Retrospectiva 2020: tudo o que saiu no Blog do IFSC

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 23 dec 2020 10:38 Data de Atualização: 23 dec 2020 10:49

Que ano foi este?

Meme mostrando planos de estudos destruídos depois que o coronavírus chegou

Nunca quisemos que um ano terminasse tanto, não é? Quando começamos 2020, jamais poderíamos imaginar uma pandemia. Quando entramos nela em março, nos obrigando a ficar distantes fisicamente de nossos alunos como nunca antes, esperávamos que pudéssemos terminar o ano juntos. Mas teremos que aguardar um pouco mais.

Este é nosso último post deste ano e queremos compartilhar com você tudo o que produzimos como uma retrospectiva não apenas para lembrar conteúdos que podem ser úteis ainda, mas, principalmente, para mostrar como fizemos muito apesar de tudo. E fizemos com você e por você para tentar amenizar este ano que foi tão difícil.

Desde fevereiro até agora, foram 49 posts, uma publicação toda quarta-feira. Fizemos cinco posts antes de entrarmos na vibe coronavírus. Aí não teve jeito: usamos este canal como mais uma forma do IFSC ajudar seus públicos diante do caos pandêmico. 2020 foi o ano que completamos um ano de blog e, olhando o que produzimos, ficamos felizes em poder usar este espaço para nos conectarmos com você trazendo informação útil e importante numa linguagem séria e descontraída ou facilitada sempre que possível.

Tema campeão: coronavírus

Como não podia ser diferente, o assunto que mais abordamos foi o coronavírus e seus impactos na nossa vida acadêmica e em comunidade. Veja os posts que escrevemos sobre o assunto (e que seguem válidos mesmo quase um ano depois do início da pandemia):

-> Coronavírus: perguntas e respostas sobre as medidas adotadas pelo IFSC
-> Coronavírus: esclarecendo dúvidas de saúde
-> Como se manter ativo durante o distanciamento social
-> Coronavírus: o que fazer enquanto as aulas presenciais estão suspensas
-> Como não pirar com o coronavírus?
-> Coronavírus: conheça os serviços assistenciais a que você pode recorrer
-> Segurança alimentar em tempos de coronavírus
-> Atividades não presenciais X Educação a distância: é tudo a mesma coisa?
-> Vírus, bactérias, fungos, protozoários: qual a diferença entre os micro-organismos?
-> Dicas para quem precisa sair de casa
-> Aprendizados na pandemia: entenda a relação de disciplinas do Ensino Médio com o atual momento
-> Lives do IFSC: o que já fizemos desde o início da pandemia
-> Será que é gripe? Entenda a diferença entre gripe, resfriado e Covid-19
-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?
-> Como os profissionais que formamos podem ajudar na pandemia?
-> Desafios nos negócios: veja como nossos egressos enfrentam a pandemia

A importância da Ciência

Como uma instituição de educação, ciência e tecnologia, não pudemos nos omitir na defesa da Ciência num ano em que ela foi - e está sendo - tão necessária, mas que, apesar disso, precisou reforçar sua importância.

-> A ciência anda na defensiva: E o que todos nós temos a ver com isso?
-> A ciência e seu tempo: por que as descobertas novas parecem demorar?

E não podíamos tratar dessa questão sem alertar para o perigo da desinformação:

-> No Dia da Mentira, nosso assunto é sério: desinformação e fake news

Este post aí de cima precisa ser lido e compartilhado todos os dias e não só no dia da mentira.

Aliás, foi um ano em que, apesar de não pararmos de trabalhar em nenhum momento, também tivemos que mostrar que seguíamos por aqui:

-> Como o IFSC tem colaborado com projetos e pesquisas relacionados à pandemia?


IFSC em pauta

Lógico que utilizamos nosso blog para explicar melhor o que é o IFSC e nosso funcionamento. Sabemos que a pauta “institucional” nem sempre é divertida, mas esperamos ter tornado os assuntos mais leves e ter feito você entender um pouco melhor como a instituição funciona.

-> Orquestras no IFSC? Temos!
-> O que é o Conselho Superior? Quais são as funções desse colegiado?
-> Quais as atribuições do reitor e do diretor-geral de câmpus?
-> Representações estudantis no IFSC: veja como participar
-> Ouvidoria do IFSC: entenda como funciona
-> IFSC em números
-> Decifrando as siglas e os acrônimos do IFSC
-> Aniversário do IFSC: vamos nos conhecer melhor?
-> Você sabe como é a estrutura organizacional do IFSC?
-> Entenda o que é o Projeto Pedagógico Institucional
-> O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?
-> Direitos Humanos: O que faz o Comitê do IFSC?
-> Educação a distância no IFSC: como funciona?
-> Entenda a situação do Conselho Superior do IFSC

E, falando da gente, tivemos um ano atípico, com a nomeação de um reitor pro tempore, e também usamos este espaço para explicar o que estava acontecendo - que é como estamos até o momento:

-> Quem está na gestão do IFSC agora? Entenda o que está acontecendo
-> Um mês de gestão pro tempore: entenda a situação do IFSC

“Amigo, estou aqui”

Lógico que fizemos alguns posts pensando em facilitar a sua vida de estudante:

-> Dicas para organizar seus estudos
-> 10 motivos para você não dizer que não sabia
-> Decifrando o Enem
-> Pesquisa em periódicos on-line: a gente traduz pra vocês!
-> Serviços que o IFSC te oferece e você nem sabia
-> Como organizar uma rotina de estudo
-> Templates IFSC: veja os modelos de arquivos que podem facilitar a sua vida de estudante

Também saímos um pouco das fronteiras institucionais e tratamos de algumas pautas que estão presentes em nossa sociedade e que, como instituição de educação, precisamos participar:

-> Lugar de mulher é no IFSC - e onde ela quiser!
-> LGBTQIA+: Vamos falar sobre isso?
-> Setembro Amarelo: lugares com atendimento psicológico gratuito
-> Alimentação: informações úteis para o seu dia a dia
-> Por que é importante votar?

IFSC Responde

Começamos nosso primeiro post do ano pedindo que você nos enviasse perguntas e dúvidas para que buscássemos esclarecer por aqui. Foram 49 posts até agora - 50 com o de hoje - esclarecendo diversas questões sobre o IFSC, sobre o coronavírus e sobre outras temáticas importantes.

Ao longo de 2020, foram mais de 30 mil leituras, e queremos agradecer quem esteve por aqui conosco! Com certeza, tornou este momento de distanciamento social menos solitário pra gente.

Terminamos dizendo que seguiremos por aqui e que você pode enviar novas dúvidas e perguntas para 2021. Talvez a pergunta que todo mundo quer saber - Quando esta pandemia vai acabar? -, a gente não consiga responder ainda (ou melhor, dá uma olhada no projeto IFSC Verifica ☺️). Mas nossa única certeza é que, ainda que distantes fisicamente enquanto for necessário, continuamos perto. <3

Arte da campanha Separados e mais juntos do IFSC

Vamos fazer um descanso merecido para planejarmos um 2021 que, esperamos, seja mais leve e com contato físico! Retornamos em fevereiro. Nosso e-mail blog@ifsc.edu.br continua aberto para receber mensagens.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui.

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Entenda a situação do Conselho Superior do IFSC

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 18 dec 2020 16:41 Data de Atualização: 18 dec 2020 17:39

A anulação da portaria que nomeava a composição do Conselho Superior do IFSC vem gerando dúvidas na comunidade acadêmica sobre os acontecimentos que levaram a este ato.

Neste post, resgatamos a cronologia dos acontecimentos, com base nos documentos oficiais emitidos, para que todos compreendam melhor qual a situação do Conselho Superior do IFSC neste momento.

-> Veja neste outro post o que é e quais as funções do Conselho Superior do IFSC.

Nos baseamos em dois tipos de documentos, conforme disposto no Regimento Geral do IFSC e no Regimento interno do Conselho Superior do IFSC:

- Portarias, que são emitidas pelo reitor para atos administrativos;

- Resoluções, que são emitidas pelo reitor, enquanto presidente do Conselho Superior, para as decisões tomadas pelo colegiado. As resoluções também podem ser do tipo ad referendum para casos excepcionais, ou seja, emitidas pelo reitor sem uma decisão colegiada prévia em virtude de uma necessidade urgente. Porém, as resoluções ad referendum também precisam ser aprovadas pelo pleno para seguirem tendo validade.

25 de maio de 2020 - 28ª Reunião Extraordinária do Conselho Superior

Em reunião extraordinária autoconvocada por membros do Conselho Superior, esteve em pauta o item “Eleições para membros do Consup”, com a breve explicação de que “o mandato dos conselheiros representantes dos segmentos docentes, TAEs e discentes encerra-se em agosto vindouro. Diante das anomalias no funcionamento institucional é necessário deliberar sobre a realização de processo eleitoral para tais representações, incluindo calendário adequado à realização do processo, constituição de comissão eleitoral para futura elaboração de regulamento do pleito e demais providências.”

As "anomalias" mencionadas na autoconvocação, no caso, referiam-se à nomeação de uma gestão pro tempore, em 4 de maio de 2020.

Em virtude da extensão da reunião, não foi possível apreciar o ponto de pauta, que ficou para nova reunião, agendada para 10 de junho.

Veja a gravação da reunião aqui.

10 de junho de 2020 - 64ª Reunião Ordinária do Conselho Superior

Esteve em pauta para essa reunião o item “Composição do Conselho Superior – biênio 2020-2022: prorrogação do mandato dos atuais Conselheiros do Consup pela impossibilidade de deflagração do processo eleitoral durante a pandemia”. A proposta de prorrogação do mandato da composição de então se justificava com o iminente término do mandato dos conselheiros, previsto para o dia 28 de agosto de 2020.

Em função da extensão da pauta e das demais discussões, mais uma vez o assunto ficou para nova reunião, esta agendada para o dia 22 de junho de 2020.

Veja a gravação da reunião aqui (parte 1) e aqui (parte 2).

22 de junho de 2020 - 29ª Reunião Extraordinária do Conselho Superior

Nessa reunião foi aprovada a realização das eleições para escolha dos membros do Conselho Superior e da Comissão Própria de Avaliação (CPA), além da forma de composição da Comissão Eleitoral, feita mediante inscrição de membros voluntários e sorteio entre os inscritos. Também ficou acordada nova reunião para o dia 27 de julho, para discussão do processo eleitoral.

Em decorrência da reunião, foi emitida a Resolução 15/2020 com o detalhamento das regras para formação da comissão eleitoral e cronograma de trabalho.

Veja a gravação da reunião aqui.

30 de junho de 2020

Foi emitida a portaria 2196/2020 designando servidores e discentes como membros da Comissão Eleitoral responsável pela condução do processo de escolha de membros do Consup, Comissão Própria de Avaliação (CPA), Comissão Interna de Supervisão (CIS) e Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD). Posteriormente, a composição da comissão foi alterada pelas portarias 2288, de 7 de julho, e 2735, de 19 de agosto.

27 de julho de 2020 - 31ª Reunião Extraordinária do Conselho Superior

Nesta reunião foram aprovadas as regras e deflagrado o processo eleitoral com destaque para a necessidade de alteração do item 2.2 do edital, entre outras pequenas alterações, antes de sua publicação, para alinhar a titularidade e suplência conforme previsto nas normativas institucionais, que estabelecem que os membros representantes dos segmentos docente, técnico administrativo e discente podem ter no máximo 1 representante de cada câmpus do IFSC, sendo os respectivos suplentes dos mesmos câmpus.

Veja a gravação da reunião aqui.

28 de julho de 2020

A comissão eleitoral publicou o edital para o processo eleitoral, com previsão de realização da votação entre os dias 18 e 20 de agosto, publicação do resultado após análise de recursos em 27 de agosto e homologação do resultado pelo Conselho Superior em 28 de agosto.

Também foi publicada a resolução 20/2020, que deflagrou o processo e aprovou o regulamento de eleição para representantes do Consup.

7 de agosto de 2020

O edital foi retificado para prorrogação do prazo de inscrições.

18 a 20 de agosto de 2020

Realização das eleições.

24 de agosto de 2020

A comissão eleitoral publicou o resultado parcial das eleições, antes da fase de recursos.

27 de agosto de 2020

Conforme previsto em edital, a comissão eleitoral publicou o resultado final das eleições após análise dos recursos e disponibilizou o resultado para os membros do Conselho Superior.

28 de agosto de 2020 - 32ª Reunião Extraordinária do Conselho Superior

A comissão eleitoral se reuniu para reanálise dos dados inicialmente publicados e decidiu retificar o resultado quanto ao pedido de impugnação de candidatura docente - por descumprimento de um dos itens do edital, relativo ao envio de e-mails à lista do respectivo segmento. Foi substituído, então, o resultado disponibilizado para análise do colegiado.

Como disposto na ata da reunião de homologação do resultado do processo eleitoral, após ampla discussão, com 11 votos favoráveis, 7 abstenções e 2 contrários, o colegiado decidiu avaliar, para a homologação, o resultado publicado pela comissão eleitoral em 27 de agosto, publicado no prazo previsto em edital.

A reunião seguiu com muitas divergências: comissão eleitoral e presidência do colegiado defenderam que os suplentes fossem vinculados aos titulares no que se refere ao câmpus de origem; alguns conselheiros argumentaram em favor de seguir a ordem de votação, respeitando apenas que não se tenha dois titulares do mesmo câmpus, mas que os suplentes sejam aqueles que receberam mais votos. Seguindo a reunião, cogitou-se a possibilidade de não homologar o resultado, diante das divergências apresentadas. Por fim, com 11 votos favoráveis e 5 abstenções, foi aprovada a seguinte proposta: para cada segmento (discente, docente e técnico-administrativo) serão eleitos como membros suplentes os 05 (cinco) outros colocados - seguindo a ordem de votação.

Ao final foi solicitado ao presidente do Consup que fizesse um esclarecimento, com uma síntese em relação ao que foi deliberado, sendo seu esclarecimento: “Aprovamos uma diretriz para definição de titulares e suplentes: são titulares os 05 (cinco) mais votados, excetuando-se sempre repetição de mesmo câmpus entre os titulares. São suplentes os subsequentes na relação de mais pra menos votados, novamente, no caso dos suplentes nós aprovamos que não há impedimento de haver suplentes de câmpus repetidos, então se respeitará o número de votos nos suplentes. A secretaria resguardará o parágrafo 4º do artigo 2º do regimento do Consup que acompanha o estatuto, onde lemos que não é permitida a presença de dois representantes titulares em exercício de titularidade oriundos do mesmo câmpus, então a secretaria fará esse controle”. O presidente declarou ainda que esta não era a interpretação da leitura do regimento e do estatuto, mas sim uma deliberação feita na reunião.

Na ata da reunião também é possível visualizar, nos anexos, os resultados apresentados pela comissão eleitoral em 27 e 28 de agosto, e o resultado final homologado pelo colegiado.

Após a reunião, foi emitida a resolução 24/2020, com a homologação do resultado do processo eleitoral.

Veja a gravação da reunião aqui.

31 de agosto de 2020

Foi emitida a portaria 2844/2020, nomeando os membros do Conselho Superior para o biênio 2020-2022.

17 de setembro de 2020

A partir das discussões realizadas na reunião de 28 de agosto, a comissão eleitoral e o reitor pro tempore encaminharam questionamentos à Advocacia-Geral da União (AGU), por meio do procurador federal no IFSC, quanto à composição das suplências e à impugnação da candidatura de uma das candidatas do segmento docente. O procurador respondeu aos questionamentos por meio de um parecer e uma nota que podem ser conferidos na íntegra abaixo.

-> Parecer nº 189/2020/PF/SC/PGF/AGU, de 10 de setembro de 2020

-> Nota nº 0217/2020/GAB/PF/IFSC/PGF/AGU, de 17 de setembro de 2020

18 de setembro de 2020

Após o recebimento dos documentos emitidos pelo procurador, a comissão eleitoral e o reitor pro tempore, enquanto presidente do Consup, reuniram-se em 18 de setembro para deliberar ajustes no resultado do processo eleitoral.

Foram emitidas uma nota oficial sobre as decisões e a resolução ad referendum 28/2020, que derrogou, ou seja, alterou parcialmente a resolução 24/2020 e homologou novo resultado para o processo eleitoral, diferente dos apresentados pela comissão em 27 e 28 de agosto, e do aprovado pelo colegiado em 28 de agosto.

Também foi emitida a portaria 3071/2020, que prorrogou os trabalhos da comissão eleitoral até 18 de dezembro de 2020, e a portaria 3072/2020, que derrogou a portaria 2844/2020, alterando a composição do Conselho Superior.

16 de outubro de 2020

Em 16 de outubro, foi publicada a resolução ad referendum 35/2020, que deflagrou novo processo eleitoral e aprovou o regulamento de eleição complementar para representantes suplentes.

19 de outubro de 2020 - 66ª Reunião Ordinária do Conselho Superior

Na reunião de 19 de outubro, esteve em pauta a posse dos novos conselheiros para o biênio 2020-2022 e a apreciação de resoluções ad referendum emitidas pela presidência.

Conforme disposto na ata da reunião, o presidente justificou que entendeu como necessária a publicação ad referendum da resolução 28/2020, pois recebeu comunicações de denúncias no Ministério Público contra a decisão tomada pelo Consup em 28 de agosto, que estaria alegadamente contrariando o que está posto no Estatuto e Regimento Geral do IFSC, assim como também no Regimento Interno do Consup.

Os conselheiros manifestaram-se, em maioria, fazendo defesas para a não aprovação da resolução ad referendum 28/2020, pois defenderam que um ad referendum não pode ser um instrumento de revisão de decisões do colegiado e, caso aprovassem a resolução, estariam descumprindo uma decisão do próprio conselho, tomada em reunião no dia 28 de agosto. Questionou-se ainda a não realização de uma reunião extraordinária para que a questão fosse debatida, sem que fosse emitida uma resolução ad referendum.

Na reunião, também foi informado pelo conselheiro Marco Vezzani, que ele foi o autor da representação junto ao ministério público, questionando o resultado da última eleição e também de eleições anteriores, por contrariar o Estatuto do IFSC e regimento interno do colegiado.

O procurador federal Roberto Von Jelita esclareceu alguns pontos aos conselheiros, visto que em seu parecer foram feitos alguns destaques que contrariavam a decisão que homologou as eleições em 28 de agosto, ressaltando que se baseou, para seu parecer, no disposto no estatuto e regimento do IFSC e também no edital da comissão eleitoral. Esclareceu ainda que o Consup é soberano e tem autonomia em suas decisões, embora, em caso de não aprovação da resolução ad referendum 28/2020, seria necessário um estudo mais profundo das possíveis consequências.

A partir de todos os apontamentos, por 14 votos contrários, 5 favoráveis e 6 abstenções, a resolução ad referendum 28/2020 não foi aprovada, revogando-se também outras decisões, resoluções e portarias que dela derivaram.

Após a reunião foi emitida a Resolução 36/2020, que revoga as resoluções ad referendum 28/2020 (que alterava o resultado do processo eleitoral) e 35/2020 (que deflagrava novo processo eleitoral para as suplências). Voltou então a vigorar o resultado do processo eleitoral homologado pela resolução 24/2020.

Veja a gravação da reunião aqui (parte 1) e aqui (parte 2).

20 de outubro de 2020

Em decorrência da reunião de 19 de outubro, por meio da portaria 3421/2020 foi tornada sem efeito a portaria 3072/2020, que alterava a composição do Conselho Superior, voltando a vigorar a composição nomeada pela portaria 2844/2020.

Também nesta data, por meio da portaria 3422/2020, foram encerrados os trabalhos da comissão eleitoral, que haviam sido prorrogados pela portaria 3071/2020.

23 de outubro de 2020

A composição do Conselho Superior foi alterada, por meio da portaria 3457/2020, a pedido de um dos membros que solicitou seu desligamento.

26 de outubro de 2020 - 33ª Reunião Extraordinária do Conselho Superior

Foi dada posse novamente aos membros do Conselho Superior e solicitada a emissão de resolução de convalidação dos atos da reunião de 19 de outubro. Tal solicitação foi feita considerando-se que a composição do colegiado presente na reunião de 19 de outubro se deu pela resolução ad referendum 28/2020, que não foi aprovada pelo colegiado. Com a convalidação dos atos, as decisões tomadas naquela data não foram anuladas.

Veja a gravação da reunião aqui.

19 de novembro de 2020

A composição do Conselho Superior foi alterada novamente, por meio da portaria 3681/2020, a pedido de um dos membros que solicitou seu desligamento.

2 de dezembro de 2020

O IFSC recebeu despacho referente ao mandado de segurança Nº 5023472-26.2020.4.04.7200/SC, que foi encaminhado aos membros do Conselho Superior e também a todos os servidores da instituição por meio de lista de e-mails.

O mandado refere-se à ação impetrada pelos servidores Marco Antônio Vezzani, docente, e Antônio César Costa, técnico administrativo, que solicitam que lhes seja assegurada participação no Conselho Superior, na condição de conselheiros suplentes, representando o Câmpus Florianópolis.

Tal solicitação tem por base o disposto no edital do processo eleitoral, que previa que seriam vencedores os candidatos representantes com maior número de votos, sendo os respectivos suplentes dos mesmos câmpus. Considerando-se que o Câmpus Florianópolis elegeu um representante docente e um técnico-administrativo, teria também o câmpus o direito a ter um suplente em cada segmento.

O juiz deferiu parcialmente a liminar para declarar a nulidade da Resolução 24/2020 e determinou ao reitor pro tempore, na condição de presidente do Conselho Superior, que fosse providenciada nova homologação do processo eleitoral, observando, com rigor, o resultado inicialmente apresentado pela comissão eleitoral.

-> Clique aqui para ler o despacho do mandado de segurança na íntegra.

4 de dezembro de 2020

A fim de atender o determinado pela justiça, o reitor pro tempore emitiu a resolução ad referendum 41/2020, anulando a resolução 24/2020, e a resolução ad referendum 42/2020, homologando novo resultado para o processo eleitoral.

7 de dezembro de 2020

Em 7 de dezembro foi emitida a portaria 3856/2020, que tornou sem efeito as portarias 2844, 3457 e 3681, que nomeavam os representantes do Conselho Superior.

Também foi emitida a portaria 3868/2020, nomeando novos representantes conforme resultado do processo eleitoral homologado pela resolução ad referendum 42/2020.

14 de dezembro de 2020 - 67ª Reunião Ordinária do Conselho Superior

Na reunião de 14 de dezembro foi dada posse aos novos membros do Conselho Superior, nomeados pela portaria 3868/2020, e analisou-se a resolução ad referendum 42/2020, emitida para atender ao disposto no mandado de segurança Nº 5023472-26.2020.4.04.7200/SC.

Após extenso debate, os conselheiros não aprovaram a resolução 42/2020, em votação com 12 votos contrários, 6 favoráveis e 4 abstenções. No entendimento dos conselheiros que votaram contrários à aprovação, a resolução não atendia ao mandado de segurança, por repetir o resultado publicado em 18 de setembro, na resolução ad referendum 28/2020, posteriormente revogada pela resolução 36/2020, e não “observar, com rigor, o resultado inicialmente apresentado pela comissão eleitoral”, conforme solicitado. Os conselheiros também divergiram sobre se o resultado inicialmente apresentado seria o de 27 de agosto, ou o retificado e publicado em 28 de agosto.

Dado o impasse, o reitor pro tempore suspendeu a reunião, alegando insegurança jurídica, e informou que encaminharia embargo declaratório (recurso jurídico que serve para solicitar esclarecimentos sobre decisões judiciais) para definir os próximos encaminhamentos.

Veja a gravação da reunião aqui.

15 de dezembro de 2020

O reitor pro tempore, André Dala Possa, enviou e-mail aos servidores do IFSC informando que a Procuradoria Geral Federal (PGF) encaminharia petição ao juiz federal solicitando manifestação complementar quanto ao teor do mandado de segurança.

16 de dezembro de 2020

Foi emitida a portaria 4013/2020, que torna sem efeito a portaria 3856/2020, que nomeava os representantes do Conselho Superior do IFSC.

17 de dezembro de 2020

Um grupo de conselheiros da composição mais recente do Consup encaminhou para a lista de e-mails dos servidores do IFSC uma nota em repúdio à suspensão por prazo indeterminado da 67ª reunião ordinária e reiterando a exigência do cumprimento da decisão judicial.

Este post seguirá sendo atualizado à medida que ocorram novos fatos.

Acesse os documentos na íntegra

Todas as portarias e resoluções são públicas e estão disponíveis no Sistema Integrado de Gestão (SIG) do IFSC: Clique aqui para acessar as portarias e aqui para acessar as resoluções.

Também são públicas as pautas e atas do Conselho Superior do IFSC e as transmissões das reuniões podem ser encontradas em nosso canal no YouTube. Os documentos das reuniões também podem ser acessados na pasta pública do Conselho Superior.

O edital e outros documentos publicados pela comissão eleitoral estão disponíveis no site do IFSC em https://www.ifsc.edu.br/eleicoes-colegiados.

BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Educação a distância no IFSC: como funciona?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 16 dec 2020 09:17 Data de Atualização: 16 dec 2020 09:29

Em 2020, todo mundo que estava matriculado ou iniciou algum curso pôde ter um pouco da experiência do que é fazer um curso a distância. E ressaltamos o “um pouco”, pois educação a distância (EaD) é diferente do que o IFSC e outras instituições de ensino vêm ofertando ao longo de 2020 em substituição às aulas presenciais.

Como já explicamos em outro post, EaD e atividades não presenciais (ANPs) não são a mesma coisa. É certo que elas podem ter algumas semelhanças, como atividades de forma remota, aulas em vídeo, trabalhos on-line… mas EaD é uma modalidade de ensino, enquanto ANP são atividades pedagógicas (que podem ser mediadas ou não por tecnologias).

-> Clique aqui para entender melhor a diferença entre ANP e EAD.

Precisamos fazer essa introdução sobre as ANPs para podermos falar da EaD no IFSC sem que se pense que é a mesma coisa.

Então, como funciona a EaD no IFSC?

Vamos lá, primeiro, se ANP e EaD não são a mesma coisa, o que é educação a distância? Nosso Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI, tem um capítulo inteirinho só pra falar da EAD no IFSC.

E, de acordo com o PDI, “a Educação a Distância (EaD) caracteriza-se como modalidade na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em espaços ou tempos diversos”.

A educação a distância no IFSC não é nenhuma novidade, já que nosso primeiro curso nessa modalidade foi há mais de 20 anos, lá em 1999 (parece que 1999 foi ontem, mas já se passaram mais de 20 anos ??).

imagem de mato com a frase "quando eu cheguei aqui era tudo mato"

O curso em questão foi um Curso Básico de Refrigeração, ofertado pelo Câmpus São José.

Desde então, nossa educação a distância cresceu bastante, especialmente com a participação em programas externos, como o Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o Programa Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec Brasil).

E em 2014, finalmente o IFSC passou a contar com um Centro de Referência em Formação e Educação a Distância (Cerfead), com o desafio de institucionalizar e expandir a EaD, com a implantação dos Núcleos de Educação a Distância (Nead) nos câmpus e com a articulação para a oferta de cursos na modalidade EaD e unidades curriculares EaD em cursos presenciais. Sim, porque a EaD não existe somente em “cursos EaD”, os cursos presenciais também podem contar com parte de sua carga horária ofertada por meio de Educação a Distância.

Algumas das iniciativas voltadas para essa melhoria contínua e expansão da EaD incluem a capacitação de professores em educação a distância, o assessoramento para a criação de cursos a distância e a oferta de cursos intercâmpus na modalidade a distância. Além disso, a criação dos Núcleos de Educação a Distância (Nead) nos câmpus permite ampliar essa oferta com qualidade e acompanhamento técnico mais próximo.

Qual a grande diferença da EaD, então?

Para que a educação a distância aconteça com qualidade, não basta apenas produzir um material e disponibilizá-lo on-line, ou então fazer aulas por meio de videoconferências. Ela pressupõe todo um planejamento prévio e uma equipe dedicada à sua construção. Essa equipe pode contar com professores, designers, técnicos em audiovisual e outros profissionais, a depender do projeto do curso. Há ainda uma equipe administrativa de apoio e suporte técnico aos professores e alunos.Tudo isso para que seja viabilizada uma educação de qualidade!

Todos os cursos são 100% a distância?

Não! Alguns de nossos cursos, os de qualificação profissional, são ofertados totalmente a distância e podem ser feitos de qualquer lugar. Os demais contam com algumas atividades presenciais, como as avaliações.

-> Veja aqui como funcionam os cursos a distância do IFSC

Ok, então se os cursos têm atividades presenciais, onde eu preciso fazer essas atividades?

Além dos cursos próprios, ofertados pelos câmpus do IFSC, seguimos com ofertas em parceria com o Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) e com o Programa Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec Brasil) e, para isso, além da estrutura de nossos câmpus, contamos com polos de apoio presencial, normalmente em parceira com as prefeituras ou com o governo do Estado.

Em nosso site você encontra a relação de lugares onde temos câmpus e polos presenciais.

-> Câmpus do IFSC

-> Polos de apoio presencial

E em nosso site você encontra também todos os cursos que ofertamos na modalidade a distância e a cidade (câmpus ou polo) de oferta - que é onde você precisará fazer as atividades presenciais.

-> Clique aqui para ver os cursos ofertados a distância

Quero fazer um curso a distância, como me inscrevo?

Acompanhe nosso calendário de ingresso para saber quando haverá inscrições abertas ou, se preferir, deixe seu e-mail em nosso Cadastro de Interesse, que enviamos e-mail quando tivermos vagas abertas.

Gostou deste post? Compartilhe com seus amigos ou conhecidos que também querem fazer um curso a distância no IFSC.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui.

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Direitos Humanos: O que faz o Comitê do IFSC?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 09 dec 2020 09:10 Data de Atualização: 16 dec 2020 09:26

Nesta quinta-feira, 10 de dezembro, é o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Foi nesta data que, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, estabelecendo a proteção universal dos direitos humanos. Conforme as Nações Unidas:

“Os direitos humanos são direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente da sua raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, liberdade de opinião e expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre outros. Todos têm direito a estes direitos, sem discriminação.”

Ilustração da cartilha do Ziraldo sobre Direitos Humanos

-> Entenda mais sobre os Direitos Humanos nesta cartilha feita pelo Ziraldo

Infelizmente, sabemos que ainda há muito a ser feito para que todos se sintam protegidos e respeitados. É por isso que, no IFSC, contamos com um Comitê de Direitos Humanos. E neste post vamos explicar o seu funcionamento.

Como surgiu o Comitê de Direitos Humanos do IFSC?

O movimento inicial aconteceu em 2017, por iniciativa da Pró-reitoria de Extensão e Relações Externas, quando o IFSC aderiu ao Pacto Nacional Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos, com a criação de um Comitê Gestor. Em maio de 2019, infelizmente, o Ministério da Educação retirou-se do pacto nacional. Como forma de resistência e manutenção da política de direitos humanos na instituição, o IFSC criou o Comitê de Direitos Humanos em novembro de 2019.  

Atualmente,o grupo é composto por 45 pessoas, entre docentes, técnico-administrativos e estudantes, que foram indicados a partir de processos de consulta internos. Conheça parte do comitê:

O que faz o Comitê de Direitos Humanos do IFSC?

O Comitê Permanente de Direitos Humanos do IFSC é um órgão consultivo, propositivo e de assessoramento, no âmbito da Educação Básica, Técnica e Tecnológica, por meio do desenvolvimento de atividades e promoção de políticas de Ensino, Pesquisa e Extensão em defesa dos Direitos Humanos.

Desde que foi criado, o comitê tem buscado criar mecanismos de acolhimento das demandas da comunidade acadêmica, além de organizar atividades educacionais sobre diversos temas relacionados aos direitos humanos e elaborar documentos que sustentam as políticas do comitê no IFSC. O Comitê Central vem fortalecendo e dando visibilidade a diversos trabalhos realizados em núcleos, comissões, cursos e grupos de trabalhos com temas transversais aos Direitos Humanos nos Câmpus do IFSC.

Inclusive, neste ano foi lançado um edital de extensão voltado exclusivamente para projetos que envolvam Direitos Humanos e Justiça. Foi o primeiro edital de Extensão com cotas para negros e pessoas com deficiência do IFSC. 

E o grupo segue trabalhando em discussões e capacitações em temas de Direitos Humanos, tais como Ações Afirmativas e assédio, e ainda na elaboração da Política de Direitos Humanos do IFSC.

Em julho, fizemos um post sobre LGBTQIA+ com a participação do Comitê de Direitos Humanos do IFSC. Vale a leitura! ?? 

-> LGBTQIA+: Vamos falar sobre isso?

Entre em contato com o Comitê de Direitos Humanos do IFSC

Qualquer pessoa da comunidade acadêmica que sinta que seus direitos estão sendo violados ou atacados deve procurar o Comitê para que o grupo a acolha e proponha alternativas para a resolução dos problemas, sempre buscando saídas coletivas, que envolvam a Instituição. Entre em contato pelo e-mail comite.direitos.humanos@ifsc.edu.br.

Materiais sobre Direitos Humanos

Tem muito material sobre Direitos Humanos fora do IFSC também para quem quiser pesquisar, ler e refletir sobre o assunto. Destacamos alguns:

- Cronologia dos Direitos Humanos feita pela Unicamp
- Biblioteca Virtual de Direitos Humanos da USP
- Direitos Humanos na Educação - Série Cadernos Pedagógicos do MEC

Você tem mais algum material para indicar? Deixe nos comentários!

Gostou deste post? Tem sugestão de novos assuntos para abordarmos? Escreve pra gente em blog@ifsc.edu.br?

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

A ciência e seu tempo: por que as descobertas novas parecem demorar?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 02 dec 2020 09:29 Data de Atualização: 16 dec 2020 09:26

Era final do ano de 2019 e uma doença misteriosa, surgida numa província da China, revelou a existência de um novo micro-organismo com potencial de graves danos à saúde humana: o coronavírus batizado de Sars-Cov-2, causador da chamada Covid-19 – acrônimo de “coronavirus disease”, ou doença do coronavírus, em inglês, acrescido do número 19 em referência ao ano de seu registro no século XXI.

A identificação do vírus foi uma descoberta científica: por meio dos testes, realizados dentro de protocolos científicos rigorosos, os cientistas perceberam que se tratava de um patógeno parecido com outros vírus, porém com especificidades. Outros coronavírus já eram conhecidos desde os anos 1960, tendo sido responsáveis pela descoberta de infecções respiratórias como a chamada Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio). Com o novo micro-organismo, os estudos identificaram rapidamente que era um vírus diferente e, por consequência, também uma doença nova.

O que para os leigos pode parecer meio óbvio – olhar no microscópio e encontrar algo com as características de um vírus –, na verdade é mais um passo dentro de um grande caminho de construção de conhecimento sobre patologia. Para você ter uma ideia, na última pandemia pela qual o mundo passou – a da gripe espanhola, entre 1918 e 1920 – os estudos sobre a existência de micro-organismos menores que as bactérias eram muito incipientes. Somente em 1948 um vírus foi observado pela primeira vez.

Relógio mostrando os ponteiros passando

Como se constrói a Ciência?

Neste post, nós explicamos que a ciência é um tipo específico de conhecimento que se constrói por meio do método científico. Ela também tem como característica basilar o fato de ser sempre uma construção da coletividade dos cientistas. Ou seja, os pesquisadores, individualmente ou em grupos, desenvolvem seus estudos seguindo os rigores do método e submetem seus resultados à comunidade científica, que valida, ou não, esses resultados.

-> A ciência anda na defensiva. E o que todos nós temos a ver com isso?

É por isso que você ouve tanto falar em descobertas científicas publicadas em revistas renomadas como a Nature, a Science, a Lancet ou jornais específicos das diversas áreas do conhecimento. É por meio dessas publicações, cujos artigos com resultados relevantes são avaliados e validados por cientistas da mesma área (a chamada validação por pares), que o conhecimento científico se torna “oficial” e ganha o mundo, tendo seus benefícios revertidos em prol da coletividade.

-> Entenda neste post como funcionam os periódicos

A relevância do novo coronavírus fez com que a ciência mundial se voltasse para as várias perguntas a serem respondidas em torno desse patógeno, da doença, de suas consequências, da possibilidade de desenvolvimento de medicamentos e, claro, de vacinas. Em todo o mundo, já foram produzidas quase 170 mil publicações científicas sobre o novo coronavírus e a Covid-19. O Brasil é o 11º colocado entre os países com maior produção, com 4.029 trabalhos. Os dados são da Agência de Gestão da Informação Acadêmica da Universidade de São Paulo (USP) e se referem aos estudos publicados até 17 de outubro.

Um exemplo: por que é tão demorado produzir uma vacina?

Muitos desses estudos estão focados na vacina. De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), há no momento 212 candidatas a vacinas em desenvolvimento. Das 48 que já estão em estudos clínicos, ou seja, são testadas em seres humanos, 11 se encontram na fase mais avançada e, a depender dos resultados de eficácia, deverão ser disponibilizadas à população. As fases específicas, que cumprem protocolos bastante rigorosos, são necessárias para garantir a segurança das pessoas que irão, futuramente, receber as doses. Ou seja, primeiro são feitos estudos em laboratório, com células produzidas especialmente para isso; conforme os resultados vão avançando, os testes passam para animais de laboratório e, finalmente, para os seres humanos.

Charge sobre a demora da vacina

Para quem está com sua rotina alterada há dez meses, pode parecer que esse tempo de espera por uma vacina é muito longo. Que a ciência demora demais. Afinal, se o novo coronavírus é parecido com outros vírus, por que tanto tempo é necessário para desenvolver a imunização? No projeto IFSC Verifica, explicamos por que é tão demorado produzir uma vacina.

Fique sabendo que, caso seja disponibilizada mesmo no primeiro semestre de 2021, a vacina contra o Sars-Cov-2 será um grande feito da ciência em tempo recorde. Até hoje, a vacina que teve menor tempo entre a identificação do patógeno causador da doença e a disponibilização das doses foi a da caxumba – desenvolvida pelo médico norte-americano Maurice Hilleman e disponibilizada em 1967.

Neste post também do IFSC Verifica, pesquisadores da área de imunologia que atuam no IFSC comentam a questão do tempo em que se está trabalhando na vacina contra o novo coronavírus: para apenas dez meses de pesquisa, já se sabe bastante sobre ele, a ponto de estarmos, sim, muito perto da vacina.

-> Quando tivermos vacina, não teremos mais pandemia?

Em busca das respostas

Porém, nossos pesquisadores também alertam para o fato de que, mesmo após o início da vacinação, ainda haverá muitas perguntas a serem respondidas. Não está claro, ainda, quanto tempo a imunização deverá durar, e também há outras questões em torno da própria doença a que a comunidade científica busca respostas.

Como o incrível filósofo francês Gaston Bachelard (1884-1962) observava na primeira metade do século XX, o conhecimento é algo que está sempre em movimento, revisando, atualizando e construindo-se a partir de conhecimentos anteriores. Novos conhecimentos não são jamais considerados prontos e acabados, mas na lógica do pensamento científico eles levam a novas questões e a novas pesquisas - é o que ele chamou de “conhecimento aproximado”. Nunca chegaremos ao ponto de saber tudo. Mas é exatamente esse o motor que impulsiona a busca por conhecer o máximo possível, para que a ciência avance e construa conhecimento. Não de um dia para o outro, mas tijolo a tijolo, respondendo perguntas e formulando muitas outras que surgem após cada nova descoberta.

Gostou deste post? Ficou com alguma dúvida? Escreve pra gente no e-mail blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 25 nov 2020 09:09 Data de Atualização: 16 dec 2020 09:25

Na semana passada, abrimos as inscrições para o nosso Ensino Médio Técnico com início no primeiro semestre de 2021. São 1,4 mil vagas em 16 cidades de Santa Catarina. 

-> Veja as vagas disponíveis e como fazer a inscrição

Mas, afinal, qual é a diferença entre o Ensino Médio do IFSC e o Ensino Médio regular que é oferecido nas escolas públicas e particulares?

Neste post, vamos explicar tudo isso. 

-> Assista também à live que fizemos esclarecendo dúvidas sobre nosso Ensino Médio Técnico

Quais os tipos de cursos técnicos do IFSC?

Conforme a lei nº 11.892/2008 que criou os Institutos Federais, metade das nossas vagas devem ser destinadas à educação profissional técnica de nível médio, prioritariamente na forma de cursos integrados, para os concluintes do ensino fundamental e para o público da educação de jovens e adultos.

Entre os cursos técnicos que oferecemos, portanto, temos os cursos integrados, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio. Qual a diferença entre cada um?

No curso técnico integrado ao Ensino Médio, o aluno faz o Ensino Médio junto com um curso técnico no IFSC. No curso técnico concomitante ao Ensino Médio, o aluno faz só o curso técnico no IFSC ao mesmo tempo em que cursa o Ensino Médio em outra escola. Já o curso técnico subsequente ao Ensino Médio, o aluno faz só o curso técnico no IFSC após ter concluído o Ensino Médio.

Curso técnico integrado: também conhecido como “Ensino Médio Técnico”

Os cursos técnicos integrados ao Ensino Médio são aqueles cuja formação técnica e básica ocorrem de forma integrada, numa perspectiva de formação humana integral. E o que isso significa?

Primeiro, integrar formação técnica e básica significa possibilitar ao estudante, com uma mesma matrícula no IFSC, cursar, ao mesmo tempo, um curso técnico e o Ensino Médio, ambos no IFSC. 

E isso não ocorre de forma desarticulada, por exemplo, realizando as unidades curriculares do Ensino Médio primeiro e depois as do técnico. O grande diferencial é, justamente, integrar os conhecimentos de um determinado curso técnico aos conhecimentos do ensino médio.

Uma observação: há algumas pessoas que, no passado, chegaram a fazer só o Ensino Médio no IFSC (na época, ainda éramos Escola Técnica e Cefet-SC - a gente conta sobre nossa história neste outro post aqui). Na verdade, elas entraram em cursos técnicos integrados, mas, durante um período o currículo era separado - o que permitia que cursassem as disciplinas de cultura geral em três anos e recebessem o certificado de conclusão do Ensino Médio. Aí alguns acabam fazendo só isso sem cursar as disciplinas do curso técnico. O decreto 5154/2004 reintegrou a modalidade profissionalizante e o Ensino Médio, que é o que temos até hoje.

Portanto, hoje, não tem como você fazer só disciplinas do Ensino Médio com a gente. Ou você faz todo o curso e sai com o diploma de conclusão de Ensino Médio mais o certificado de curso técnico ou, caso desista no meio, sai sem nenhum dos dois. Não faça isso com a gente! ?? E se você quiser fazer só o curso técnico, aí temos as outras modalidades que já citamos ali em cima - concomitante e subsequente.

O bacana é que, no nosso curso integrado, as disciplinas de Ensino Médio acabam sendo direcionadas ao aprendizado do curso técnico, o que dá ainda mais sentido para o conhecimento. Quer um exemplo?

Temos a disciplina de Física, comum ao Ensino Médio. Quem faz nosso curso técnico integrado em Edificações terá o conteúdo de corrente e resistências elétricas articulado à unidade curricular de Projeto e Instalações elétricas. Portanto, o estudante poderá aplicar os conhecimentos da Física para projetar e construir um quadro de distribuição de energia de uma casa, inclusive realizando atividades práticas nos laboratórios.Não é bacana?! Aquela pergunta básica que muitos se fazem “pra que eu tô aprendendo isso?” já é explicada nas aulas práticas. 

Veja que divertida esta competição de pontes feitas com macarrão da qual participaram alunos do curso técnico integrado em Edificações do Câmpus Criciúma:


Como é possível integrar os currículos?

O pedagogo Igor Guterres Faria, que atualmente é nosso coordenador de cursos técnicos, destacou alguns princípios importantes para o desenvolvimento dos currículos dos nossos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio:

- Assegurar, nos projetos pedagógicos de cursos técnicos integrados, atividades didático-pedagógicas que articulem ensino, pesquisa e extensão;
- Garantir a realização de práticas profissionais que possibilitem ao estudante o contato com o mundo do trabalho e assegurem a formação teórico-prática intrínseca ao perfil de formação técnica, por meio de atividades profissionais, projetos de intervenção, experimentos e atividades em ambientes especiais, tais como: laboratórios, oficinas, empresas pedagógicas, ateliês, dentre outras.
- Prever, nos projetos pedagógicos de cursos técnicos integrados, carga horária específica para Prática Profissional Integrada (PPI), a ser desenvolvida ao longo do curso, a fim de promover o contato real e/ou simulado com a prática profissional pretendida pela habilitação específica. Além disso, articular a integração horizontal e vertical entre os conhecimentos da formação geral e da formação específica com foco no trabalho como princípio educativo.
- Garantir, nos projetos pedagógicos de cursos técnicos integrados, o Estágio Curricular Supervisionado não Obrigatório como forma de oportunizar aos estudantes a possibilidade de contato com o mundo do trabalho.

O currículo construído e desenvolvido nestes cursos tem como base a ciência, a cultura, o trabalho e a tecnologia, fundamentos importantes para a formação humana integral do estudante. Aliás, a formação integral que tanto falamos por aqui pressupõe a articulação de todas as dimensões da vida do estudante. Assim, com a integração da formação técnica à básica, as finalidades educacionais se amplificaram, pois, além de formar nossos alunos para uma determinada profissão, possibilita que eles compreendam o mundo do trabalho articulando ciência, cultura, trabalho e tecnologia, posicionando-se diante destas dimensões de forma mais crítica e autônoma, sendo capaz de intervir e (re)construir a sua realidade.

Esse tipo de curso pode levar o estudante a ir além. E não é só maneira de dizer não. Sabia que um projeto feito por alunos do nosso curso técnico integrado de Informática do Câmpus Xanxerê já foi parar no espaço? ?? Leia aqui sobre o experimento que permitiu aos estudantes conhecerem a Nasa.

Alunos do IFSC num laboratório

Qual a duração do curso técnico integrado do IFSC?

Os Ensino Médios regulares têm duração de três anos: o primeiro ano, o segundo ano e o famoso terceirão. No caso do IFSC, a maioria dos cursos técnicos também têm uma duração de três anos, no entanto, os projetos pedagógicos de alguns cursos preveem uma duração maior, com quatro anos. 

O que muda também é a carga horária dos nossos cursos. Como as disciplinas do Ensino Médio e os da formação técnica ocorrem de forma integrada, nossa carga horária pode ser maior e,  por isso, alguns cursos possuem atividades em dois turnos em alguns dias da semana.

O aluno pode fazer só o Médio no IFSC? 

Não. Como falamos lá em cima, conforme a Lei 11.892/2008, o IFSC não oferta cursos de Ensino Médio regular, apenas cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. Portanto, ao se matricular no IFSC o aluno deverá cumprir o que é planejado no projeto pedagógico de cada curso. 

Existe algum tipo de certificação parcial?

Já explicamos que não tem como alguém atualmente sair só com o diploma de Ensino Médio do IFSC sem finalizar todo o curso técnico integrado. Porém, para as disciplinas técnicas é um pouco diferente. A instituição estimula que os projetos pedagógicos de curso prevejam o que chamamos de certificações intermediárias. Desta maneira, caso o estudante desista de alguma etapa, ele poderá ter direito ao certificado em algumas qualificações, seguindo alguns critérios, se assim estiver planejado no projeto pedagógico

Tomando novamente como exemplo o curso Técnico em Edificações, se o aluno conclui o 1º e o 2º ano do curso, ele terá a certificação intermediária de Almoxarife de Obras. Para saber se o curso que você quer fazer tem essa previsão, você pode consultar as informações disponíveis em nosso Guia de Cursos ou entrar em contato com a coordenação do curso.

Qual a certificação final?

Ao concluir nosso curso técnico integrado, o(a) aluno(a) será certificado(a) como técnico em determinada área. E aí temos nossos diversos cursos: técnico em Química, técnico em Edificações e por aí vai. Essa certificação também comprova a conclusão do Ensino Médio.

Veja o exemplo de diploma que quem conclui nosso curso recebe:

Exemplo de diploma de Ensino Médio Técnico do IFSC

Quais os cursos técnicos integrados do IFSC?

Em 2019, ofertamos 57 cursos técnicos integrados nos seguintes câmpus: Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Palhoça, São Carlos, São José, São Miguel do Oeste e Xanxerê.

No nosso Guia de Cursos, é possível ver todos os cursos técnicos integrados que temos. 

-> Clique aqui para visualizar nossos cursos técnicos integrados
 
Neste momento, estamos com vagas abertas para 39 cursos desse tipo - que chamamos também de Ensino Médio Técnico - em 16 cidades.

-> Veja as vagas disponíveis para o Ensino Médio Técnico do IFSC com início em 2021.1

Post de divulgação do Ensino Médio Técnico do IFSC 2021 - Inscrições abertas

Todos o nossos cursos técnicos integrados são presenciais. Em função da pandemia, no entanto, os alunos tiveram aulas de forma remota, o que pode ainda se manter para quem iniciar os cursos no primeiro semestre de 2021. Neste caso, os alunos desses cursos - como de todo o IFSC - terão atividades não-presenciais (ANP)

Novo Ensino Médio: como ficam nossos cursos técnicos integrados?

Não sei se você já leu algo a respeito, mas está em discussão em âmbito nacional o novo Ensino Médio. A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do Ensino Médio, ampliando o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para 1.000 horas anuais e definindo uma nova organização curricular, mais flexível, que contemple uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a oferta de diferentes possibilidades de escolhas aos estudantes, os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

-> Acesse o site oficial sobre o Novo Ensino Médio

Como isso irá afetar nossos cursos ainda é um ponto bastante sensível e que está em discussão na Rede Federal, que inclui os Institutos Federais de todo o país. O Fórum de Dirigentes de Ensino do Conif, composto pelos pró-reitores de Ensino de todos os Institutos Federais, inclusive, produziu um documento, em 2018, chamado Diretrizes Indutoras para a oferta de cursos técnicos integrados ao Ensino Médio na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica

Resumidamente, este documento tem por objetivo a defesa do Ensino Médio integrado nos moldes como ele é ofertado hoje. Os integrantes do Fórum entendem que o novo Ensino Médio, materializado pela BNCC, traria prejuízos à ideia de currículo integrado e, por conseguinte, à formação humana integral. 

Após a divulgação deste documento foi proposta a sua discussão nos Institutos Federais. O objetivo é fortalecer ou criar diretrizes de orientação de oferta do Ensino Médio integrado, como base nas diretrizes indutoras, sendo devidamente debatidas e regulamentadas pelos Conselhos Superiores de cada instituição. O IFSC tem um grupo de trabalho dedicado a  essas diretrizes e ainda não tem previsão para conclusão das atividades.

Gostou deste post? Ficou com alguma dúvida? Escreve pra gente no e-mail blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Entenda o que é um projeto pedagógico institucional

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 18 nov 2020 09:09 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:46

Conhecido pelos mais próximos como PPI, o Projeto Pedagógico Institucional é um dos capítulos centrais do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI - uma das siglas que quem trabalha no IFSC mais convive. Sabemos que este não é o assunto mais divertido do mundo e que tem gente que só ao ouvir uma dessas siglas já vai saindo de fininho…

Apresentador Raul Gil e a frase: Pegue seu banquinho e saia de mansinho

 

É nesse capítulo, do PPI, que a instituição trata dos projetos de cursos que ofertamos, da política de egressos e dos assuntos estudantis, por exemplo. Parece algo relevante pra quem é nosso aluno (ou pretende estudar aqui), não é mesmo?

E a gente não se cansa de usar este nosso espaço mais descontraído para falar do PDI e do que ele representa até como uma forma de prestação de contas para a sociedade. Quando alguém fala que estuda no IFSC ou que quer fazer um curso aqui talvez não se dê conta de tudo que é pensado, planejado e refletido para que o conteúdo chegue até você em formato de aula (neste momento, a distância ainda pra todo mundo).

-> Já fizemos este post detalhando o que é o PDI

Não esperamos que todo mundo coloque o PDI na sua lista de leitura, mas é importante saber que ele existe e está disponível no nosso site. Saber os capítulos que o compõem também é fundamental para saber onde buscar as informações quando precisar.

Detalhando o PPI do IFSC

O PPI é o terceiro capítulo do nosso atual PDI, o instrumento de planejamento e gestão do IFSC a partir do qual traçamos nossos objetivos, metas e estratégias para ações que vamos fazer até 2024. Conforme o Decreto 5.773/2006, ele é uma parte obrigatória do PDI.

Este vídeo, divulgado no ano passado quando estávamos elaborando nosso atual PDI, explica um pouco mais sobre o que é o projeto pedagógico institucional:

Como é exibido no vídeo, o PPI orienta a prática educativa do IFSC. É a partir dele que definimos o processo formativo em ensino, pesquisa e extensão. 

Ao ler o nosso PPI, a sociedade conhece a concepção de educação e educação profissional, científica e tecnológica que são buscadas pelo IFSC, além das nossas diretrizes, políticas, pressupostos de currículo e de avaliação.

O IFSC adotou a concepção histórico-crítica de educação. Entende-se assim que a educação é um espaço fundamental para a formação integral do cidadão, sujeito consciente, com visão crítica. Mobilizar-se nessa direção significa materializar nos programas, projetos e ações institucionais a concepção educativa expressa no PPI.

Para quem quiser entender melhor uma frase muito repetida no ambiente acadêmico - indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão -, é no PPI que está a resposta. Aliás, a caracterização de cada uma dessas áreas encontra-se neste capítulo do PDI.

PPC: A elaboração dos projetos pedagógicos de cursos

Se tivéssemos que escolher uma parte do PPI que tem mais chance de atrair audiência de maneira geral, poderíamos dizer que é essa que trata dos PPCs, a sigla para projetos pedagógicos de cursos. 

Quem escolheu algum curso nosso, provavelmente, se interessou pela área e viu perspectivas profissionais. Por trás de cada curso que você encontra nos nossos editais de Ingresso, tem todo um estudo para justificar a existência desse curso. Por que um curso superior de Gastronomia no Câmpus Florianópolis-Continente e não no Câmpus Caçador?

Este estudo é apresentado no que chamamos de Projeto Pedagógico do Curso, seu PPC. Ao acessar os nossos cursos, no Guia de Cursos, vocês vão encontrar o PPC de cada um deles. As principais informações tiramos do PPC e colocamos na própria página de divulgação do curso, como por exemplo nesta sobre nosso curso superior de tecnologia em Design de Moda do Câmpus Jaraguá do Sul-Centro.

Outros temas do PPI

Tem uma parte do PPI que engloba o que chamamos de Assuntos Estudantis, que trata de programas e ações de inclusão do IFSC, desde o acesso até sua permanência e êxito na nossa instituição.

Também tem um ponto dedicado aos nossos egressos com ações a serem desenvolvidas para esse público. Falando nisso, você já viu a nossa série #EgressosIFSC no Instagram? 

E o PPI vai além, se aprofundando nas concepções de gestão e nos princípios para termos uma gestão pautada na democracia participativa, na perspectiva da inclusão e na indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Inclusive, elencamos neste documento as temáticas para as quais precisamos ter políticas formalmente constituídas, que são: Inclusão, Tecnologia da Informação, Segurança da Informação, Comunicação, Internacionalização, Sustentabilidade, Compras e Contratações, Gestão de Pessoas, Gestão da Informação e do Conhecimento, Governança Institucional e Gestão de Riscos.

Para quem quiser saber mais, basta ler o capítulo 3 do PDI que traz o nosso PPI completo.

Ficou com alguma dúvida? Gostaria que a gente detalhasse melhor algum ponto? Escreva para blog@ifsc.edu.br e nos conte. 

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Por que é importante votar?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 11 nov 2020 09:00 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:45

Depois de uma semana angustiante aguardando o resultado das eleições dos Estados Unidos para presidente, agora é a nossa vez de ir às urnas, mas para escolher prefeitos e vereadores. No próximo domingo, dia 15 de novembro, teremos eleições municipais no Brasil.

Diferentemente dos EUA, aqui o voto é obrigatório para maiores de 18 anos. Algumas pessoas não gostam dessa obrigatoriedade e, vez ou outra, a questão é trazida à tona.

-> Por que somos obrigados a votar no Brasil? Veja cards explicativos do @pmuchscience

Mas, afinal, por que é importante votarmos? Para escrever este post, conversamos com a professora de sociologia do Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, Mariana Guerino.

Qual a importância do voto?

A democracia é o regime político que estrutura e permite a participação coletiva nos rumos da sociedade. Uma das expressões da democracia é o voto. Nesse contexto, somos sujeitos ativos e não meros espectadores dessa dinâmica. O voto é um ato contrário à submissão ao poder.

Votar: ato individual de impacto coletivo.

É votando que indicamos o que queremos escolhendo representantes que devem, em teoria, fazer o que acreditamos ser melhor para nosso município, nosso estado e nosso País.

-> Acesse o Guia do Eleitor produzido pelo TRE-SC

Vale a pena votar branco ou nulo?

Sabemos que tem quem pensa que votando assim pode ser um voto de protesto para mostrar descontentamento com as opções disponíveis. Toda eleição sempre rola aquela mensagem via Whatsapp dizendo que se 50% dos votos forem anulados, a eleição inteira vai ser anulada. Isso não é verdade. Aliás, este é um dos mitos eleitorais que já foram explicados por agências de checagem. Veja aqui.

-> Leia artigo sobre Voto nulo e novas eleições publicado no site do TSE

Embora o voto no Brasil seja obrigatório, escolher ou não um candidato depende de cada um, já que é possível votar em branco ou nulo. Entenda aqui a diferença entre essas opções.

Para a nossa professora, não vale a pena votar branco ou nulo porque o resultado das eleições será definido independentemente dos votos inválidos e a perspectiva do candidato eleito irá ecoar sobre as nossas vidas, ao longo dos anos de mandato.

Essa é uma das razões, segundo ela, pela qual não podemos ficar alheios aos processos eleitorais. A legislação eleitoral no Brasil prescreve regras para a contagem dos votos. Assim, para considerar um candidato eleito, são levados em conta apenas os votos válidos.

Sendo assim, mesmo que a maioria dos eleitores votem branco ou nulo, a eleição não é anulada e vence o candidato mais votado. A diferença entre votos brancos e nulos está apenas no modo como as pessoas que votam definem a sua escolha.

Como escolher em quem votar?

Por causa da pandemia, as campanhas eleitorais mudaram um pouco, mas ainda vemos carreatas e pessoas distribuindo panfletos nas sinaleiras. Será que isso faz alguém escolher um candidato? ??

Veja as dicas da nossa professora Mariana para definir em quem você vai votar:

- Observe se as propostas apresentadas realmente evidenciam rupturas reais para problemas que temos;
- Suspeite de falas milagrosas ou heróicas, porque isso não condiz com a realidade;
- Analise também a trajetória dos candidatos;
- Verifique se suas perspectivas estão de acordo com os Direitos Humanos e se não estão buscando representatividade política somente para favorecer grupos antiéticos;
- Preste atenção ao uso de palavras de impacto, geralmente utilizadas em campanhas eleitorais, tais como: “renovação”,“família”, “compromisso” etc. Analise o que significam esses chavões e, sobretudo, se as propostas dos candidatos não estão atentando contra a vida das pessoas, seja de forma mais direta, ou mais nas entrelinhas do discurso.

O projeto Meu, Seu, Nosso Voto - que busca fomentar o diálogo sobre o voto responsável - também elaborou um checklist pré-eleição para você definir em quem votar:

-  Ele ou ela é Ficha Limpa? Acesse o site Divulgação de Contas do Tribunal Superior Eleitoral para verificar essa e outras informações.
- As propostas da candidata(o) representam seus interesses?
- O partido da sua candidata(o) condiz com seu alinhamento político?
- As propostas da candidata(o) representam os interesses da sua comunidade?
- As propostas da candidata(o) representam os interesses de comunidades menos assistidas?
- O que ele ou ela já fez pela sua comunidade e pela sua cidade?
- O que a história dele ou dela mostra sobre sua ética?
- Você já deu um Google com o nome do seu candidato ou candidata? Já checou as notícias vinculadas com seu nome?
- “Me diga com quem andas que te direi quem és…” Se seu candidato já tem uma carreira política, quais filiações e parceiros políticos ele ou ela tem no histórico?
- Quem financia sua campanha?
- A proposta do seu candidato ou candidata condiz com o cargo que se candidatou? Se quiser entender mais sobre o papel dos vereadores e do prefeito - que é quem vamos escolher no próximo domingo - , veja aqui um material bem bacana e explicativo.

Cuidado com a desinformação: #euvotosemfake

Outro cuidado que deve ser tomado em todos os momentos - mas que, infelizmente, nesta época de eleições sentimos mais - é com a desinformação e a checagem da informações. 

-> Como identificar as “fake news”e não encaminhá-las para frente?

Falando em fatos e boatos, se tiver dúvidas, acesse este site de coalizão de checagem de fatos sobre o processo eleitoral #euvotosemfake

Arte simulando um diálogo de uma pessoa desinformada e o amigo explicando a veracidade da informação

A questão é tão séria que o TSE criou um planejamento estratégico para o combate à desinformação nas #Eleições2020. As principais diretrizes do plano são: disseminar informações verdadeiras sobre o processo eleitoral, educar cidadãos sobre o tema e combater comportamentos inautênticos. Acesse aqui.

E tem mais…

Não é só você que tem um tio ou um amigo que A-M-A encaminhar conteúdo duvidoso pelo Whatsapp. O lance é tão preocupante que o próprio Whatsapp lançou algumas iniciativas para diminuir a viralidade e combater a desinformação. Você já notou que agora é possível ver quando a mensagem foi encaminhada? Além disso, o aplicativo até limitou o número de vezes que uma mensagem pode ser repassada.

E, neste ano, eles fecharam até uma parceria com o TSE e criaram um chatbot no WhatsApp para levar informações confiáveis aos eleitores dentro do aplicativo.Por meio do robozinho que conversa com a gente, é possível  tirar dúvidas sobre as eleições e confirmar a veracidade das informações. Não é legal?

-> Conheça o ‘Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp’, assistente virtual da Justiça Eleitoral

 Agora é com você!

Se você tem mais de 18 anos - ou optou pelo voto facultativo antes disso no caso de quem completa 16 anos até a data da eleição -, domingo será preciso comparecer às urnas. Anote os números dos seus candidatos para lembrar na hora. Primeiro você digitará o número do(a) candidato(a) ao cargo de vereador(a) composto por cinco algarismos. Depois, indica seu(sua) candidato(a) a prefeito(a) representado por dois números.

-> Treine para as eleições no simulador de votação do TSE

Em um ano em que a pandemia mudou a vida de todos, é lógico que o dia da eleição também exige cuidado.

-> Leia o post do IFSC Verifica sobre os cuidados necessários no dia da votação para minimizar os riscos de contágio do novo coronavírus

Quadro com dicas para o eleitor

Se tiver dúvidas sobre as Eleições 2020, acesse aqui o site do TSE.

E mais um recado: o nosso exercício da cidadania não termina no ato de votar. Acompanhe o trabalho dos candidatos eleitos - independentemente se foi em quem você votou. 

Gostou deste post? Deixe um comentário ou curta aí embaixo. Se tiver sugestões de assunto para abordarmos por aqui, envie e-mail para blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Templates IFSC: veja os modelos de arquivos que podem facilitar a sua vida de estudante

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 04 nov 2020 11:18 Data de Atualização: 04 nov 2020 12:14

A gente sabe que vida de estudante não é fácil, por isso tentamos facilitar sempre que possível. No nosso Portal, tem uma área todinha pensada nos nossos alunos. Você sabia? ??

É só você entrar no menu Estudantes:

Home do Portal do IFSC com flecha apontando para o menu Estudantes

Nesta área, há diversas informações importantes sobre ações Inclusivas, assistência estudantil, bibliotecas, calendário acadêmico, intercâmbio, oportunidades, entre outras coisas. Mas hoje queremos destacar o submenu Documentos Úteis. Só o nome já diz muito, não? ☺️

Print da área Documentos Úteis do Portal do IFSC

Neste espaço, a gente destacou diversos documentos que talvez nossos alunos nem saibam que existem e que podem ajudá-los nos trabalhos. 

Por onde começar?

A gente vai aprendendo a fazer trabalhos, citações e pesquisas científicas durante nossa trajetória escolar. Para quem quer entender melhor esse “mundo”, um bom começo é ler nosso Manual de Comunicação Científica.

-> Pesquisa em periódicos on-line: a gente traduz pra vocês!

Modelos de documentos

Na hora de fazer seus trabalhos, saiba que o IFSC disponibiliza templates, ou seja, modelos de documentos para a elaboração de trabalho acadêmico e de artigos. Tem também um modelo de apresentação de slides.

Temos ainda um template de banner da época em que a gente ia a eventos científicos presenciais. Saudades! ??

Um kit sobrevivência

Além disso tudo que mencionamos aí em cima, nesta área de Documentos Úteis, você encontra o Regulamento Didático-Pedagógico, o famoso RDP, que estabelece as normas referentes aos processos didáticos e pedagógicos desenvolvidos por todos os câmpus do IFSC.

Tem também um Guia do Estudante e uma cartilha que explica como funciona a Assistência Estudantil do IFSC. Ah, claro! Não podia faltar um tutorial do Sigaa, nossos sistema acadêmico.

Se estiver perdido(a), dedique um tempo nesta área do nosso Portal. Como o nome mesmo já diz, esperamos que seja útil! ??

E, já que estamos falando de facilidades, queremos lembrar alguns posts que já fizemos por aqui com todo carinho pensando nos nosso amados alunos:

-> Serviços que o IFSC te oferece e você nem sabia
-> Como organizar uma rotina de estudo?
-> 10 motivos para você não dizer que não sabia

Para ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC é só clicar aqui.

Gostou deste post? Deixe um comentário ou curta aí embaixo. Se tiver sugestões de assunto para abordarmos por aqui, envie e-mail para blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Como o IFSC tem colaborado com projetos e pesquisas relacionados à pandemia?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 28 out 2020 09:08 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:46

Nesta quarta-feira, 28 de outubro, é Dia do Servidor Público. Somos suspeitos para falar dos nossos servidores técnicos-administrativos e docentes, pois é graças ao conhecimento e ao trabalhos deles que somos o IFSC que você conhece e que tem crescido ano após ano.

-> IFSC em números: veja como crescemos

Em 2020, no momento em que todos nós nos vimos numa situação difícil, nossos servidores não só adaptaram os seus trabalhos para a forma não-presencial, como também se envolveram dentro do que nossa instituição faz para contribuir no combate ao novo coronavírus. No post de hoje, queremos mostrar parte deste trabalho que precisa ser valorizado ainda mais na atual conjuntura.

Precisamos valorizar a Ciência

Não sei se você percebeu, mas recentemente no Brasil a gente tem ouvido muito falar sobre a necessidade de valorizar o trabalho dos cientistas. Fizemos, inclusive, um post destacando a importância da Ciência. Entre nossos servidores, temos muitos cientistas, pesquisadores. Afinal, somos uma instituição pública que tem por finalidade ofertar formação e qualificação em diversas áreas, bem como realizar pesquisa e extensão.

-> Conheça melhor o perfil institucional do IFSC

Além de aplicarmos os conhecimentos científicos nas aulas - que, no momento, seguem sendo ministradas a distância -, também fazemos projetos de pesquisa e extensão. É a famosa indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão que você já deve ter ouvido falar. E, assim que começou a pandemia, diversas ideias surgiram e foram colocadas em prática pelos nossos servidores.

#IFSCcontraocoronavírus

Mesmo distante de seus locais de trabalho desde março, os servidores do IFSC estão empenhados em auxiliar no combate à pandemia de coronavírus. Várias ações já foram desenvolvidas, como produção de máscaras de tecido, protetores faciais em acetato, álcool em gel, cursos on-line, atendimento a alunos em distanciamento social, entre outros.

Selo IFSC contra o coronavírus

Em abril, lançamos uma chamada pública emergencial para projetos de prevenção e de enfrentamento da pandemia, aderindo à iniciativa das instituições que integram o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Os projetos selecionados vão desde soluções que envolvem elaboração de produtos - como produção de máscaras de tecido e protetores faciais de acetato, aplicativos para celulares, protótipo de respirador e produção de álcool em gel - até serviços, como informações on-line com estatísticas sobre a pandemia, cursos de capacitação, encontros virtuais de literatura e material multimídia bilíngue Libras e Português.

Outras iniciativas dessa chamada foram voltadas diretamente para a comunidade, como a distribuição de kits de higiene e cestas básicas, orientação sobre direitos aos programas assistenciais do governo, padaria comunitária, entre outros.

Fontes de informação

Nossos professores também têm mostrado todo seu conhecimento como fontes para diversos assuntos relacionados à pandemia. No IFSC Verifica, um projeto organizado e produzido pelos nossos servidores que são jornalistas, fazemos uso da divulgação de informação confiável e qualificada produzida pelos pesquisadores do instituto. Dessa forma, buscamos auxiliar no controle e erradicação da pandemia de Covid-19.

-> Veja todos os posts já publicamos no IFSC Verifica até o momento

Além de serem fontes nos nossos próprios canais, obviamente, nossos professores são reconhecidos como especialistas pela imprensa e, frequentemente, também concedem entrevistas aos veículos de comunicação. Aliás, atender à imprensa é uma forma de prestarmos contas à sociedade, afinal, como servidores públicos temos essa obrigação.

Ensino que faz a diferença

O conteúdo que ministramos em sala de aula (virtual neste ano) também mostra toda a sua importância quando vemos nossos egressos se saindo bem no mercado de trabalho a partir da formação que receberam aqui.

-> Desafios nos negócios: veja como nossos egressos enfrentam a pandemia

Aliás, inclusive as disciplinas que temos em nossos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio tem muito valor para analisarmos a pandemia que estamos vivendo como explicamos neste post.

Projetos do IFSC envolvendo a pandemia

Tentamos listar os projetos que nossos servidores têm feito relacionados ao novo coronavírus desde que tudo isso começou. Não queremos cometer o erro e dizer que listamos T-O-D-O-S porque são tantos… e vai que a gente deixe algum de fora… A última coisa que queremos é deixar algum(a) servidor(a) triste bem no Dia do Servidor Público. ??

Mas reunimos MUITOS para você ver como nossos servidores estão trabalhando duro. O resultado é que já produzimos e doamos em torno de 4,2 mil litros de álcool em gel, mais de 1,5 mil máscaras tipo face shield, mais de 26 mil máscaras de tecido e descartáveis e mais de 20 mil litros de produtos de limpeza como sabão. Também já arrecadamos e doamos mais de 4 toneladas de alimentos e produtos de limpeza.

Dá uma olhada em algumas ações e projetos que fizemos:

-> Câmpus SLO desenvolve máscaras e aplicativo de celular para auxiliar no combate ao Covid-19
-> Modelo de suporte de protetor facial permite dobrar a produção do EPI
-> Projeto do Câmpus Lages reúne dados sobre a pandemia e possibilita diferentes tipos de observação
-> Câmpus Araranguá vai produzir cinco mil máscaras para doação a trabalhadores de serviços essenciais
-> Câmpus Criciúma realiza ações de combate à pandemia
-> Projeto de Escuta Qualificada começa atendimento a servidores e terceirizados na próxima segunda-feira
-> Corrente solidária traz agroecologia à pauta através de vídeos, imagens e iniciativas sociais
-> IFSC e UFSC produzem em Araranguá protetores faciais para enfrentamento ao coronavírus
-> Projeto de extensão lança podcast de arte e cultura na plataforma do IFSC
-> Mercados e farmácias do Seminário, em Chapecó, recebem máscaras do IFSC
-> Moradores de SLO e Jupiá podem retirar máscaras gratuitas do IFSC em diferentes locais
-> Edital do Conif permite desenvolvimento de ventilador pulmonar de baixo custo e respiradores AMBU
-> Projeto de extensão produz e distribui sabão líquido econômico na Grande Florianópolis
-> IFSC produz máscaras em impressão 3D para prevenção de profissionais da saúde
-> 10 câmpus do IFSC estão mobilizados na produção de protetores faciais em impressoras 3D
-> Projeto do Câmpus Florianópolis-Continente produz e doa alimentos
-> Projeto produz álcool 70º GL com participação dos segmentos público e privado
-> Projeto que transforma vinho em álcool 70º passa também a produzir sabonete e sabão para comunidade serrana
-> IFSC produz 10 mil máscaras para entrega à população em Jaraguá do Sul
-> Projeto multidisciplinar desenvolve modelo específico de análise da Covid-19 em Caçador
-> Projeto prevê sistema para evitar contaminação de profissionais de saúde pelo novo coronavírus
-> Álcool em gel 70% pode ser retirado na portaria do Câmpus Chapecó
-> IFSC produz máscaras de acetato para entidades de Jaraguá do Sul
-> Projeto distribui álcool 80% para secretarias de Saúde
-> Empresa Júnior do Câmpus Florianópolis oferece manutenção gratuita a respiradores de hospitais da Grande Florianópolis
-> Projeto do Câmpus Palhoça Bilíngue pretende levar informação sobre a pandemia para crianças e adolescentes surdos
-> Câmpus SLO apresenta proposta do aplicativo Feira Nossa
-> Em tempo de crise, projeto trabalha em app para auxiliar autônomos e microempresários
-> Projeto Telas Abertas compartilha mais conhecimento com comunidade regional
-> Desenvolvido mapeamento da Covid-19, em tempo real, nos 295 municípios de SC
-> Projeto oferece capacitação a distância sobre compostagem
-> Alunos da rede pública municipal recebem “Cineminha” em casa
-> IFSC entrega produção de álcool em gel para Secretaria de Saúde de Canoinhas
-> Sustentabilidade e solidariedade: servidores do Câmpus Araranguá doam sabão produzido a partir de óleo de cozinha
-> Projeto do Câmpus Florianópolis doa 2 mil litros de sabão líquido em menos de um mês
-> Projeto de extensão do Câmpus São José oferece suporte para estudantes se prepararem para o Enem

E tem mais….

Você achou que íamos ficar de fora da maior tendência da quarentena?

menina dizendo não

Sim, o que não faltaram por aqui também foram lives em que nossos servidores mostraram que também mandam bem falando ao vivo e a cores. Em julho, fizemos um post reunindo todas as lives que tínhamos feito até então. Veja aqui.

Inclusive, hoje, logo mais, às 16h, teremos uma no nosso canal do YouTube especial para este Dia do Servidor Público, tratando justamente do espaço do servidor público na sociedade e os desafios diante da pandemia.

Live do Dia do Servidor Público no IFSC

Acompanhe ao vivo neste link. (Se você ler este post depois que a live tiver passado, pode clicar no mesmo link para ter acesso à gravação).

Vale lembrar que aqui no Blog também já rolou muito conteúdo importante sobre a pandemia que é uma forma de contribuirmos para esclarecer nossos alunos e a comunidade de maneira geral.

-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?
-> Dicas para quem precisa sair de casa
-> Segurança dos alimentos em tempos de coronavírus
-> Coronavírus: conheça os serviços assistenciais a que você pode recorrer
-> Coronavírus: esclarecendo dúvidas de saúde

E, quem está por trás deste canal, também são servidores do IFSC, que atuam na Diretoria de Comunicação. ??

Parabéns aos servidores públicos!

Já deu pra perceber porque sentimos muito orgulho dos nossos servidores? Tem gente que não faz ideia de como trabalhamos, mas isso é porque realmente acreditamos no nosso papel enquanto instituição pública. Hoje, mais do que nunca, queremos dar parabéns aos servidores que me fazem ser este IFSC. Por trás desta marca, somos professores, técnicos com diversas formações e, acima de tudo, somos pessoas que acreditam que a educação pode sim gerar transformação e contribuir para termos um País menos desigual e melhor.

