Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Sepei, inauguração, Codir e Conif

Sepei, inauguração, Codir e Conif

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 02 ago 2019 17:23 Data de Atualização: 02 ago 2019 17:44

Olá!

Retornei das férias e já com uma semana de agenda cheia com eventos e reuniões.

Quero começar falando do nosso Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação – o Sepei -, que, neste ano, foi realizado na região oeste pela primeira vez. De terça a quinta-feira, cerca de 1,7 mil alunos e servidores estiveram em Chapecó participando do nosso maior evento científico.

Tivemos apresentação de trabalhos, palestras, oficinas, workshops, festival de bandas, hackathon, feira tecnológica, torneio de robótica e muito mais. Infelizmente, em função da minha agenda em Brasília, só pude estar presente no primeiro dia do evento.

Na cerimônia de abertura, destaquei como a dimensão do evento mostra a grandiosidade da nossa instituição – isso que é só uma mostra do que temos e do que fazemos. Em alguns momentos fomos questionados em manter um evento desse diante do contexto que estamos vivendo, mas defendo que nós não podemos nos diminuir e aceitar a diminuição do que fazemos. 

Só teremos desenvolvimento econômico e tecnológico se tivermos desenvolvimento social e essa transformação só é possível por meio da educação. O Sepei tem uma simbologia por resumir um pouco de tudo o que fazemos e de disseminar o conhecimento aqui aprendido e aqui produzido para a sociedade. 

Compartilho aqui a gravação da cerimônia de abertura com a minha fala e vocês podem conferir outros vídeos do evento no nosso canal do YouTube, assim como mais notícias no nosso portal e mídias sociais.

Acompanhei a distância toda a programação e fiquei muito feliz por ver tantos projetos bacanas. O Sepei 2019 foi um sucesso e só reforça a importância da nossa existência enquanto instituição de educação pública.

Parabéns a todos os envolvidos na organização!

Codir  

Na segunda-feira, foi realizada uma reunião do Colégio de Dirigentes, que reúne os diretores-gerais de todos os câmpus, com pauta única: Future-se - análises e contexto.

Estamos todos com muitas dúvidas e incertezas sobre o funcionamento do programa anunciado pelo Ministério da Educação em julho, seus impactos e a consequências da adesão. Após muitas discussões, fizemos os seguintes encaminhamentos: ouvir nossa comunidade acadêmica, por meio de um debate coletivo institucional nos colegiados, inclusive nos câmpus; elaborar uma nota do Codir e do Conselho Superior sobre o posicionamento do IFSC em relação ao Future-se e fazer um vídeo explicativo sobre nossa posição frente ao que está publicizado do programa.

Conif

Na quarta-feira, viajei para Brasília para participar da reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif, em que a pauta também foi o programa Future-se. Tivemos a presença do secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Ariosto Antunes Culau. Percebemos que as mesmas dúvidas e incertezas sobre o programa estão por todo o Brasil.

O secretário destacou as vantagens da proposta, como ter acesso a recursos para pesquisa e inovação. Ele disse que isso não substituirá o orçamento público, mas que pode ser uma forma da instituição crescer e atuar em parcerias privadas. Não ficou claro como são esses fundos e como será a gestão disso pelas organizações sociais e ressaltamos para o secretário nossa preocupação pelo fato de questões tão sérias sobre o programa ainda serem tão superficiais.

O Conif, inclusive, divulgou ontem uma nota oficial sobre o programa externando essa preocupação sobre o Future-se e tornando públicos pontos reflexivos sobre essa ação governamental.

Como a nota deixa claro e como também colocamos para o secretário na reunião, entendemos que não adianta propor um programa se temos uma situação drástica no presentenotapara resolver que é o bloqueio orçamentário. Divulgamos uma nota, na semana passada, do nosso Conselho Superior sobre isso.


Na quinta-feira, o tema da reunião do Conif foi orçamento. A informação que temos é que ainda estão tentando redirecionar recursos dentro do MEC para diminuir o bloqueio orçamentários dos institutos federais para chegar em 22 ou 23 % de orçamento bloqueado. Sobre a liberação de cotas de empenho, só deveremos ter definição de uma liberação na próxima semana. Relatamos ao secretário que esse percentual compromete muitas atividades e teremos que deixar de pagar contas desse ano.

O secretário informou que o MEC está buscando outras alternativas de recurso como os fundos da Petrobras, por exemplo. Sobre o orçamento para 2020, a Setec disse que podemos ter boas perspectivas com a capitalização do Governo em relação à Eletrobrás e também com os leilões do pré-sal, mas ainda não sabemos os valores que serão considerados na proposta do MEC para a matriz do próximo ano.

Saímos da reunião com os sentimentos que têm predominados neste ano até o momento: de preocupação e incertezas. Estamos trabalhando intensamente buscando ao máximo reverter a situação, garantir a continuidade da nossa atuação e procurando esclarecer as dúvidas, mas seguimos sem muitas respostas ainda.

Estou à disposição para ir aos câmpus tratar desse tema. Estive com servidores do Câmpus Florianópolis, no dia 26/7, na abertura do semestre letivo, colocando nossa posição e as principais dúvidas em relação ao programa.

Inauguração de bloco

Na terça-feira, estive em Xanxerê para a inauguração do novo bloco do câmpus. Foi muito emocionante! Por ser um câmpus federalizado, Xanxerê herdou uma estrutura antiga e esta foi a primeira estrutura física construída. O novo bloco conta com salas de aula, biblioteca, mini-auditório e salas para os setores administrativos.

Agradeço a todos os envolvidos na concretização dessa obra. Durante a cerimônia de inauguração destaquei que queremos que o Câmpus Xanxerê, que já mostrou a que veio, possa crescer ainda mais.

Outros assuntos

- SLO: Na segunda-feira, estive no Câmpus São Lourenço do Oeste, assinando termo de cessão do uso compartilhado de uma escola do estado, onde são desenvolvidos nossos cursos, e conversei com os servidores sobre as dificuldades e desafios que temos na implantação do câmpus.

- Meu IFSC: Lançamos durante o Sepei o aplicativo para nossos alunos, o Meu IFSC, que era um pedido antigo. Convido todos os estudantes a fazerem o download e já usufruírem das facilidades do nosso app. Com o tempo, nossa ideia é aprimorar com mais funcionalidades.

E neste domingo, temos concurso público do IFSC para preenchimento de 61 vagas para docentes e técnicos administrativos. Desejo boa sorte aos candidatos e bom trabalho aos nossos servidores que irão trabalhar na prova!

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA