizados ou os responsáveis pelas Relações Externas. Também é possível enviar mensagem para jornalismo@ifsc.edu.br.

Posso divulgar meu evento nos canais de comunicação do IFSC?
Os canais de comunicação do IFSC são de uso estritamente institucional. Só serão divulgados eventos relacionados às atividades da própria instituição. No caso de eventos promovidos por instituições parceiras, servidores ou alunos, só serão divulgados se houver participação direta da instituição na promoção e/ou organização.

Comunidade Externa

O que é extensão?
A extensão é uma das três áreas técnicas de atuação do IFSC. Ou seja, além do ensino e da pesquisa, o IFSC promove atividades de extensão. Essas atividades são, na prática, oportunidades para que nossos estudantes e educadores dialoguem com a sociedade - para além dos muros de cada câmpus. Uma atividade de extensão tem como principal característica a intervenção em realidade externa à sala de aula, aos laboratórios e às bibliotecas.

E a minha empresa, pode participar?
Sim. O IFSC tem muitas oportunidades para empresas. Pode ser por meio de projetos de ensino (formações, qualificações, treinamentos), pesquisa (desenvolvimento de produto, estudo de solução, inovação de processos e produtos) e de extensão (projetos, programas, cursos, produtos e eventos, assessorias, consultorias e outras atividades).

Quero contratar um profissional, a extensão pode me ajudar?
Sim. A extensão do IFSC coordena o Programa de Acompanhamento de Egressos (PAE). Assim, temos contato com a comunidade de profissionais formados pelo IFSC, desde os tempos de Escola Técnica e Cefet.

Ensino

O IFSC oferece bolsas de estudos?
Não. Por se tratar de uma instituição de ensino pública, os cursos são gratuitos. Porém, há benefícios para alunos de baixa renda, além de bolsas para participação em projetos de pesquisa e de extensão, por meio do Programa de Atendimento ao Estudante em Vulnerabilidade Social - PAEVS.

Posso usar a carteirinha de estudante do IFSC para pagar meia entrada em cinemas e eventos culturais?
Ainda não. O novo modelo de carteira estudantil, estabelecido pela Portaria N.01 de 17 de março de 2016, regulamenta a emissão da carteira padronizada. Por decisão do Supremo Tribunal Federal, serão aceitas as novas carteiras emitidas pelas instituições (dentro do novo padrão) e também as carteiras da União Nacional de Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) ou Associação Nacional de Pós-Graduandos. O IFSC continuará emitindo as carteiras de identificação com o modelo antigo, pois ainda não conseguiu se adequar ao novo padrão. Sugerimos aos alunos que tenham interesse em obter os descontos de meia-entrada, que adquiram a carteira da UNE, que se enquadra no novo padrão estabelecido.


O IFSC oferece oportunidades de intercâmbio para seus alunos?
Sim. O IFSC mantém o Programa de Cooperação Internacional para Estudantes, o Propicie, destinado a estudantes de cursos técnicos e de graduação. O Programa concede bolsas de pesquisa pelo período de três a quatro meses em instituições estrangeiras e nacionais para realização do trabalho de conclusão de curso de graduação ou projeto integrador de curso técnico.

Fornecedores

Como posso me tornar fornecedor de insumos e serviços do IFSC?
Por meio de participação em processos licitatórios, pois a Administração Pública Federal somente poderá adquirir ou contratar produtos e serviços dessa maneira. Pode ser realizada por Licitação Pública ou Sistema de Registro de Preços (SRP). A Licitação Pública é um processo administrativo formal para seleção da proposta mais vantajosa para a Administração Pública na contratação de seus serviços e materiais. Visa promover a “Concorrência pública” que garanta a isonomia entre os fornecedores. O IFSC utiliza as seguintes modalidades de Licitação Pública: Concorrência, Tomada de Preços, Concurso e Leilão. Por meio do Sistema de Registro de Preços (SRP), o IFSC realiza aquisições periódicas com a mesma empresa, possibilidade de adesões externas (caronas) e possibilidade de renegociação de preços.