Cartão do Dia do servidor público

Se quiser deixar um parabéns para nossos servidores também, comente aí embaixo ou nas nossas mídias sociais. ☺️

Tem alguma dúvida sobre o IFSC? Quer sugerir algum assunto? Mande um e-mail para blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do Blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Alimentação: informações úteis para o seu dia a dia

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 21 out 2020 09:45 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:47

Quem acompanha os nossos canais de comunicação, deve ter percebido que, neste mês, estamos produzindo e compartilhando conteúdos sobre alimentação. E isso tem um motivo: é em outubro que se celebra o Dia Mundial da Alimentação, no dia 16, e hoje, dia 21, é o Dia da Alimentação Escolar. As duas datas foram criadas com um objetivo bastante similar, de conscientizar a sociedade sobre questões relacionadas à nutrição e à alimentação e a importância de se manter bons hábitos alimentares.

A alimentação é um direito social, estabelecido pelo art. 6º da Constituição Federal Brasileira. Esse direito há décadas vem sendo garantido por Escolas Públicas de Educação Básica por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, que traça uma diretriz de oferta que preconiza uma alimentação adequada e saudável baseada no consumo prioritariamente de alimentos in natura ou minimamente processados, que representem a cultura local e que são adquiridos, principalmente, no comércio local e de agricultores familiares.

Aqui no IFSC, temos uma equipe de nutricionistas que cuidam do PNAE e temos cantinas nos nossos câmpus que devem seguir diversas recomendações para oferecer uma alimentação saudável. Também temos projetos de restaurantes universitários. Oferecemos um kit-lanche para que nossos alunos possam ter energia para assistir às aulas. Tudo isso, claro, na época em que a gente podia se abraçar todo dia antes da pandemia chegar.

Homem chorando de saudade

Agora na pandemia, nossos câmpus têm oferecido alimentação aos estudantes por meio de kits/cestas de alimentos. Alguns câmpus também realizaram ações voluntárias de doações de alimentos e itens de higiene. E além de organizar o funcionamento do PNAEno IFSC neste contexto, nossos nutricionistas também preparam materiais bem bacanas sobre alimentação que vamos reunir neste post.

Campanha da alimentação saudável do IFSC em tempos de pandemia

Alimente-se bem e tenha uma mente saudável

A  ansiedade, o nervosismo, o estresse e os pensamentos repetidos podem desencadear um descontrole alimentar durante o momento de suspensão de atividades presenciais. Neste momento, alunos do IFSC estão em casa, no chamado distanciamento social, à espera da redução da curva de contágio do coronavírus.

Esse tempo confinado em casa, repleto de angústia e insegurança, ativa nos indivíduos uma tendência de comer de maneira irregular e compulsiva. Não é para menos! Essa é uma experiência nova para todos, muitas vezes, acompanhada de ociosidade, em que o “colocar a comida para dentro” atua como uma fuga que traz conforto emocional. Poucos indivíduos relatam inapetência, ou seja, perda do apetite, mas uma coisa é certa: a irregularidade e descontrole alimentar é algo bastante presente. E então, o que fazer com isso?

A nutricionista da Reitoria do IFSC, Karine Andrea Albiero, deu dicas aqui de de como se alimentar bem na pandemia e ter uma mente saudável.

Os malefícios do sal e do açúcar

O sal e o açúcar são amplamente utilizados como realçadores de sabor aos alimentos, e o uso frequente e descontrolado desses ingredientes está relacionado à causa de sérios problemas de saúde. Para uma alimentação equilibrada e saudável, necessitamos atentar para a dosagem no consumo desses produtos.

A nutricionista Gislaine Pereira Candido, do Câmpus Araranguá, preparou um conteúdo sobre os malefícios do sal e do açúcar e como podemos substituí-los para ter uma alimentação mais saudável. Veja aqui.

Como organizar e guardar alimentos?

Nossa nutricionista Karine também deu dicas para organização da geladeira e dos armários para que você possa garantir um melhor aproveitamento dos alimentos. Leia aqui.

Alimentos e pandemia

Desde que o novo coronavírus chegou mudando a nossa vida, já produzimos aqui no IFSC alguns conteúdos relacionados à alimentação na pandemia.

Vamos relembrá-los:

-> Episódio do podcast Ciência para seus ouvidos sobre O papel dos alimentos no enfrentamento da pandemia
-> Post aqui no Blog do IFSC sobre segurança dos alimentos em tempos de coronavírus
-> Post no IFSC Verifica respondendo sobre a possibilidade de prevenção do coronavírus por meio da alimentação

E tem mais….

Cartilha sobre PANCs

No ano passado, como parte do Programa de Segurança Alimentar do Estudante, a Diretoria de Assuntos Estudantis do IFSC, a DAE, lançou uma cartilha digital sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais, conhecidas como PANCs.

Já ouviu falar de PANCS?

Além de apresentar algumas PANCs, o material traz exemplo de receitas que podem ser feitas com plantas comestíveis. Clique aqui para acessar a cartilha.

Inclusive, a IFSCTV já fez reportagem sobre as PANCs:


Receitas saudáveis para crianças (e adultos)

Um grupo de trabalho do Câmpus Florianópolis-Continente já lançou dois livros com receitas saudáveis, saborosas, criativas e de baixo custo pensando nas crianças - mas que, com certeza, vão agradar muitos adultos.

Capa do livro Aventuras na Cozinha

Conheça mais sobre o projeto aqui e veja as receitas nos links abaixo.

-> Acesse aqui o livro “Aventuras na cozinha: descobrindo sabores”
-> Acesse aqui o livro  “Aventuras na cozinha da escola”

Programa Saberes & Sabores da IFSCTV

Em 2015, a IFSCTV fez um programa com seis episódios mostrando o melhor do curso superior de tecnologia em Gastronomia do Câmpus Florianópolis-Continente com receitas e técnicas. Assista aqui.

Cursos de Alimentos

Apesar de não ter curso de Nutrição, temos no IFSC cursos que envolvem essa temática e, por isso, temos muitos projetos e conteúdos sobre o assunto - enão caberia tudo neste post. ??

Só no Câmpus Florianópolis-Continente, por exemplo, além do curso de Gastronomia, temos os cursos técnicos de Panificação, de Confeitaria e de Cozinha. Em outros câmpus, temos o curso técnico integrado em Alimentos e o curso superior de tecnologia em Tecnologia de Alimentos. Também oferecemos o cursos de qualificação de Boas práticas para Manipuladores de Alimentos.

Se você se interessa em estudar sobre alimentos, acesse nosso Guia de Cursos e pesquise mais sobre essas opções.

Gostou deste post? Deixe um comentário. Tem alguma dúvida sobre o IFSC? Quer sugerir algum assunto? Mande um e-mail para blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do Blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Você sabe como é a estrutura organizacional do IFSC?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 14 out 2020 12:06 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:47

Sabemos que somos uma instituição complexa e é por isso que não nos cansamos de explicar melhor o que fazemos e como funcionamos. Há umas semanas, quando completamos 111 anos, fizemos um post para nos apresentar melhor.

Agora cá estamos para falar sobre a nossa estrutura organizacional. E, quando vamos explicar sobre a gente, precisamos recorrer ao nosso querido PDI, o Plano de Desenvolvimento Institucional. Como já dissemos, o PDI é o instrumento de planejamento e gestão do IFSC que considera a identidade da instituição para o estabelecimento de objetivos, metas e estratégias para suas ações em um horizonte de cinco anos.

-> Acesse aqui o PDI 2020 - 2024 do IFSC

No segundo capítulo do nosso atual PDI - que vale de 2020 a 2024 -, você encontra uma apresentação geral, digamos assim, da nossa instituição para a sociedade, com o resumo da nossa estrutura organizacional e destaque para nossos órgãos colegiados.

Não é o PDI que define essa nossa estrutura, já que ela foi consolidada a partir de outros documentos como a Lei nº 11.892/2008 que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e criou os Institutos Federais, portarias do Ministério da Educação, além dos próprios estatuto e regimento do IFSC.

-> Veja os documentos norteadores do IFSC

Conheça a estrutura organizacional do IFSC

O IFSC é uma instituição pública federal vinculada ao Ministério da Educação - o MEC -, por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, a Setec. O fato de sermos uma autarquia significa que temos autonomia administrativa, patrimonial, financeira, didático-pedagógica e disciplinar.

Assim como algumas empresas têm uma matriz e suas filiais, nós nos organizamos em uma estrutura multicâmpus, formada por uma Reitoria, 21 câmpus, um câmpus avançado, um Centro de Referência e um Polo de Inovação.

-> Por que escrevemos câmpus e não campus?

A Reitoria é o órgão executivo de Administração Geral. Cabe a ela portanto a administração geral do IFSC, assessorada pelo Colégio de Dirigentes e pelo Conselho Superior. Além disso, e a Reitoria que faz a supervisão da execução das políticas de gestão educacional, de pessoal, orçamentária, financeira e patrimonial, visando ao aperfeiçoamento, ao desenvolvimento e à excelência das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Mas falar de “Reitoria” é estranho, não? Afinal, por trás dessa estrutura temos pessoas fazendo de fato o trabalho. No caso da Reitoria, os cerca de 200 servidores que temos atualmente trabalham no Gabinete da Reitoria e em cinco pró-reitorias:

- Pró-Reitoria de Administração
- Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional
- Pró-Reitoria de Ensino
- Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas
- Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação

Nossos outros 2,4 mil servidores - entre docentes e técnicos administrativos - trabalham nos 22 câmpus que o IFSC têm espalhados por todas as regiões de Santa Catarina.

-> Conheça os câmpus do IFSC

Mapa do IFSC


Qual a diferença entre câmpus e câmpus avançado?

Dos nossos 22 câmpus, um deles - o Câmpus São Lourenço do Oeste - é considerado um câmpus avançado. O que isso significa?

Segundo uma portaria do MEC, o câmpus é “voltado ao exercício das atividades permanentes de ensino, pesquisa aplicada, inovação e extensão e ao atendimento das demandas específicas nesse âmbito, em sua área de abrangência territorial”. Já o câmpus avançado é “vinculado administrativamente a um câmpus ou, em caráter excepcional, à Reitoria, e destinado ao desenvolvimento da educação profissional por meio de atividades de ensino e extensão circunscritas a áreas temáticas ou especializadas, prioritariamente por meio da oferta de cursos técnicos e de cursos de formação inicial e continuada”.

No caso do Câmpus São Lourenço do Oeste, ele é ligado ao Câmpus São Miguel do Oeste.

-> Quais as atribuições do reitor e do diretor-geral de câmpus?

Outras estruturas do IFSC

Além da Reitoria e dos câmpus, ainda temos um Centro de Referência que é o Cerfead. O Centro de Referência em Formação e Educação a Distância é uma diretoria vinculada à Pró-reitoria de Ensino que atua na implementação e consolidação da Política de Formação do IFSC. Por meio deste centro, conseguimos atuar para além dos municípios atendidos pelos nossos 22 câmpus.

E temos também um Polo de Inovação. Um polo de inovação é destinado ao atendimento de demandas das cadeias produtivas por Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e à formação profissional para os setores de base. No nosso caso, temos o Polo de Inovação Embrapii - IFSC, vinculado à Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que atua na área de Sistemas Inteligentes de Energia e fica situado no Câmpus Florianópolis.

A macroestrutura organizacional do IFSC

Apenas lendo dessa forma, pode ficar difícil de visualizar nossa macroestrutura organizacional.  Mas veja se assim fica mais fácil de entender:

Macroestrutura do IFSC em tópicos conforme o PDI


Órgãos colegiados do IFSC

Tendo a democracia como um de nossos valores, pautada pelos princípios de liberdade, participação, corresponsabilidade e respeito à coletividade, é importante destacar que, embora tenhamos lideranças no papel de reitor e diretores-gerais de câmpus, nossa instituição funciona também a partir de órgãos colegiados. Quando falamos de órgãos colegiados queremos dizer espaços com representantes de vários segmentos, como alunos, técnicos administrativos, docentes, egressos e sociedade.

Nossos principais órgão colegiados e que você já deve ter lido em algum de nossos canais são o Conselho Superior - Consup - e o Colégio de Dirigentes - Codir.

O Consup é tão importante que já ganhou um post só dele aqui no blog, afinal, é nosso órgão máximo. Leia aqui! Este conselho tem caráter consultivo e deliberativo, ou seja, tem autoridade para tomar decisões para a instituição. E todas essas decisões são feitas por meio de votação entre seus membros - que são eleitos e representam alunos, servidores e comunidade.

Já o Codir é um órgão de apoio ao processo decisório do IFSC, de caráter consultivo, composto pelo reitor, pelos pró-reitores e pelos diretores-gerais dos câmpus. É o Codir que discute questões administrativas, econômicas, orçamentárias, financeiras e sobre relações sociais, de trabalho e de vivência. O calendário de ingresso e critérios para distribuição do orçamento anual são dois exemplos de assuntos que passam pelo Codir. Sua estrutura, funcionamento e competências podem ser consultados no Estatuto do IFSC.

Cada um tem seu papel

Além desses dois órgãos, temos ainda o Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas (CDP), o Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), a Comissão Própria de Avaliação (CPA), a Unidade de Auditoria Interna (Unai) e os Órgãos de Assessoramento das Diretorias-gerais - que são os colegiados dos câmpus.

Cada parte da nossa estrutura está descrita no capítulo 2 do nosso PDI. Leia aqui se quiser.

É uma estrutura bem complexa para poder dar conta do tamanho da nossa instituição.

-> Veja o post em que mostramos o IFSC em Números

E mais complexo do que mostrar nossa estrutura é fazer com que ela funcione.

Imagem de trabalho em equipe

Para isso, é preciso um trabalho de equipe e de pessoas comprometidas com a missão do IFSC

Promover a inclusão e formar cidadãos, por meio da educação profissional, científica e tecnológica, gerando, difundindo e aplicando conhecimento e inovação, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e cultural.

Inclusive, nossos alunos podem participar da nossa gestão. De tempos em tempos, temos eleições para órgãos com representações estudantis.

-> Representações estudantis no IFSC: veja como participar

Fora isso, os próprios movimentos estudantis ou representações de turma são formas de você participar ativamente dos debates e nos ajudar a fazer sempre um IFSC melhor.

Gostou deste post? Deixe um comentário. Tem alguma dúvida sobre o IFSC? Quer sugerir algum assunto? Mande um e-mail para blog@ifsc.edu.br.

Receba os posts do blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Como organizar uma rotina de estudo

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 07 out 2020 15:54 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:47

Quando o ano letivo de 2020 começou lá em fevereiro, fizemos um post com dicas para organizar seus estudos. Quem poderia imaginar que, um mês depois, a nossa vida mudaria tanto e que estaríamos desde então em atividades não-presenciais, a sigla ANP que entrou de vez no nosso vocabulário?

Nós e nossos alunos tivemos que nos adaptar a esse sistema de estudo e, para algumas pessoas, estudar em casa pode ser mais desafiador. Pensando nisso, a equipe da Coordenadoria Pedagógica do nosso Câmpus São Miguel do Oeste organizou uma nova versão, digamos assim, de dicas para organizar seus estudos pensando no momento que estamos vivendo agora. ??

Se você é desses que fica perdido diante de tantas atividades, este post pode te ajudar. Aliás, só de você estar lendo este post já é um ótimo começo! ;)

DIcas para te ajudar a organizar as tarefas em tempos de ensino remoto

1) Tenha uma agenda

Fazer anotações na agenda de forma adequada é uma boa estratégia para realizar as atividades propostas.

2) Escolha o tipo de agenda que melhor funciona pra você

Pode ser a velha agenda de papel ou o mais novo aplicativo do celular. Não importa! Experimente a forma que facilita a sua rotina.

Além da própria agenda do seu celular, há diversas opções de aplicativos com calendário de provas, grade de aulas, notas e tudo mais para você não se perder. É só baixar! Você também pode usar a agenda digital do Google, que todos os nossos alunos têm acesso usando o e-mail @aluno.ifsc.edu.br, como falamos neste outro post aqui.

3) Tenha a agenda com você durante as aulas

Logo no início da aula on-line, abra a agenda - se for de papel - e deixe-a sobre a mesa. Se for uma agenda digital, lembre-se de ir digitando as informações e lembretes ao longo da aula para não esquecer.

4) Escolha uma única página do mês ou área para registrar provas e trabalhos

Registros feitos em páginas diferentes podem levá-lo(a) a esquecer alguma tarefa.

5) Destaque as atividades que já foram realizadas

Se sua agenda for de papel, use uma caneta marca-texto. Muitos aplicativos também têm essa funcionalidade de destaque. As vantagens de usar um marca-texto são não perder tempo olhando o que já foi feito, identificar rapidamente o que ainda falta fazer e ficar motivado ao ver o quanto você já fez.

6) Quando perder uma aula, vá atrás do conteúdo

Sabemos que a rotina de estar em casa, muitos estudando e trabalhando, não é fácil e que, às vezes, você pode não conseguir acompanhar uma aula ao vivo. Caso você tenha que “faltar”, procure os canais que o professor utiliza para informar as atividades ou um colega para saber quais foram as tarefas solicitadas pelo professor. Coloque-as em dia para aproveitar bem a correção das atividades e evitar o prejuízo em notas.

7) Organize suas tarefas

Tenha sempre uma lista das suas tarefas a serem feitas. Divida-as por prioridade ou contexto. Crie blocos de tempo específicos para fazê-las e não faça nada menos que o planejado. É importante estabelecer metas diárias de estudo e cumpri-las.

8) Monte um cronograma de estudos

Pode até parecer mais trabalhoso, mas, com ele, você evita a procrastinação, não se perde na rotina, aumenta o foco e consegue ser mais disciplinado.

E não precisa ser nada muito elaborado. Veja esse exemplo de um quadro simples feito num editor de texto.

Exemplo de cronograma de estudos feito no Word

Aliás, você sabia que aluno(a) do IFSC, além das ferramentas do Google (como o e-mail, agenda e Google Drive com armazenamento ilimitado, tem acesso à versão on-line dos aplicativos da Microsoft Office gratuitamente? E mais alguns outros serviços...

-> Veja todos os serviços gratuitos que nossos alunos podem acessar.

9) Estude sempre no mesmo lugar da casa

Organize seu espaço, deixe-o com a sua cara. Afinal, pelo menos até o final do ano o IFSC segue com atividades não-presenciais. E você não quer passar mais dois meses estudando num ambiente zoneado, né?

Conforto também é fundamental. A iluminação do ambiente não deve ser muito forte nem muito fraca para não atrapalhar sua visão. A forma como você senta também pode fazer a diferença não só para o seu corpo, mas para o seu desempenho.

Esta é a posição ideal para você estudar:

Ilustração mostrando a postura ideal para estudar

10) Faça pausas para descansar entre os estudos e respeite seus limites

Aliás, lembre-se de movimentar o corpo. Já fizemos um post aqui sobre como se manter ativo durante o distanciamento social.

11) Fique longe das distrações

Hora da aula é hora da aula. Sabe aquela regrinha básica de não pegar o celular na sala quando o professor está falando? O mesmo vale para o estudo em casa. Não se engane!

O professor pode até não ver você no meio da aula dando aquela espiada nas mídias sociais… mas cada curtida pode te distrair e fazer você não entender o conteúdo.

Avise as pessoas da casa e também aos amigos que você vai estudar para evitar interrupções. Desabilitar as notificações do celular durante as aulas pode ser uma boa!

12) Disciplina é a palavra-chave

Não desista! Nem todos os dias serão produtivos, nem sempre você terá a disposição para estudar. Sabemos que não está fácil… Mas persistir e seguir uma rotina pode ajudar a tornar o caminho mais tranquilo.

#IFSCemCasa

Para finalizar, compartilhamos uma frase do tenista norte-americano Arthur Ashe que a equipe da Coordenadoria Pedagógica do nosso Câmpus São Miguel do Oeste nos passou:

“Comece onde você está, use o que você tiver e faça o que você puder.”

Lembre-se que, se precisar, estamos aqui. Entre em contato com o Núcleo Pedagógico do seu câmpus.

-> Como não pirar com o coronavírus?
-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?

Receba os posts do Blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui.  Veja aqui tudo o que já publicamos no Blog do IFSC.

 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Setembro Amarelo: lugares com atendimento psicológico gratuito

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 30 set 2020 12:42 Data de Atualização: 30 set 2020 13:11

Você deve ter lido e ouvido falar bastante neste mês, que termina hoje, de prevenção ao suicídio. Isso porque desde 2014 a Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo para chamar a atenção para o tema.

Segundo dados divulgados no site oficial da campanha, todos os anos são registrados cerca de 12 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão no mundo. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais, sendo a depressão o principal motivo, seguido de transtorno bipolar e abuso de substâncias. E é justamente com o objetivo de prevenir e reduzir estes números que existe a campanha Setembro Amarelo.

O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio é lembrado em 10 de setembro, mas a campanha acontece durante todo o ano. E, especialmente em setembro, o assunto ganha mais destaque.

Cartão do IFSC sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio


Por isso, resolvemos nos juntar a esse movimento e divulgar alguns lugares com atendimento psicológico gratuito que encontramos. Receber ajuda pode salvar vidas!

Saúde mental

Cuidar da saúde mental é importante sempre, mas, agora na pandemia, em que estamos vivendo um período difícil de distanciamento social e que muitos podem também estar sofrendo com algum tipo de luto - até pela perda de pessoas queridas por Covid-19 -, a preocupação é ainda maior.


Afinal, todos tivemos mudanças drásticas no nosso cotidiano. Todos os alunos passaram a estudar de forma não presencial. Muitos trabalhadores - como no caso dos servidores do IFSC - estão trabalhando de suas casas. Aqui no Blog, já fizemos dois posts abordando a saúde mental:

-> Como não pirar com o coronavírus?
-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?

Quando é o momento de buscar ajuda profissional?

Neste post, a psicóloga do IFSC, Milena Garcia da Silva, deu algumas dicas de como lidar com esse momento de pandemia. Mas pode ser que, para algumas pessoas, não seja o suficiente. Quando a situação começa a sair do controle, pode ser o momento de pedir ajuda profissional. E como perceber isso?

Segundo Milena, se você estiver sentindo um sofrimento significativo e persistente que está interferindo na sua alimentação, no seu sono e na sua rotina, procure um profissional da área da saúde mental.

Atendimento para alunos e servidores

Em todos os câmpus, os Núcleos Pedagógicos têm trabalhado para acompanhar nossos estudantes ainda mais neste período. Encontros virtuais têm sido uma maneira de acolher os alunos. Se você estuda no IFSC, pode entrar em contato com o Núcleo Pedagógico do seu câmpus para receber orientações.

-> Núcleos pedagógicos seguem prestando orientações para alunos

No caso dos servidores do IFSC, existe o projeto Escuta Qualificada para quem quiser conversar com profissionais da área de saúde do próprio instituto. Veja aqui como fazer.

-> Saúde mental no trabalho: “precisamos pensar de forma coletiva”

​Onde encontrar atendimento psicológico gratuito?

Existem muitas opções gratuitas ou com custo social para quem busca um atendimento psicológico neste momento. O Serviço de Atenção Psicológica da UFSC fez um levantamento com diversos locais na Grande Florianópolis em que é possível encontrar ajuda. Muitos estão fazendo atendimento on-line, ou seja, mesmo que você não resida na Grande Florianópolis, pode entrar em contato.

-> Clique aqui para visualizar a relação completa de clínicas de psicologia feita pelo SAPSI/UFSC

O próprio Serviço de Atenção Psicológica da UFSC está com atendimentos a distância. Para agendar, é preciso enviar uma solicitação pelo e-mail sapsi@contato.ufsc.br.

O Centro de Valorização da Vida, o CVV,  realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Todas as informações podem ser encontradas no site do CVV.

Outra opção são os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS). Veja aqui os endereços e os contatos dos CAPS em Santa Catarina.

Mais informações

Na semana passada, tivemos na nossa página do Facebook a live “Depressão: precisamos conversar”. Os voluntários do Centro de Valorização da Vida de Blumenau Nisael e Rubia, que também é professora do Câmpus Gaspar do IFSC, abordaram o trabalho do CVV, o movimento do Setembro Amarelo e destacaram a importância de se falar sobre os sentimentos. Para quem não acompanhou, a gravação pode ser assistida neste link.

-> Cartilha: Informações importantes sobre doenças mentais e suicídio
-> Promover a vida não pode ser um tabu: Evento on-line promovido no canal da Enfermagem do IFSC

Esperamos que este post ajude quem precise. Se é o seu caso, procure ajuda. Se você conhece alguém que parece estar precisando de ajuda, mande o link deste post e incentive a pessoa a buscar apoio - inclusive profissional se for o caso.

Para finalizar, vamos compartilhar um vídeo em que nossa professora Ângela Kirchner, do curso técnico de Enfermagem do Câmpus Florianópolis, canta uma música e transmite uma mensagem importante sobre esse tema que abordamos hoje:


E se você conhece mais algum lugar aqui no nosso estado de Santa Catarina que está oferecendo atendimento psicológico gratuito ou projetos que oferecem apoio neste momento para que a gente possa manter nossa saúde mental, compartilhe com a gente nos comentários.

Receba os posts do Blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Aniversário do IFSC: vamos nos conhecer melhor?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 23 set 2020 11:52 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:48

Nesta quarta-feira, 23 de setembro, comemoramos o nosso aniversário.

Bolo com velas acesas

111 anos não é para qualquer um, não é mesmo? Vamos combinar que alguém com tanta idade tem muita história para contar.

-> Navegue na nossa linha do tempo

A gente escreve a nossa história todo dia com você. E ver nossos alunos nos deixando fazer parte das suas histórias nos emociona. Sério mesmo!

Eu sei que tem quem nos conhece muito bem, mas muitos não sabem tanto assim e achamos que seria um momento bacana para nos apresentarmos. E nada melhor para nos apresentar do que falar do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional, que é um dos nossos documentos norteadores.

O que é o PDI?

O PDI é a sigla (já falamos das nossas inúmeras siglas neste post ??) para Plano de Desenvolvimento Institucional, que é o instrumento de planejamento e gestão do IFSC que considera a identidade da instituição para o estabelecimento de objetivos, metas e estratégias para suas ações em um horizonte de cinco anos.

Mas calma que não vamos falar do documento inteiro neste post ??, se não faríamos aniversário de novo e a gente ainda estaria aqui escrevendo. Hoje vamos abordar apenas o primeiro capítulo.

Como o PDI é feito?

Antes de entrar nele, só deixa a gente te contar como o PDI é feito. Na verdade, vamos relembrar, porque já falamos sobre esse processo aqui no ano passado, na época em que o nosso atual PDI estava em construção.

O PDI que temos hoje vale de 2020 a 2024. O documento sempre é feito pensando em um planejamento de cinco anos. A atual versão foi aprovada em março pelo Conselho Superior do IFSC.

-> Acesse aqui o PDI 2020-2024

Assista ao vídeo abaixo em que explicamos de forma resumida como foi a construção deste PDI e como ele está estruturado:

 

Foco no capítulo 1: Perfil institucional

Como hoje nossa intenção é nos apresentarmos melhor, nada melhor do que concentrar a sua atenção no capítulo 1 do PDI que trata do nosso Perfil Institucional e sintetiza nosso marco legal, histórico, abrangência, áreas de atuação e indicadores do porte da instituição, além de mostrar nossas declarações de Missão, Visão e Valores.

Neste primeiro capítulo, você encontra as seguintes informações do IFSC:

- Histórico
- Finalidades e Objetivos
- Missão, Visão e Valores
- Cadeia de Valor
- Áreas de Atuação Acadêmica
- IFSC em números

-> Clique aqui para ler o capítulo completo

Aliás, tem alguns pontos aí que são novidades. Incluímos a Inovação e o Respeito nos nossos valores. Era algo que já tínhamos no nosso dia a dia, mas achamos importante oficializar.

A Cadeia de Valor, que elaboramos em 2018, passou a compor o PDI a partir dessa edição. Ela é uma representação lógica e sistemática dos processos que a instituição realiza para cumprir a sua missão, gerando valor público para os alunos e para a sociedade. A cadeia apresenta também qual é a proposta de valor que desejamos entregar para esses públicos.

-> Clique aqui para conhecer a Cadeia de Valor

Pode parecer complexo, mas é algo bem legal! (tá, somos suspeitos para falar… ☺️) É uma forma sintética de apresentar o que fazemos, que demonstra como todas as atividades e pessoas se integram e os esforços se convergem para um propósito comum: a prestação de um serviço público de valor para os alunos e a sociedade. Nessa parte, você vai conseguir ver a instituição como um todo, sem as divisões da estrutura organizacional, focando nas atividades realizadas para o aluno e para a sociedade.

Quando um aluno se forma, por exemplo, o mérito não é só do professor, mas da área de Compras que não deixou faltar insumos para as aulas práticas, da área de Contratos que manteve o ambiente limpo e seguro por meio dos contratos de limpeza e segurança, e assim por diante. Como sempre falamos, por trás desta marca bate um coração que pensa muito em como pode transformar a sua vida e ajudar a melhorar o nosso Brasil! ??

A parte que apresentamos o IFSC em números também é nova:

Tabela com números do IFSC

Não é incrível ver o nosso crescimento e a nossa expansão desta forma? ??

Esses dados todos também podem ser consultados, usando filtros e com mais detalhes, na Plataforma Nilo Peçanha, que traz os números da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica em todo o país. Clique aqui para acessar.

-> Também já fizemos um post falando sobre os principais números do IFSC no último ano

O IFSC é uma universidade?

E já que estamos falando melhor quem somos não poderíamos deixar de responder uma pergunta que muito nos é feita. Afinal, o IFSC é tipo uma universidade? ??

Não, somos diferentes. Temos uma identidade única! Apesar de tanto nós como as universidades sermos autarquias federais, possuímos atuações diferentes. Uma universidade federal tem como foco a oferta de cursos superiores (graduação e pós-graduação). Já os institutos federais, que é o nosso caso, atuam na formação básica, técnica e tecnológica, oferecendo também cursos de qualificação, técnicos, de graduação e de pós-graduação (por lei, metade de nossa oferta tem que ser de cursos técnicos, por exemplo). Somos uma instituição histórica com um papel social importante a cumprir no mundo do trabalho, formando pessoas para que possam exercer suas profissões, de todas as classes, de todas as idades.

E não custa lembrar que nós não somos o IFC e não temos câmpus em Brusque rsrs

-> IFSC e IFC: é tudo a mesma coisa?

Mais uma coisa: a gente escreve câmpus com acento mesmo.

-> Câmpus, campus ou campi?

Não é um documento de gaveta

Essa é apenas uma parte do nosso PDI. Tudo o que você quiser saber dele está nesta página ->  https://www.ifsc.edu.br/pdi

Quem pensa que o trabalho acabou agora que o documento foi concluído e lançado está muito enganado. Agora é que o bicho pega!

O PDI deve ser um documento vivo, um fio condutor de toda a ação institucional. Por isso, é importante que não só os nossos servidores, mas os estudantes do IFSC e a comunidade externa acompanhem a sua execução e nos ajudem a colocar tanta palavra em prática.

Se você tiver alguma dúvida ou quiser mais informações relacionadas ao PDI, mande e-mail para pdi@ifsc.edu.br.

Esperamos com este post ter conseguido explicar um pouco melhor quem somos, afinal, a gente só pode gostar realmente de quem a gente conhece. Sabemos que não somos perfeitos, mas todo dia acordamos pensando em como fazer o nosso melhor para que você possa ser melhor por meio da educação.

Pronto! Agora já pode comer o bolo de aniversário! rsrs

Assine o blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Desafios nos negócios: veja como nossos egressos enfrentam a pandemia

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 16 set 2020 10:00 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:48

Você se forma e está com aquela disposição pra arrebentar no mercado de trabalho… Só que aí vem uma pandemia e frustra seus sonhos. ??

Homem dizendo Oh come on

E aí? Faz o quê? Tem muita gente que fala em se reinventar. Ô palavrinha que virou moda, parece até o "novo normal". Falar é fácil, né? Mas deixar de lado a busca por um emprego para empreender ou então mudar de repente uma ideia, um negócio ou um produto pode render muitas noites de insônia. 

Por isso, trazemos nesse post alguns exemplos de profissionais formados pelo IFSC que se viram exatamente nessa situação e estão conseguindo driblar os problemas e se posicionar no mercado de trabalho em plena pandemia. E claro, pagar as suas contas! Talvez eles sejam a inspiração que estava te faltando!

Montagem com fotos de alunos egressos do IFSC

Tem a Victoria, que no início do ano estava com tudo pronto para um curso sobre cerveja. Já pensou em fazer isso virtualmente? Ela pensou e fez! A confeiteira Roberta preparava doces e bolos para festas com centenas de pessoas e de repente se viu fazendo a "festa na caixa" (Quer saber o que é? Continue lendo! ??). 

O Allan resolveu empreender justo agora em vez de ficar procurando emprego fixo e até já contratou um colega da turma, o André. A Sabrina viu sua renda com óleos essenciais triplicar ao focar nas redes sociais. 

E tem ainda o Bruno e a Jade que se formaram em Eventos. Quer área mais impactada pela Covid-19 que essa? Eles inovaram e estão com uma boa perspectiva de negócios pela frente.

Agora que já demos os spoilers, leia nosso post até o fim para se inspirar ou simplesmente admirar esses nossos ex-alunos que nos enchem de orgulho. ??

"Festas na caixa" e foco nas redes sociais

Formada em 2019 no curso de Confeitaria do Câmpus Florianópolis-Continente, Roberta Scaim conseguiu realizar o sonho de agregar mais conhecimento ao que ela sempre fez com muita paixão: cozinhar, principalmente doces. Fez muitos bolos enooooormes para casamentos e aniversários, docinhos e salgadinhos para comemorações de todo tipo, mas com a pandemia e o cancelamento dos eventos, teve que se adaptar. Aí veio a ideia da festa na caixa. No vídeo abaixo, ela explica o que é isso e também como tem conquistado muitos clientes usando Instagram, WhatsApp e mecanismos de busca. 

 

Inovação em eventos

O setor de eventos foi um dos mais prejudicados nessa pandemia, se não o mais afetado… No Brasil, a Associação Brasileira de Eventos - a Abrafesta - calcula uma queda de 90% nos serviços.

Arte com fundo amarelo dizendo que setor de eventos teve queda de até 90% dos serviços

Para Bruno Ribas e Jade Sagae, formados pelo IFSC em 2018 no curso técnico em Eventos do Câmpus Florianópolis-Continente, a situação foi ainda pior: TODOS os eventos que estavam organizando foram cancelados ou adiados. ??

Aí eles decidiram inovar e criaram uma startup em que não ficam restritos a organizar os eventos. Sabe qual foi a sacada? Analisar os dados para os clientes. 

Bruno nos explicou que, por meio da plataforma de streaming e de aplicativos, consegue fazer correções de rotas. Por exemplo, durante o evento ele consegue analisar chats, sentimentos, e entender o que o participante está querendo, em que está se engajando e até orientar o palestrante e o mestre de cerimônia para conduzir e fomentar enquetes para se ter mais dados do participante - um produto mais refinado e quem tudo para conquistar mercado. No vídeo, eles explicam mais como funciona:

 

 

Aulas virtuais para apaixonados por cerveja

Quando se fala em cerveja é claro que um curso prático parece ser muito mais interessante do que um curso teórico. Mas fazer o que se a pandemia chegou e atrapalhou todo planejamento de Victoria Luiza Schelbauer de Lima para a oferta do seu primeiro curso de qualificação sobre o mundo cervejeiro? Adaptar o cronograma e o conteúdo para um curso on-line foi a solução encontrada pela tecnóloga em Alimentos que, em abril, deu início à primeira turma do seu programa Expert Cervejeiro, com aulas virtuais para funcionários de choperias e cervejarias e apaixonados por todo o universo que envolve a cerveja.

Formada pelo Câmpus Canoinhas no curso técnico em Agroindústria e no superior de tecnologia em Alimentos e concluinte da especialização em Tecnologia de Bebidas Alcoólicas no Câmpus Urupema, Victoria é apaixonada pela área e busca transmitir para os outros a sua paixão. Ela nos contou que gosta muito das histórias que estão por trás de cada bebida, dos processos complexos de produção e das experiências que resultam nas pessoas, enquanto comemoração, alegria e união.

Aluna Victoria segurando um copo de cerveja e com uma frase dizendo estude cerveja 

Todo esse contexto ajudou na estruturação do curso, indicado para iniciantes. São cinco módulos com vídeos que abordam a história da cerveja no mundo e no Brasil, matérias-primas do processo cervejeiro, fabricação de cerveja artesanal, escolas cervejeiras e curiosidades. 

Pandemia antecipa planos para abrir empresa de soluções elétricas 

Com a pandemia, postos de trabalho foram fechados e muitas pessoas viram no empreendedorismo uma forma de voltar a se inserir no mercado. Foi o que aconteceu com Allan de Souza, com formação técnica em Eletroeletrônica pelo Câmpus Itajaí. Ele cursa atualmente Engenharia Elétrica no câmpus e estava fazendo um estágio em uma empresa pública, mas percebeu que seria um momento difícil para encontrar um emprego e resolveu criar uma empresa para atuar enquanto técnico. Assim, seria uma forma de entrar nas empresas como um prestador de serviço. 

Depoimento do egresso Allan  

A empresa criada por Allan oferece uma série de serviços, como projetos elétricos prediais e industriais, de segurança do trabalho e de soluções em energia solar e foi contratada recentemente para auxiliar na fabricação de cabines de desinfecção de ozônio, que são utilizadas para desinfecção de pessoas. Ele nos contou que é o responsável por trabalhar no acionamento das motobombas e de fazer a automação do sistema das cabines de desinfecção de ozônio. 

Allan nos disse que a procura pelas cabines de desinfecção é alta e que, para atender a demanda de trabalho, já precisou contratar um estagiário. Ele escolheu o também estudante da terceira fase da Engenharia Elétrica do Câmpus Itajaí, André Espíndola. Assim como o Allan, André é técnico em Eletromecânica. “Por conta do trabalho, eu estou aprendendo uma série de conceitos da eletrônica que eu só veria no final da faculdade, tem sido uma experiência muito boa”, explica André. 