 

Como posso participar das licitações do IFSC?
Para vender para o governo, é preciso: 1º: Conhecer os portais e sistemas de cadastramento: Portal do Comprasnet e Sicaf 100% Digital;  2º: Cadastrar proposta no site de Compras Governamentais. Em caso de dúvidas em relação ao Sicaf, entrar em contato pelo telefone 0800 978 9001.

Ouvidoria

Quem pode apresentar manifestação à Ouvidoria do IFSC?
Qualquer cidadão pode dirigir-se à Ouvidoria do IFSC para apresentar sua manifestação.

Que tipo de manifestações são recebidas pela Ouvidoria do IFSC?

  • Pedido de informação relacionado às atividades do IFSC;
  • Solicitação de algum serviço ao qual você não consegue acesso;
  • Sugestão para o aprimoramento da prestação do serviço público;
  • Elogio ou crítica a procedimentos e ações de servidores ou gestores do IFSC;
  • Reclamação relacionada a falhas administrativas ou ao fornecimento do serviço público;
  • Denúncia sobre irregularidades praticadas na instituição, sejam por ato ou por omissão de servidor; assédio moral ou de qualquer ordem, discriminação ou abuso de autoridade.

Em quanto tempo receberei a resposta para minha manifestação?
Você receberá por e-mail a notificação do recebimento da manifestação com número de protocolo. A resposta será dada no prazo de sete dias úteis, podendo ser prorrogado por igual período. Em casos complexos a resposta poderá exigir prazos maiores.

Preciso me identificar?
A Constituição Federal de 1988 em seu art. 5º, inciso IV proíbe o anonimato: “É livre a manifestação do pensamento sendo vedado o anonimato”. No entanto, você pode pedir que a manifestação seja tratada com sigilo.

Quais informações devem constar na manifestação?
Nome completo e e-mail. As informações como telefone e endereço são opcionais. Indicação dos dados relacionados a sua manifestação. Caso você solicite sigilo, não escreva no texto da mensagem informações que possam identificá-lo. Indicação clara do resultado que espera para a sua manifestação.

Como a Ouvidoria do IFSC pode me ajudar?
A Ouvidoria do IFSC atuará para identificar o interesse objeto da manifestação e para prestar esclarecimentos ao cidadão sobre os direitos e deveres envolvidos. Atuará sempre como facilitador para que o cidadão obtenha a informação ou tenha seu direito assegurado com base na legislação vigente.

Trabalhe no IFSC

Como posso trabalhar no IFSC?
Para ser um servidor, é necessário prestar um concurso público, conforme determina a Constituição Federal e a Lei 8112/90. Os editais são publicados no Diário Oficial e no sítio da IFSC, e tem como objetivo preencher vagas disponíveis e formar cadastro reserva. Após a admissão, o servidor passa a ocupar um cargo efetivo, permanente, para o qual prestou concurso.


Como são realizados os concursos públicos?
Os concursos públicos para trabalhar no IFSC são abertos em um certo período de tempo, dependendo da necessidade institucional e da existência de vagas na instituição para que o concurso público seja realizado, visualizando os cargos disponíveis para que toda a população consiga participar do processo.


Como é feita a seleção para professores substitutos/temporários?
O IFSC realiza contratações temporárias de acordo com as necessidades específicas de seus cursos. Para a seleção de professores substitutos são realizadas provas objetivas, avaliação do currículo lattes e entrevista. Para a contratação temporária de profissional tradutor/intérprete da Língua Brasileira de Sinais - Libras, o processo seletivo simplificado é constituído de prova de títulos e de prova de desempenho.


Qual o regime de trabalho dos servidores do IFSC?
Os servidores do IFSC são regidos pela Lei 8.112/90.


Quais os requisitos para solicitar redistribuição para o IFSC?
O interesse da Administração é indispensável, posto que para concretização da redistribuição, em regra, faz-se necessária a troca de um código de vaga do mesmo nível entre as instituições envolvidas. Somente é aceito pedido de redistribuição de servidor estável.

Voltar ao Topo