Faturamento triplicou durante a pandemia

Formada no curso técnico em Administração do Câmpus Gaspar, Sabrina de Souza atua como consultora de bem-estar e trabalha com a venda de óleos essenciais. Antes da pandemia, ela promovia reuniões e palestras para apresentar os produtos, mas  muitas vezes marcava e ninguém aparecia…

Meme com homem frustrado

Aí ela engravidou e quando ia voltar às vendas veio a pandemia. Decidiu então que estava na hora de rever seu negócio e começou a investir em impulsionamento no Facebook e no Instagram. E não é que deu super certo! O faturamento já triplicou em relação ao ano passado. Atualmente, ela vende cerca de 40 kits de óleos essenciais por mês.

Sabrina nos contou que a demanda pelos produtos aumentou muito durante a pandemia. Ela acredita que pelo fato de as pessoas estarem mais em casa e terem mais tempo para pesquisar sobre os óleos essenciais. E recebe também muitos pedidos de mães que estão buscando formas de acalmar as crianças em casa, fazer com que elas se concentrem nos estudos e formas de melhorar a imunidade dos filhos.

Veja só a explicação da Sabrina que acha que ter feito o curso técnico foi fundamental para sua formação:

“Se não fosse pelo curso, o meu sucesso não teria sido tão grande. Nas aulas de marketing, eu aprendi a me colocar no lugar do consumidor e isso ajuda muito na relação com o cliente. Aprendi também questões referentes à administração financeira da empresa, o que me ajuda muito no dia a dia. Eu tenho até vontade de fazer o curso técnico em Administração de novo.”

Dicas para quem quer empreender

E aí? Conseguimos com esses exemplos mostrar a necessidade de adaptar produtos e serviços para o momento que estamos vivendo e ficar atento na hora de empreender? Para ajudar quem se vê nessa situação, conversamos com a professora da área de gestão e negócios do Câmpus Gaspar, Bárbara Sabino, que nos explicou que para empreender é preciso identificar aquilo que se gosta de fazer e aquilo que se faz bem. Se liga nas dicas da nossa professora:

1) Defina o produto a fornecer ou serviço a prestar concentrando-se naquilo que você é elogiado por amigos e familiares por fazer bem, ou seja, que você é uma referência.

2) Identifique o público-alvo: onde está geograficamente, qual é seu perfil, qual é sua renda, seu estilo de vida e seu comportamento de compra.

3) Defina estratégias de marketing pensando no produto (em suas características), na praça (em como será a distribuição e a entrega do produto ou serviço aos clientes), no preço e na promoção (de como será a divulgação do produto ou serviço).”

A professora também nos passou dicas para quem precisou se adaptar durante a pandemia porque atua em um setor que foi fortemente afetado:

- Reflita se as pessoas ainda querem comprar o que a empresa vende;

- Será que as as pessoas sabem o que a sua empresa vende? Aproveite este período para manter a sua marca na lembrança dos consumidores porque assim que a normalidade voltar, venderá mais a marca que estiver ocupando seu espaço na mente (posicionamento) das pessoas.

Assista às dicas da nossa professora:
 

 

Se você se formou pelo IFSC e conseguiu se adaptar ou empreender durante a pandemia, conte sua história pra gente. É só enviar um e-mail para:  blog@ifsc.edu.br.

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Um ano de Blog do IFSC

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 09 set 2020 10:43 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:49

Nesta semana completamos um ano de Blog do IFSC

Menino celebrando

Passou muito rápido pra gente, mas foi lá no dia 4 setembro de 2019 que publicamos nosso primeiro post nos apresentando. Alguém nos acompanha desde o início? 

Mulher emocionada

Como explicamos no nosso post de apresentação, criamos este canal para nos aproximarmos ainda mais de você. A nossa ideia sempre foi explicar melhor quem somos, o que fazemos e o que temos a oferecer utilizando uma linguagem mais descontraída e informal - o que não significou deixar de tratar de assuntos sérios e confiáveis, não é mesmo? ??

Chegamos aqui com 50 posts publicados. Falamos de orçamento, edital, LGBTQIA+ e, claro, de coronavírus - afinal, também fomos pegos de surpresa por essa pandemia que bagunçou nossas vidas. Sabia que em fevereiro planejamos todos os nossos posts para 2020? Nem precisamos dizer que, um mês depois, tivemos que replanejar tudo nos adaptando ao novo contexto e pensando no que seria relevante trazer para você nesse momento. ??‍♂️

Para marcar nosso primeiro ano, resolvemos fazer uma retrospectiva dos posts mais acessados. Prepare-se para nosso top 10!

1.  Coronavírus: perguntas e respostas sobre as medidas adotadas pelo IFSC
-> Clique aqui para ler o post

Somos suspeitos pra falar, mas todos os conteúdos que fazemos são úteis. Mas preparamos alguns posts num estilo mais de serviço para facilitar a sua vida. Este que foi o post mais acessado do blog foi feito justamente para esclarecer as dúvidas sobre medidas adotadas pelo IFSC durante esta pandemia. 

Aliás, este é um post que, apesar de ter sido em 18 de março, na primeira semana que entramos em distanciamento social e logo que nossas atividades passaram a ser feitas a distância, ele segue sendo atualizado sempre que novas orientações são dadas.

-> Acesse a página do IFSC que reúne as informações sobre as medidas do IFSC em relação à Covid-19

2. De onde vem o dinheiro do IFSC?
-> Clique aqui para ler o post

Ano passado enfrentamos um corte orçamentário, um movimento que a educação pública no Brasil já vem passando nos últimos anos. Sempre que se fala em recurso público, escutamos algumas falácias ou dúvidas mesmo que demonstram um desconhecimento do nosso funcionamento. Como estamos cortando serviços terceirizados e, às vezes, bolsas da assistência estudantil, mas temos dinheiro para fazer obras por exemplo? ??

Explicar o orçamento do IFSC é tão complexo que a gente teve que fazer dois posts. O primeiro foi justamente esse que ficou entre os mais lidos. Para ler a segunda parte, clique aqui.

3. Como se preparar para o Exame de Classificação do IFSC?
-> Clique aqui para ler o post

Fizemos este post para a prova de seleção para nossos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio que ocorreu em outubro do ano passado. Como a estrutura da prova é a mesma, é um post fundamental para quem pensa em estudar no IFSC. (menos agora na pandemia já que o exame foi suspenso e a forma de seleção será por sorteio público ??).

De toda forma, quando no futuro voltarmos a ter nossos exames, com certeza, este é um post para ser revisitado.

4. Quem está na gestão do IFSC agora? Entenda o que está acontecendo
-> Clique aqui para ler o post

Estamos vivendo uma situação atípica no IFSC que é a nomeação de um reitor pro tempore. Neste post, explicamos os fatos que geraram muita confusão na comunidade interna e externa.

Quando a gestão pro tempore completou um mês, fizemos um novo post atualizando os acontecimentos e estamos ainda na mesma situação há quatro meses. 

5. Serviços que o IFSC te oferece e você nem sabia
-> Clique aqui para ler o post

Como não amar uma instituição que te oferece um monte de coisa que você nem sabia, hein? ?? Foi mal a pouca modéstia, mas o sucesso deste post nos leva a crer que muitos também gostaram. rsrs

Se você ainda não leu este post, não sabe o que está perdendo. 

6. Coronavírus: conheça os serviços assistenciais a que você pode recorrer
-> Clique aqui para ler o post

Mais um post de utilidade pública com informações bem importantes sobre os recursos assistenciais que estão disponíveis neste momento. Quem nos ajudou a fazer esse conteúdo foram as assistentes sociais do Fórum de Serviço Social do IFSC. 

7. IFSC e IFC: é tudo a mesma coisa?
-> Clique aqui para ler o post

Desconfiamos que este é um post que será sempre um dos mais lidos considerando a quantidade de vezes que seguimos respondendo isso nas mídias sociais (e até para os jornalistas que nos procuram e para as tias dos nossos servidores ??). Vai fazer 12 anos que nos tornamos Instituto Federal e precisamos sempre explicar que temos dois institutos federais em Santa Catarina e que nós somos o IFSC e não o IFC (e que não temos câmpus em Brusque).

Se isso ainda te confunde, por favor, leia este post! Nunca te pedimos nada! ??

-> E se você estranhou que escrevemos câmpus com acento e não campus, leia este post!

8. Como se manter ativo durante o distanciamento social
-> Clique aqui para ler o post

Ficamos felizes pelo interesse do pessoal em praticar atividade física em plena pandemia. Como explicamos neste post, é muito importante para nossa saúde.

Também já fizemos dois posts sobre cuidados com a saúde mental na pandemia:

-> Como não pirar com o coronavírus?
-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?

9. Atividades não presenciais X Educação a distância: é tudo a mesma coisa?
-> Clique aqui para ler o post

Se você estuda no IFSC, deve já ter sonhado com a sigla ANP de tanto que falamos dela desde o início da pandemia. Este post foi feito justamente para explicar do que se trata e se é a mesma coisa que a nossa já querida EaD.

-> Se você se assustou com a sigla ANP, sugerimos ler este o post em que deciframos as siglas e os acrônimos do IFSC
-> Falando em EaD, já dedicamos um post antes desse só para falar dos nossos cursos a distância

10. Coronavírus: esclarecendo dúvidas de saúde
-> Clique aqui para ler o post

Logo no começo da pandemia, organizamos neste post diversas dúvidas que recebemos e que vimos circular sobre o coronavírus. Como esse contexto muda muito conforme os estudos científicos avançam, pode ser que alguma informação esteja desatualizada já - mas foi um post bem útil na época.

Entendendo a importância de esclarecer dúvidas do coronavírus, criamos o projeto IFSC Verifica. Se você ainda não acompanha, recomendamos nos seguir também por esse canal.


E aí? Será que nossa lista top 10 de posts mais acessados casaria com sua lista de posts preferidos?

Apesar de não estarem entre os mais acessados, temos uns posts que são nossos queridinhos. Permitam-nos relembrá-los:

-> Afinal, o que é um edital?
-> Sistemas de cotas no IFSC: como funciona?
-> LGBTQIA+: Vamos falar sobre isso?
-> No Dia da Mentira, nosso assunto é sério: desinformação e fake news

Esperamos que este seja o primeiro de muitos anos do nosso blog. Vamos sempre buscar nos manter atualizados e trazer pra cá conteúdos relevantes de acordo com o momento que estivermos vivendo.

E você pode nos ajudar a criar novos conteúdos. Se tiver alguma dúvida sobre nossa instituição, o IFSC Responde. Manda pra gente pelo e-mail blog@ifsc.edu.br. Também aceitamos sugestões de assuntos que podemos abordar por aqui.

Arte IFSC Responde com fundo verde e a frase Você pergunta, nós vamos atrás da resposta. Mande sua pergunta para blog@ifsc.edu.br

E se você quiser mandar um e-mail apenas dando a sua opinião sobre nosso blog ou um parabéns pelo nosso primeiro ano também acharíamos bem legal. ☺️ Aproveite e cadastre-se na nossa lista para receber os novos posts direto na sua caixa de entrada. 

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Como os profissionais que formamos podem ajudar na pandemia?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 02 set 2020 10:17 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:49

Desde que o coronavírus apareceu e passamos a viver nesta pandemia, milhares de profissionais estão trabalhando em inúmeras frentes para que possamos enfrentar este momento. Algumas formações têm a sua importância e necessidade mais óbvias, como é o caso de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e tantas outras da área da saúde que são fundamentais para salvar as vidas de quem foi infectado pelo SARS-CoV-2.

Mas temos diversos outros cursos que estão com um olhar especial para esta atuação em plena pandemia e após ela (sim, porque temos esperança de que ela vai chegar ao fim um dia ?? ).

-> Existe uma previsão para o fim da pandemia?

Neste post, vamos destacar para você alguns desses cursos. Conversamos com coordenadores de cursos que nos ressaltaram o papel dos nossos egressos.

Vamos lá?

Curso Técnico em Enfermagem
Câmpus Florianópolis e Joinville

Este curso entrou na nossa lista óbvia lá de cima e nem precisamos explicar a importância do técnico em Enfermagem no sistema de Saúde, não é? De toda forma, para quem tiver dúvidas, veja aqui mais informações sobre o curso e sobre a atuação desse profissional.

-> Egressos do IFSC relatam desafios na linha de frente do combate à pandemia

Aliás, nossos professores da área estão arrasando compartilhando seus conhecimentos em lives no YouTube e sendo fontes em diversos conteúdos que produzimos - destaque para o projeto IFSC Verifica.

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar
Câmpus Joinville

No curso de Gestão Hospitalar, os acadêmicos adquirem conhecimentos específicos sobre políticas públicas, epidemiologia, gestão da produção, das finanças, de pessoas, de marketing e logística que possibilitam uma visão ampliada das organizações e do sistema de saúde. Conforme a coordenadora do curso, Caroline Orlandi Brilinger, são itens imprescindíveis para o dimensionamento do impacto da crise e o desenvolvimento de soluções adequadas para o seu enfrentamento, de forma rápida e organizada, para salvar o máximo possível de vidas primando pelo bom uso do recurso público.

-> Como funciona uma Unidade de Terapia Intensiva?

Portanto, os profissionais formados pelo curso estão aptos a atuar em diferentes frentes na expansão da capacidade de atendimento exigida pela pandemia de Covid-19. Alguns exemplos em que o gestor hospitalar pode contribuir:

  • - no controle epidemiológico dos casos
  • - no gerenciamento dos leitos hospitalares
  • - nos processos de compra e distribuição de equipamentos, medicamentos, EPIs e demais insumos
  • - no dimensionamento, recrutamento e seleção das equipes de saúde

-> Planejamento, organização e gerenciamento de crise: a atuação do gestor hospitalar no enfrentamento à pandemia

Curso Superior de Tecnologia em Radiologia
Câmpus Florianópolis

O profissional tecnólogo em Radiologia possui formação para atuar nos exames que envolvem as tecnologias radiológicas. Segundo a coordenadora do curso, Juliana Almeida Coelho de Melo, trata-se de um profissional de saúde extremamente capacitado para gestão, controle de qualidade e aquisição de imagens em serviços que realizam exames de imagem para detecção de patologias.

No enfrentamento à Covid-19, nossos egressos estão na linha de frente, colaborando já na definição do diagnóstico e comprometimento da doença, seja por meio de exames de raio-X ou por exames de tomografia computadorizada, utilizados para acompanhar as lesões pulmonares decorrentes da doença. Além disso, o profissional formado nesse curso atua também no apoio ao diagnóstico dos pacientes mais críticos que se encontram em UTI e não podem se locomover até o setor de imagem.

“O profissional formado pelo IFSC conhece todas as normas de biossegurança, proporcionando um atendimento respeitoso e seguro tanto para o paciente quanto para consigo e os demais profissionais”, destaca Juliana. Quando atua na Gestão, o egresso colabora de forma direta na organização e implantação de protocolos e procedimentos operacionais com foco, nesse momento, para os atendimentos de pacientes acometidos pelo coronavírus.

Curso Técnico em Têxtil
Câmpus Araranguá e Jaraguá do Sul-Centro

O avanço da Covid-19 modificou a maneira como as pessoas tratam assuntos de saúde e higiene no seu dia a dia. A importância de manter o corpo e o ambiente ao seu redor sempre limpos e livres de microrganismos impactou a demanda por produtos que supram essa necessidade. “Temos alguns produtos têxteis que possuem funcionalidades adequadas a essas exigências”, explica a coordenadora do curso Heiderose Herpich Piccoli. “Podemos citar o tecido com acabamento antimicrobiano, que pode ser utilizado em peças de vestuário, máscaras caseiras, peças de cama, mesa e banho, entre outros”, exemplifica.

É aí que entra o profissional formado no nosso curso. O desenvolvimento do processo produtivo desses tecidos nas fábricas têxteis - desde a seleção adequada da fibra, do tipo de fio, do tipo de tecimento e de estrutura, bem como dos processos de beneficiamento, incluindo a aplicação dos produtos antimicrobianos - pode ser realizado pelo técnico têxtil. Depois que o processo já está definido, é esse profissional que supervisiona a produção desse tecido.

Além disso, o Técnico Têxtil, é o profissional que indicará quais os testes de controle de qualidade deverão ser executados para que o produto saia das fábricas cumprindo o papel projetado e quais os cuidados de conservação o consumidor deverá ter no uso e na lavagem do produto, para preservar a funcionalidade do mesmo.

Curso Técnico em Logística
Câmpus Caçador e Tubarão

Um outro setor que tem relação direta com a pandemia, mas que nem sempre percebemos, é o da logística. Alguns ramos simplesmente pararam de vender por um período, como roupas. Outros tiveram uma demanda absurda, como indústrias de máscara ou de álcool em gel. Vai dizer que você não chegou a procurar álcool em gel no início da pandemia e não encontrou...??

Nesses casos, ficou evidente a importância de uma logística estratégica feita por profissionais capacitados como os que formamos. Vejam as explicações dos professores Tatiani Fernandes Teixeira, do Câmpus Tubarão, e Eric Costa Carvalho, do Câmpus Caçador destacando o papel do técnico em logística:

 

Curso Superior em Gestão do Turismo
Câmpus Florianópolis-Continente

Quando falamos nos setores que mais sofreram os impactos da pandemia da Covid-19, o Turismo logo vem à cabeça. Cidades ficaram completamente vazias por meses. Muitos museus e parques pelo mundo tiveram que mudar a forma de visitação.

Isso porque o turismo de massa como conhecemos hoje, com grandes grupos de pessoas passando rapidamente por várias atrações, talvez não aconteça mais. Essa é a reflexão trazida pela coordenadora do curso superior em Gestão do Turismo, Fabiana Calçada de Lamare Leite. Ela acredita que pelos próximos anos o foco do turismo será na experiência, em que pessoas "vivem" um pouco dos lugares que visitam e não apenas "passam" por eles.

A tendência será valorizar as particularidades de cada local ou atração e aí o profissional do turismo, da linha de frente, vai ter que ter isso muito bem claro. “O profissional da gestão vai ter que ter a ciência de elaborar exatamente cada uma dessas necessidades, divulgações, demandas e ofertas conforme o seu perfil”, explica a professora. “Tratar cada situação como única, como individual para poder beneficiar tanto quem vai estar recebendo ou o que vai estar recebendo quanto quem vai estar visitando", completa.


A questão da higiene tende a ser ainda mais valorizada como um quesito na hora de procurar um destino ou um hotel. São questões trabalhadas no curso e discutidas com os estudantes. "É algo que não tem nos livros. Eles estão vivendo e aprendendo isso diariamente", destaca Fabiana. Os estudantes que estão conseguindo se adaptar a essa nova realidade podem se transformar em profissionais excelentes e ajudar a oferecer segurança e qualidade no turismo.

Curso Superior em Hotelaria
Câmpus Florianópolis-Continente

Seguindo regras de lotação, os hotéis e pousadas podem continuar recebendo hóspedes. A coordenadora do curso superior em Hotelaria, Fabíola Martins dos Santos, explica que os protocolos da hotelaria estão sendo alterados para garantir segurança aos hóspedes e os estudantes precisam acompanhar essas mudanças em tempo real. "O conhecimento sobre a Covid-19 e os processos estão sendo incorporados de acordo com as dinâmicas das disciplinas. A base que a hotelaria está utilizando hoje é baseada nas orientações e encaminhamentos que a Anvisa coloca, principalmente com a questão higiênico-sanitária dos ambientes", afirma.

Fabíola nos explicou que muitos protocolos utilizados na hotelaria hospitalar estão sendo trazidos para a hotelaria convencional: "O aluno que tem essa formação só tende a contribuir para que efetivamente essas práticas operacionais aconteçam dentro dos hotéis", destaca mostrando a importância do profissional formado no IFSC para este novo contexto.

 

E daria para relacionar os profissionais que formamos em todos os outros cursos de alguma forma com o atual momento.

-> Conheça os cursos do IFSC

Aliás, apenas as disciplinas que aprendemos no Ensino Médio já são bem úteis para entender melhor essa pandemia, como já explicamos neste outro post.

Seguimos por aqui cumprindo (a distância #IFSCemCasa) a nossa missão de “promover a inclusão e formar cidadãos, por meio da educação profissional, científica e tecnológica, gerando, difundindo e aplicando conhecimento e inovação, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e cultural”.

-> A ciência anda na defensiva. E o que todos nós temos a ver com isso?

Num contexto em que a Ciência, infelizmente, precisa reforçar sua importância, mostramos que a educação que oferecemos e as pesquisas que fazemos são o caminho para seguirmos crescendo e nos desenvolvendo enquanto sociedade.

Venha com a gente! ??

Gostou deste post? Deixa um comentário ali embaixo.

Cadastre-se para receber nossos posts

Se você quiser receber nossos posts por e-mail sempre que publicarmos, deixe seu e-mail no nosso cadastro.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Serviços que o IFSC te oferece e você nem sabia

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 26 ago 2020 14:11 Data de Atualização: 27 ago 2020 09:18

Você está conversando com seus colegas do IFSC e de repente percebe que um deles já citou que tem Google Drive ilimitado, que está usando o Microsoft Office, que instalou programas da AutoDesk e fica achando que seu colega só pode ser rico para ter acesso a tanta coisa, certo?

imagem com homem jogando dinheiro

Errado! Aluno do IFSC tem educação gratuita e de qualidade e mais um monte de benefícios...

imagem com macaco demonstrando surpresa

 

E é isso que vamos te contar neste post de hoje: os serviços que o IFSC disponibiliza gratuitamente para seus alunos (e servidores também) e que você nem fazia ideia (ou até fazia, mas não sabia que eram tantos).

E o mais legal de tudo isso, mesmo depois de se formar, você continua tendo acesso ao utilizar seu e-mail @aluno.ifsc.edu.br. 

imagem com três pessoas pulando e comemorando

 

E-mail

Vamos começar pelo mais importante de todos, pois é a partir dele que você terá acesso aos demais recursos: o e-mail. Sim, é a conta de e-mail @aluno.ifsc.edu.br que irá liberar o acesso a este mundo de benefícios todo...

Nossa ferramenta de e-mail é o Gmail, que imaginamos que todos já conheçam. Agora o que você não sabe é que o nosso Gmail tem armazenamento ilimitado! Ou seja, você pode deixar todos os seus e-mails lá armazenados (mesmo aqueles com anexos de trabalhos gigantes enviados pelos colegas, ou os slides do professor cheios de fotos com exemplos das aulas), porque o espaço não acaba.

Para criar sua conta, você precisa se cadastrar no Sigaa, nosso sistema acadêmico:

-> Clique aqui para se cadastrar caso você ainda não tenha uma conta

Se você já tem uma conta no Sigaa e esqueceu sua senha ou se não lembra direito como funciona o sistema, você pode utilizar a opção de “esqueci minha senha” na tela principal e acessar nosso tutorial para o sistema:

-> Clique aqui para acessar o sistema
-> Leia aqui um tutorial sobre o Sigaa
-> E se por acaso você já criou seu e-mail, você pode acessá-lo neste link.

Importante: após o cadastro no Sigaa ou troca de senha, a sincronização é realizada em no máximo uma hora (normalmente a atualização do sistema acontece a cada hora cheia, como 13h, 14h...)

Serviços do Google com espaço infinito

A partir do e-mail, você também consegue acessar outros serviços do Google for Education, todos com armazenamento ilimitado, assim como o e-mail. São opções como o Google Drive, para compartilhar arquivos, o Google Photos, para você salvar todas as suas fotos, usar o Google Meet para fazer webconferências, entre outros.

Acesse pesquisas e utilize WiFi gratuitamente em vários lugares do mundo

Estudante do IFSC também consegue acessar os serviços disponibilizados pela Comunidade Acadêmica Federada (CAFe), que é um serviço que reúne instituições de ensino e pesquisa brasileiras e estrangeiras.

Por meio do login na CAFe, que você faz com seu e-mail @aluno.ifsc.edu.br, é possível ler periódicos e artigos no Portal de Periódicos da Capes, que são de acesso restrito, e outros portais de conteúdos científicos, ter WiFi gratuita em diversos lugares no mundo, utilizar serviços de vídeo, transferir arquivos grandes pela rede, entre outros.

-> Veja aqui como fazer pesquisas no Portal de Periódicos Capes
-> Veja aqui como utilizar os serviços da CAFe
-> Veja aqui os lugares onde é possível utilizar a WiFi da CAFe no mundo com a rede Eduroam

Vale lembrar que em todos nossos câmpus e Reitoria, também é possível acessar a rede WiFi livremente utilizando seu login.

-> Veja aqui como utilizar a rede sem fio do IFSC

Biblioteca on-line

Além dos Periódicos da Capes, é possível também utilizar o Acervo Virtual - uma biblioteca on-line com mais de 150 mil títulos de e-books em várias áreas do conhecimento e em diversos idiomas.

-> Clique aqui para saber como utilizar

Crie e compartilhe documentos on-line

Quem já precisou fazer uma planilha mais complexa sabe da necessidade de utilizar o Excel, certo? E nossos alunos podem utilizar a versão on-line dos aplicativos da Microsoft Office gratuitamente: Word, Excel, PowerPoint, Microsoft Teams (para videoconferências) e ainda guardar esses arquivos todos no OneDrive, com 1 TB de armazenamento on-line disponível.

-> Clique aqui para criar sua conta (com o e-mail @aluno.ifsc.edu.br)

Importante: apesar de utilizar o e-mail do IFSC para o cadastro, a senha para acesso não é a mesma do Sigaa, mas a que você escolher na hora do seu cadastro no site da Microsoft.

 Aprimore seu aprendizado sobre computação na nuvem

Quer aprender na nuvem? O Amazon Web Services (AWS) Educate é uma iniciativa global da Amazon que disponibiliza a alunos e professores recursos para acelerar o aprendizado relacionado à nuvem, com conteúdos e programas desenvolvidos para o aprimoramento de habilidades para carreiras que exploram as possibilidades da tecnologia em nuvem em áreas em expansão.

Os principais benefícios são os créditos para utilizar os serviços da Amazon Web Services, participação de treinamentos on-line, utilização de laboratórios on-line e uma biblioteca com recursos da AWS e outros compartilhados por educadores.

-> Clique aqui para utilizar

Utilize softwares para projetos

Aluno do IFSC também pode fazer download gratuitamente dos softwares da AutoDesk. São opções como Revit, 3DS Max, Autocad, entre outros. É só utilizar o e-mail @aluno.ifsc.edu.br.

-> Clique aqui para ver as opções e utilizar

E muito mais…

Além de todas essas opções que você consegue acessar com seu e-mail @aluno.ifsc.edu.br, há outros auxílios e apoios que o IFSC mantém para seus alunos, como o auxílio financeiro da assistência estudantil, os programas de intercâmbio, os projetos de pesquisa e extensão, nossas bibliotecas... é um mundo de possibilidades e aprendizado.

-> Saiba mais sobre a assistência estudantil
-> Conheça nossas opções de intercâmbio
-> Faça parte de um projeto de pesquisa ou extensão
-> Explore nossas bibliotecas
-> Veja outras oportunidades

Já conhecia todas as opções? Ainda não? Compartilhe com seus colegas para que eles possam utilizar também! E não deixe de acompanhar nossos canais oficiais que sempre informamos quando temos novas oportunidades para nossos alunos ??

Gostou deste post? Deixa um comentário ali embaixo.

Cadastre-se para receber nossos posts

Se você quiser receber nossos posts por e-mail sempre que publicarmos, deixe seu e-mail no nosso cadastro.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Decifrando as siglas e os acrônimos do IFSC

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 19 ago 2020 11:48 Data de Atualização: 18 nov 2020 09:50

Quem aí já viu aquele monte de letras que não faziam sentido e ficou tentando entender do que se tratava?

Meme da Nazaré confusa

 

A gente sabe que temos muitas siglas e acrônimos e que isso pode gerar confusão, então hoje vamos traduzir os principais para você (começando por explicar o que é uma sigla e o que é um acrônimo ??).

De acordo com nosso manual de redação, uma sigla é um termo composto pelas iniciais dos nomes próprios coletivos, como IFSC, que são as iniciais de Instituto Federal de Santa Catarina. Além da sigla, temos o acrônimo que é uma palavra que vem da combinação de sílabas (iniciais ou não) de um nome coletivo como Setec, por exemplo - que é a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC (sim, a sigla do Ministério da Educação).

 

Meme com um homem dizendo que é muita informação para a sua cabeça

Já fizemos uma série no nosso Instagram @ifsc há uns anos chamada #glossarioIFSC em que explicávamos alguns termos e siglas. Alguém lembra?

Arte da série #glossarioIFSC do Instagram no IFSC explicando a sigla FIC 

Vamos então começar do começo?

IFSC

Quem não souber essa está reprovado automaticamente no teste e nem precisa continuar. ??IFSC, nosso apelido tão carinhoso, significa Instituto Federal de Santa Catarina. Na verdade, nosso nome completo é Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina.

E, aproveitando, a nossa sigla é IFSC e não IFC, que é outra instituição. ??

-> IFSC e IFC: é tudo a mesma coisa?

PDI

Depois de dizer quem somos, vamos falar do documento que norteia todo o nosso trabalho e muito famoso entre nossos servidores: o PDI. Traduzindo, o Plano de Desenvolvimento Institucional - que, aliás, teve sua campanha de divulgação lançada nesta semana no Consup (continue lendo para descobrir o que é essa outra sigla rs).

-> Explicamos melhor o PDI neste post

RDP

O Regulamento Didático-Pedagógico estabelece as normas referentes aos processos didáticos e pedagógicos desenvolvidos por todos os câmpus do IFSC. Se você tem curiosidade em conhecer melhor nossos processos de ensino, recomendamos a leitura (e se você não quiser ler o documento todo, nesta notícia resumimos alguns pontos).

PPC

Algum professor seu já deve ter falado: “veja no PPC”. Isso significa projeto pedagógico do curso. Este documento é essencial para que um curso seja criado, pois é nele que constam informações como a justificativa do curso, forma de acesso, mercado de trabalho e organização curricular. É lá que você vai encontrar, por exemplo, as disciplinas que compõem um curso.

Agora vamos juntar as siglas e os acrônimos por grupos destacando apenas alguns porque se não capaz de terminar a pandemia e a gente continuar preso neste post. ??

Órgãos colegiados e comissões

Consup

Constantemente, anunciamos que teremos Consup ou que o Consup decidiu por isso ou aquilo. Estamos falando do Conselho Superior do IFSC que é o nosso órgão máximo consultivo e deliberativo, composto por representantes da comunidade interna (docentes, discentes, técnico administrativos e diretores-gerais dos câmpus) e da comunidade externa (como instituições de pesquisa, sindicatos etc.). Já fizemos um post só explicando o papel do Consup.

Codir

O Codir é o Colégio de Dirigentes, um dos órgãos superiores do IFSC, que é composto pelo reitor, pelos pró-reitores e pelos diretores-gerais de todos nossos câmpus.

Cepe

O Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) é um órgão normativo e consultivo que trata de políticas educacionais, de pesquisa e de extensão do IFSC. É formado por representantes dos professores e dos técnicos administrativos, além dos pró-reitores de Ensino, de Extensão e Relações Externas e de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação.

CPA

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é um órgão autônomo e responsável pela condução do processo de autoavaliação institucional do IFSC.

Pró-reitorias e setores

Proad

A Pró-Reitoria de Administração (Proad) é responsável por planejar, desenvolver, controlar e avaliar a administração orçamentária, financeira e a gestão de pessoas do IFSC.

Prodin

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin) é responsável por promover a integração entre a Reitoria e os câmpus, promover e coordenar os processos de planejamento estratégico e a avaliação institucional, de sistematização de dados, de informações e de procedimentos institucionais. Também é responsável por planejar e coordenar as atividades relacionadas à tecnologia da informação e da comunicação.

Proen

A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) é a responsável por planejar, desenvolver, controlar e avaliar a execução das políticas de ensino homologadas pelo Conselho Superior e promover ações que garantam a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão.

Proex

A Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas (Proex) é responsável por planejar, desenvolver, controlar e avaliar as políticas de extensão, de integração e de intercâmbio do IFSC com o setor produtivo e a sociedade em geral e coordenar os processos de divulgação e de comunicação institucional.

Proppi

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) é responsável por propor, planejar, desenvolver, articular, controlar e avaliar a execução das políticas de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação homologadas pelo Conselho Superior.

Nossos setores também são conhecidos pelas suas siglas. Destacamos alguns:

Cerfead -> O Centro de Referência em Formação e Educação a Distância (Cerfead) é uma diretoria vinculada à Pró-reitoria de Ensino que atua na implementação e consolidação da Política de Formação do IFSC e na oferta de cursos na modalidade a distância.

Assint -> Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais, que é o setor responsável pelos nossos programas de intercâmbio

Dae -> Diretoria de Assuntos Estudantis responsável pelas ações de Assistência Estudantil

Dircom -> Diretoria de Comunicação responsável pela Política de Comunicação do IFSC e por nossos canais institucionais - como este blog ??

Dirext -> Diretoria de Extensão responsável por estratégias de relacionamento dos nossos estudantes e educadores com a comunidade externa

DTIC -> Diretoria de Tecnologias da Informação e da Comunicação responsável, entre outras coisas, pelos serviços de tecnologia que o IFSC oferece para seus alunos e servidores

Deing -> Departamento de Ingresso do IFSC responsável por todos os nossos processos de seleção para cursos. É a porta de entrada para quem quer estudar aqui

Temos ainda comitês e núcleos que também vão assumindo suas siglas como Comitê Gestor de Assistência Estudantil (CGAE), o Núcleo de Línguas do IFSC (NUCLI), os  Núcleos de Educação a Distância (NEADs), os Núcleos de Apoio a Pessoas com Necessidades Específicas (NAPNE) e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígena (NEABI), por exemplo.

Assistência Estudantil

Entre as siglas mais famosas do IFSC, temos essas relacionadas à Assistência Estudantil:

IVS -> Índice de Vulnerabilidade Social, que é essencial para quem quer participar do Paevs.

Paevs -> Programa de Atendimento ao Estudante em Vulnerabilidade Social, que é o responsável pelo auxílio financeiro para contribuir no atendimento às necessidades de estudante em vulnerabilidade social.

Eventos

Nossos queridos eventos que, neste ano, infelizmente, não teremos.

Sepei -> Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação

JIFSC -> Jogos do Instituto Federal de Santa Catarina 

SNCT -> Semana Nacional de CIência e Tecnologia

Programas

Propicie -> Programa de Cooperação Internacional para estudantes do IFSC 

Pibid -> Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência

Pibic->  Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica 

PNAE-> Programa Nacional de Alimentação Escolar

Proeja-> Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos

Exames, provas e cursos

Enem -> Exame Nacional do Ensino Médio, essa acho que todos conhecem, certo?

SiSU -> Sistema de Seleção Unificada, utilizado por quem deseja ingressar em nossos cursos de graduação

Encceja -> Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, prova que permite a certificação do ensino médio para quem não concluiu os estudos

FIC-> Formação Inicial e Continuada, que são nossos cursos de qualificação

-> Leia o post Decifrando o Enem

E mais algumas outras:

Sigaa -> Nosso Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas, essencial para quem é estudante do IFSC.

ANP -> Sigla para Atividades Não Presenciais, que se consolidaram agora na pandemia por causa do distanciamento social necessário. Fizemos um post explicando isso.

A sigla deve ser escrita em letras maiúsculas?

Vocês já devem ter visto uma sigla ser escrita de diferentes formas. No caso de veículos de comunicação, normalmente, há Manuais de Redação que orientam como será a redação adotada por aquela empresa.

Nós também temos o Manual de Redação do IFSC - criado a partir da nossa Política de Comunicação. E, no nosso caso, conforme nosso manual, escrevemos com letras maiúsculas as siglas com até três letras (MEC,, FIC) e aquelas que são lidas letra por letra (SNCT). Já as siglas com mais de três letras e as pronunciáveis como palavras (Paevs, Consup) e os acrônimos, escrevemos com apenas a primeira letra maiúscula .

Tá, mas então não seria Ifsc e Ufsc? ??

A gente já acostumou a falar IFSC e UFSC como palavras, embora alguém de fora possa pronunciar letra por letra (porque não é assim tão fácil de ler né… rsrs). As siglas IFSC e UFSC são escritas, segundo o nosso manual, com caixa alta porque, apesar de não serem pronunciáveis, seu uso já está consolidado desta maneira.

Inclusive é IFSC e não IF-SC como até chegamos a escrever lá nos primórdios. Quando criados, todos os institutos federais possuíam o hífen após o "IF", seguidos da sua designação específica. No caso do Instituto Federal de Santa Catarina, a sigla era "IF-SC". Porém, devido ao uso e à pronúncia cotidianos, o hífen caiu em desuso e, por isso, atualmente adotamos o uso da sigla "IFSC", inclusive internamente na instituição.

Alguns siglas também desrespeitam essas regras, mas já possuem formas consagradas, como CNPq e UnB.

Mais uma dica: não usamos pontos para separar as letras das siglas. Então escrevemos OMS e não O.M.S. Deixe os pontos para os Detetives do Prédio Azul.

Imagem com os personagens do desenho Detetives do Prédio Azul

Aliás, no final do nosso Manual de Redação, tem mais um monte de siglas. Vejam aqui.

E aí, se fizermos um teste agora das nossas siglas e dos nossos acrônimos, vocês acham que conseguem um bom conceito? ??

Se alguém tiver mais alguma dúvida sobre nossas siglas ou qualquer outro assunto do IFSC, escreve pra gente no blog@ifsc.edu.br.

Gostou deste post? Deixa um comentário ali embaixo e compartilhe com quem você acha que precisa receber essas informações.

Cadastre-se para receber nossos posts

Se você quiser receber nossos posts por e-mail sempre que publicarmos, deixe seu e-mail no nosso cadastro.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC