Visitas Internacionais | IPViseu e Universidade de Joanesburgo

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 19 abr 2019 08:00 Data de Atualização: 17 abr 2019 09:53

Recebemos nos dias 3, e 4 de Abril o pró-presidente do Instituto Politécnico de Viseu, Paulo Costeira Silva, e o professor Samuel Oluwatobi Oluwafemi, da Universidade de Joanesburgo.

Ambos estiveram visitando o IFSC para formalizar uma intenção de parceria.

Em visita à Reitoria e ao Campus Florianópolis e Florianópolis-Continente, o Paulo pôde conhecer um pouco mais sobre o IFSC como instituição.

No caso do IPViseu, a intenção é firmar parcerias para a realização de projetos de pesquisa, programas de dupla titulação e intercâmbio de servidores. O IPV possui cursos que vão desde as Engenharias até Turismo, Marketing, etc. Possui também pontos em comum com o IFSC nas áreas de produção de vinhos e produção multimídia.

Já o professor Samuel, já estava há alguns dias participando de algumas atividades no Campus Florianópolis, juntamente com os alunos dos cursos de Química, Engenharia Elétrica, Radiologia, e do mestrado em Proteção Radiológica.

Em sua visita à reitoria entendemos um pouco sobre a sua área de interesse: a nanotecnologia aplicada a ciências biomédicas.

A intenção é de estabelecer parceria para futuras missões de envio de pesquisadores e de intercâmbios bilaterais para produções técnicas em conjunto.

Nossos agradecimentos aos dois ilustres visitantes, e o desejo de que possamos formalizar essas parcerias, para promover ainda mais a imagem do IFSC internacionalmente.

Continuamos em nossos esforços no processo de internacionalização do IFSC, para fortalecer essa cultura de troca, onde podemos mostrar o bom trabalho de nossos alunos e servidores lá fora, e também receber aqui no Brasil tantos outros alunos e servidores que estejam dispostos a contribuir com seus conhecimentos, buscando o crescimento e aprimoramento de todos.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Relato do Lucas Varela | PROPICIE 15

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 05 abr 2019 11:52 Data de Atualização: 16 abr 2019 12:39

Este é um trecho do relatório quinzenal e algumas imagens que recebemos do aluno Lucas dos Anjos Varela, aluno do curso de Ciência da Computação do Campus Lages:

 

"A viagem de Florianópolis até Madrid levou 22 horas, porém haviam conexões entre os vôos, sendo a maior de São Paulo para Madrid, que levou 7 horas de espera, tempo mais do que suficiente para conhecer todo o aeroporto. Ao chegar em Bilbao no dia 9 de março, dia posterior ao primeiro vôo pego, foi entrado em contato com o dono do alojamento para saber qual seria o horário de minha chegada até a residência. Para chegar à residência decidiu-se pegar um táxi o qual levou-me ao alojamento, no qual o Sr. Imanol -o dono da residência-, estava esperando de prontidão.

O projeto apresentado e definido para a minha pessoa envolve mineração de dados, deve ser determinado e avaliado um conjunto de dados de um hospital mexicano chamado Medica Norte , o intuito é fazer a avaliação de variáveis em casos de problemas cardiovasculares para assim, determinar a variável de mais influência e importância para esta patologia.

O projeto, a princípio será desenvolvido apenas por mim, entretanto possui um pesquisador de Deusto, espanhol, que está trabalhando em outro banco muito semelhante, portanto ajuda-me em caso de dúvidas.

Para a realização do desenvolvimento do projeto uso o jupyter na distribuição Anaconda, pois é a forma mais fácil desempenhar atividades de data science e machine learning . Até o presente momento, foi desenvolvido análises básicas do banco, levantou estatísticas e demonstrou-se em gráficos as variáveis do conjunto.

As primeiras impressões, nessas primeiras semanas, em Bilbau estão sendo excelentes e com muitas novidades. Nunca havia viajado internacionalmente antes, mas estava muito animado e cheio de entusiasmo para conhecer outro país, por isso não houve dificuldade de adaptação, tão pouco reconsideração de voltar.

Posto isso, acredito que nada irá impossibilitar meu estudo e assimilação de novas aprendizagens. E mesmo na possibilidade de problemas, vou conseguir resolver, pois, tenho os melhores professores das duas instituições orientando-me.

Em suma, estar em outro país é uma experiência incrível, sempre há novidades a ver, novas pessoas a conhecer, maior aperfeiçoamento de outro idioma e, também, não esquecer a possibilidade de aprender com os melhores profissionais de pesquisa.

Nada disso seria possível sem o programa de intercâmbio e apoio financeiro do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Portanto, obrigado pela oportunidade de realizar este trabalho e que futuramente mais alunos possam aproveitar essa oportunidade."

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Conif em Alagoas

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 12 abr 2019 14:11 Data de Atualização: 12 abr 2019 14:25

Olá!

Esta semana estive em Maceió, no Instituto Federal de Alagoas (Ifal), para mais uma reunião ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Com a posse do novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, discutimos as perspectivas relativas à nova gestão. O Conif já solicitou uma audiência com o novo ministro para apresentar as prioridades dos Institutos Federais para os próximos anos. Extinção de cargos e funções, contingenciamento de recursos e Termos de Execução Descentralizada são algumas das nossas preocupações.

Também debatemos questões relativas à comunicação do Conif, gestão de pessoas, orçamento e gestão em rede, com a presença de representantes do MEC.

No dia 10, estivemos no Câmpus Coruripe do Ifal. Fomos recebidos por uma equipe atenciosa e acolhedora! Conhecemos alguns projetos e práticas exitosas, como o software Mind Share, desenvolvido em conjunto pelo Ifal, IFPR e IFSULDEMINAS. Com esse software, poderemos mapear os palestrantes da Rede Federal, tanto nacionais quanto internacionais. Assim, um palestrante que estiver em um Instituto, pode ser chamado para outro próximo. É uma forma de trabalharmos em rede, reduzindo custos!

Tivemos apresentação do Coral do programa Mulheres Mil e o relato bem emocionante de uma das mulheres atendidas, que teve sua vida transformada. Também fizeram o pedido para a continuidade do programa na Rede, já que hoje não temos aporte de recursos específicos, o que fragiliza nossas ações. Foi muito bom conhecer as experiências do Ifal. Isso fortalece nossa rede e nos une em prol de objetivos comuns! 

Frentes Parlamentares

O Conif apoia a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante, criada esta semana e formada por 218 deputados e 14 senadores. A prioridade será a defesa de mais investimentos para o ensino técnico e profissionalizante, além da criação de conselhos técnicos, como os conselhos federais dos Técnicos Industriais e dos Técnicos Agrícolas, além dos conselhos regionais.

Também foi lançada a Frente Parlamentar Mista da Educação, que visa tornar permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, o Fundeb.

Sepei 2019

Foi lançado esta semana o regulamento do 8º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação, o Sepei, que este ano será realizado de 30 de julho a 1º de agosto, em Chapecó. O tema será “Mundo digital e futuro do trabalho”. Nossos alunos têm até 30 de maio para se inscrever. Esse é o nosso mais importante evento acadêmico! Não deixem de participar e apresentar seus projetos!

Outros assuntos

Técnicos integrados: Nesta sexta-feira abrimos mais um processo seletivo para nossos cursos técnicos integrados, nosso ensino médio técnico. São quase 500 vagas em seis câmpus. Veja aqui como se inscrever para o exame de classificação.

Cissp: Dia 10 de abril, o Dia Mundial da Saúde, a Comissão Interna de Saúde do Servidor Público, a Cissp, da Reitoria e do Câmpus Florianópolis – Continente, promoveram palestras para os servidores sobre desenvolvimento pessoal e ergonomia no trabalho. Uma ótima iniciativa pelo bem-estar dos nossos servidores!

Até mais!
 

BLOG DA REITORA

Aula inaugural de mestrado, encontro dos estudantes e Setec

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 05 abr 2019 17:09 Data de Atualização: 05 abr 2019 18:55

Olá!

Nesta semana, tivemos, na terça-feira, a aula inaugural do mestrado profissional em Administração que o IFSC está oferecendo para seus servidores em parceria com a Unoesc. Viajei para Chapecó para participar deste marco para nossa instituição.

Esta era uma demanda dos nossos servidores técnico-administrativos do Oeste, que nos solicitavam uma oportunidade de qualificação na região. Atualmente, temos mais dois mestrados para servidores na região da Grande Florianópolis: ProfEPT e em Administração com a Unisul! 

No final do ano passado, fizemos uma chamada pública e firmamos a parceria com a Unoesc para uma turma de 20 servidores. Foi muito legal ver a gratidão e a motivação dos servidores que integram esta primeira turma. Todas as dissertações serão focadas nos processos e nas atividades do IFSC, então não é um ganho apenas pessoal para os TAEs. Nossa instituição ganha também, não só em ter profissionais mais qualificados, mas também por ter uma gestão melhor a partir do resultado dos trabalhos.

Aproveitando minha ida a Chapecó,  fiz uma reunião com servidores e também com representações estudantis do Câmpus Chapecó. Falamos sobre o contexto atual, os desafios que temos e ouvimos suas demandas.

Fiquei feliz de ver funcionando no câmpus o Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, e o kit-lanche. Vemos como esta ação é importante para os alunos conseguirem acompanhar melhor as aulas. Este ano, estamos trabalhando para que todos os câmpus implantem o PNAE.

Encontro dos Estudantes

Na quarta-feira, estive na abertura do Encontro das Representações Estudantis do IFSC. Durante todo o dia, diversos alunos dos nossos câmpus se reuniram no Câmpus São José para discutir uma pauta organizada por eles. O IFSC auxiliou na vinda dos alunos e com recursos para a alimentação.

Incentivamos esses eventos, pois acreditamos que é fundamental a articulação entre os estudantes. Reforcei na minha fala a importância do movimento estudantil. Entendo que se temos representação, temos voz, e por isso os estudantes precisam assumir os espaços nos órgãos colegiados para nos ajudar na gestão em prol de um instituto cada vez melhor.

Respondi algumas perguntas dos alunos e todos os questionamentos foram sobre a construção de um código de conduta, que está em andamento e é um documento necessário apontado pelo nosso Regulamento Didático-Pedagógico, o RDP. Precisamos ter parâmetros e igualdade para garantir a segurança dos alunos.

Quero tranquilizar os alunos dizendo que vamos validar um documento que seja o melhor para eles, para que possamos garantir uma convivência saudável. Em função disso e para gerar um envolvimento maior, vamos prorrogar os prazos para receber contribuições ao documento, que será dia 10 de maio, quase um mês a mais do que o previsto inicialmente. Exatamente para que os alunos possam participar e contribuir com suas sugestões! 

Vamos solicitar aos diretores-gerais dos câmpus que organizem audiências locais com os estudantes para sistematizar as propostas de alterações. O documento ainda irá passar pelo nosso Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão, o Cepe, e pelo nosso Conselho Superior, o Consup.

Agenda em Brasília

Nesta quinta, viajei a Brasília para reuniões na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, a Setec. Pela manhã, em uma pauta do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif, apresentamos ao secretário Alexandro Ferreira de Souza a organização da Reditec 2019 – a Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica - que terá como tema “Mãos que fazem, mentes que transformam: 110 anos da educação profissional no Brasil”.

A organização do evento, marcado para setembro em Florianópolis, está sendo feita por nós, do IFSC, e pelo IFC. Solicitamos a abertura do sistema para cadastrar o TED, que é o termo de descentralização do recurso para executar toda a Reditec. O secretário e o diretor da Rede, o Rodrigo Alves da Silva, nos ouviram, elogiaram o evento que articula todos os dirigentes da Rede e disseram que vão fazer as análises orçamentárias. Participaram desta reunião o presidente do Conif, o professor Jerônimo Rodrigues da Silva; o pró-reitor do IFC, professor Fernando José Garbuio, e o secretário executivo do Conif, Alexandre Bahia. 

Aproveitando a ida a Brasília, eu e a pró-reitora de Administração do IFSC, Aline Heinz Belo, marcamos uma reunião com o diretor da Rede, Rodrigo Alves da Silva, e o coordenador de infraestrutura, Daniel Godoy, para tratar dos investimentos do IFSC. Apresentamos as nossas necessidades mais urgentes, que são a finalização das obras dos câmpus Jaraguá do Sul – Rau, Criciúma e Xanxerê e também investimento em equipamentos e em infraestrutura. 

Outros assuntos

- Parceria com Politécnico de Viseu: Na quarta de tarde, recebemos a visita do pró-presidente do Instituto Politécnico de Viseu, Paulo Costeira Silva. Ele nos procurou com a intenção de nos tornarmos parceiros da mesma forma que já temos parceria com vários institutos em Portugal. O encontro foi o início de uma conversa e vamos seguir nas tratativas, já que entendemos que, quanto mais instituições parceiras tivermos, isso representa mais oportunidades de intercâmbio para nossos alunos e servidores, assim como parcerias em pesquisa e capacitação. 

Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

Relato da Camila Carvalho | PROPICIE 15

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 29 mar 2019 12:00 Data de Atualização: 05 abr 2019 13:17

“Os primeiros quinze dias pareceram meses de tantas experiências vividas. A pressa do tempo aumenta, assim como a minha vontade de conhecer as vielas de Beja. A miscelânea de momentos vividos até o momento fazem-me livro em constante preenchimento. Risadas, sabores, novas pessoas, estudos. Outra perspectiva. O que mais tem chamado-me atenção é o intercâmbio cultural entre os jovens intercambistas do Instituto Politécnico de Beja. Dentro deste prisma, cabe-se destacar a empatia dos jovens brasileiros que aqui moram para ajudar o novo estudante a situar-se na moradia, escola, cidade e acostumar-se com a saudade, que, às vezes, aperta no peito dos estudantes que se acompanham na vida em um país longe de casa.

Com relação ao desenvolvimento do projeto, na primeira semana ocorreu o processo de adaptação ao ambiente, aos métodos e equipamentos utilizados. Já na segunda semana, passamos a ter a participação efetiva nas técnicas desenvolvidas no FitoFarmGest, desde o trabalho no laboratório até a viagem de campo à plantação de alho para analisar a biodiversidade de insetos na região do Alentejo.

A partir da minha área de estudo no Brasil, Química, a orientadora do projeto acabou por planejar um cronograma de atividades no viés químico do projeto. Por exemplo, como a determinação dos parâmetros físico-químicos, do azoto, bem como  potássio, fósforo e  dos metais presentes em amostras de solo da região. No dia de amanhã, passarei para o laboratório de granulometria de solos, a segunda tarefa do mês de março.

Desde o momento da minha chegada a Beja, passei a valorizar mais a cultura do meu país e defendê-la com toda força contida no gentílico pátrio que carrego. Principalmente, na tentativa de mostrar outras perspectivas das terras brasileiras para além dos estereótipos apresentados na televisão para os estrangeiros. Já dizia Chimamanda que estes podem ser verdadeiros, mas incompletos, fazendo com que uma história se torne a única história. Ademais, vale destacar a interseccionalidade dos estudos no Brasil, pelo menos no IFSC, ressignificando o conhecimento como uma teia, a qual liga o método, o pensamento crítico e a prática nas mais variadas áreas de estudo. Agradeço ao Instituto Federal pela formação de estudantes com a oportunidade de entrar em contato com a ciência a partir do protagonismo estudantil/jovem”.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Consup, eventos e reuniões

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 29 mar 2019 17:13 Data de Atualização: 29 mar 2019 17:32

Olá!

Começamos a semana com mais uma reunião do Conselho Superior, o Consup, que é nosso órgão máximo e deliberativo, realizada na segunda.

Ficou decidido que o processo eleitoral para escolha dos membros do Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão, nosso Cepe, e do Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas, o CDP, terá edital conjunto a ser lançado em 22 de abril. O período de inscrições de candidatos será de 29 de abril a 10 de maio e a eleição está prevista para os dias 10 e 11 de junho.

Na pauta, também tratamos do nosso plano anual de trabalho, do regimento do Comitê Gestor de Assistência Estudantil e do Regulamento Didático-Pedagógico dos cursos de pós-graduação lato sensu - tema que não foi finalizado, ficando sua aprovação final para próxima reunião, que será dia 22 de abril. Outros pontos também não foram abordados por falta de tempo. 

Como sempre, a reunião do Consup foi transmitida pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

Reditec

Na terça-feira, a Comissão Organizadora da Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, a Reditec, fez mais uma reunião. O evento será de 9 a 13 de setembro em Florianópolis e está sendo organizado pelo IFSC junto com o IFC.

Na próxima semana, eu e a reitora do IFC, a professora Sônia Fernandes, temos uma reunião na Secretaria de Educação Profissional do MEC, a Setec, para tratar do evento. A previsão é que na próxima reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica – o Conif -, que será realizada de 9 a 11 de abril em Maceió, a programação da Reditec 2019 seja lançada.

Reuniões no Norte

Na quarta e na quinta-feira, estive na região Norte do nosso estado. Realizei reuniões com grandes empresas, como a WEG e a Whirlpool, para tratar de possíveis parcerias com nosso polo de inovação da Embrapii.

Também participei de reuniões com alunos e servidores dos câmpus Jaraguá do Sul-Centro e Jaraguá do Sul-Rau. Falei sobre os desafios da instituição para este ano, abordei questões econômicas e de funcionamento da instituição, como a participação dos alunos nos diversos órgãos colegiados.

Na reunião no Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, comentei sobre a realização de obras e a cessão do Cedup - em Guaramirim - para o IFSC, que depende da análise do novo governo estadual. No Câmpus Jaraguá do Sul - Rau o andamento das obras do novo bloco também foi um assunto abordado. Também tratamos sobre os recursos da assistência estudantil e alimentação escolar.

Outros assuntos

- Encontro EPE: Na quarta e na quinta-feira, tivemos mais um encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão no IFSC, em que os servidores que atuam nas áreas em todos os câmpus e na Reitoria se reúnem para compartilhar experiências e refletir sobre o que temos feito e como melhorar. Na abertura do evento, comentei sobre a alteração que teremos que fazer na resolução que trata das atividades docentes – conforme já comentei aqui no blog – e mais uma vez reforcei a necessidade de pensarmos na flexibilidade de nossos currículos. Não queremos ser apenas um título para os trabalhadores, mas sim transformar a sua vida por meio de uma formação completa em que a integração de ensino, pesquisa e extensão é fundamental. Na programação do evento também teve o encontro dos nossos Núcleos de Educação a Distância, os Neads, um importante momento para nossa EaD, que neste ano completa 20 anos de atividades no nosso Instituto, sendo que nosso Centro de Referência em Formação e Educação a Distância – o Cerfead – completa cinco anos. A data foi lembrada na abertura com a exibição de um vídeo produzido pela IFSCTV.

- Inauguração do LabTa: Agora de tarde tivemos a inauguração oficial do Laboratório de Tecnologia Assistiva do IFSC, o Labta, que funciona dentro do nosso Câmpus Palhoça Bilíngue e tem como objetivo atender estudantes do IFSC que tenham deficiências múltiplas. É uma grande conquista, uma vez que promover a inclusão faz parte da nossa missão e este laboratório é um grande passo nesse sentido. Compartilho aqui um vídeo da IFSCTV sobre o projeto.

E hoje no final do dia ainda vou participar das formaturas do Câmpus Florianópolis-Continente, celebrando com nossos formandos mais esta etapa vencida e desejando sucesso em suas trajetórias, feliz por termos feito parte de suas histórias.

Até mais! 
 

BLOG DA REITORA

Codir e reuniões

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 22 mar 2019 14:57 Data de Atualização: 22 mar 2019 16:48

Olá!

Nesta semana, tivemos mais uma reunião do nosso Colégio de Dirigentes, o Codir, que reúne os pró-reitores e diretores-gerais de todos os nossos 22 câmpus. Na pauta, fizemos uma avaliação dos Jogos do IFSC e ainda estamos discutindo onde faremos a edição deste ano, que deve ocorrer em junho. Também tratamos da construção do nosso próximo Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI, que abrange o período de 2020-2024. 

Constituímos câmaras temáticas no Codir para tratar de Assuntos Acadêmicos, Gestão de Pessoas, Relações Externas e Eventos, Planejamento, Orçamento e Infraestrutura e Tecnologia da Informação. Cada câmara está fazendo seus encaminhamentos de pautas e o tempo nos permitiu que tivéssemos encaminhamento da Câmara de Gestão de Pessoas.

Na terça-feira, os integrantes do Codir tiveram um dia de capacitação. No período da manhã, nosso assessor de Correição e Transparência, Oscar Silva Neto, fez uma apresentação sobre processos administrativos disciplinares e sindicâncias e ressaltou a necessidade de estarmos atentos a essas questões, tendo em vista não só o controle exercido por órgãos como também o controle social exercido pela sociedade. Ele explicou como as denúncias podem chegar – pela nossa Ouvidoria ou pelo Ministério Público – e como os processos devem ser encaminhados. Foi muito esclarecedor e importante tanto a apresentação como as dúvidas esclarecidas. 

De tarde, o tema da capacitação foi a matriz orçamentária e quem conduziu foi o pró-reitor de Administração do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, Marco Antônio Maciel Pereira. Os nossos dirigentes puderam entender melhor como ela é constituída, as suas regras e as dificuldades que enfrentamos. Regras de distribuição do recurso, a importância da Plataforma Nilo Peçanha (PNP), a necessidade de trabalhar a permanência e o êxito e a revisão dos projetos de cursos à luz das regras da matriz. Ainda temos muitos desafios para melhorar a elaboração da matriz. Foi um momento muito importante para esclarecer e aprendermos mais sobre o assunto.

Como sempre, a reunião foi transmitida pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

Seminário de Curricularização

Nesta semana, durante dois dias, servidores de todos os nossos câmpus e da Reitoria se reuniram para discutir a curricularização da extensão. Conforme estabelece o Plano Nacional de Educação 2014-2024, os projetos pedagógicos de todos os cursos superiores do País deverão assegurar em suas matrizes curriculares, no mínimo, 10% da carga horária total em extensão nas áreas de grande pertinência social. 

Depois da palestra de abertura do professor Gilberto Gonçalves Garcia, que atuou como conselheiro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação e foi relator do parecer que aprovou as diretrizes para as Políticas de Extensão da Educação Superior Brasileira, fiz uma fala para os participantes reforçando a necessidade que temos de pensar o currículo como um todo. Se continuarmos com nosso currículo engessado, acabamos perdendo os alunos por desinteresse e também restringimos nossas possibilidades de parceria e mobilidades nacionais e internacionais.

Este movimento de pensar a curricularização na extensão nos proporciona esta reflexão geral de também pensar a Educação a Distância no nosso currículo. É uma discussão muito importante não só por uma questão legal, mas por darmos um retorno à sociedade com atividades de extensão e por tentarmos engajar ainda mais nossos alunos, fazendo-os perceber como podem transformar a sua comunidade a partir da educação.

Reunião com estudantes

Recebi hoje de manhã alguns representantes dos estudantes no Gabinete. Os nossos alunos estão organizando um encontro estadual de representações estudantis do IFSC no próximo dia 3 de abril, no Câmpus São José, mas já quiseram tirar algumas dúvidas sobre pautas de que já vêm tratando com nossa Diretoria de Assuntos Estudantis. 

Conversamos sobre assistência estudantil, alimentação escolar e esclarecemos algumas ações do Governo Federal, como o projeto de lei que propõe alterar a lei dos institutos federais e o corte de funções gratificadas. Já foi solicitada a retirada desse PL da apreciação no Congresso Nacional, conforme já relatei em post anterior. Estamos sempre à disposição para prestar estes esclarecimentos.

Outros assuntos:

Formatura: Na terça-feira, participei da formatura dos cursos técnicos integrados do nosso Câmpus Florianópolis. Sempre muita emoção nesses momentos. Desejo sucesso para todos!

IFC: Na quinta-feira, viajei a Blumenau para participar da reunião do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense. Como conselheira, é um importante momento para trocarmos ideias, aprendermos e contribuirmos.

Cursos de Qualificação: Nesta segunda-feira, abrimos as inscrições para mais um ciclo de nossos cursos de qualificação. Desta vez, temos 1,8 mil vagas em 17 cidades de SC. Todas as informações estão no nosso Portal.

Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

Retorno dos alunos da 1° turma da Dupla Titulação | Visita do IPP ao IFSC

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 22 mar 2019 16:02 Data de Atualização: 22 mar 2019 16:10

Tivemos nessas últimas semanas várias atividades que nos fazem lembrar com muito carinho da nossa parceria com o IPP (Instituto Politécnico do Porto), que completa 10 anos em 2019. 

É com muito orgulho que recebemos no início deste mês, os alunos Allon Soares da Silva, Rodrigo Luiz Joench, Roger Rebelo Schemes e Samuel Sandmann Cembranel, da Engenharia Elétrica do Campus Florianópolis.

No dia 22 de Fevereiro, fizemos um jantar de comemoração com a presença da nossa Reitora, Maria Clara Kaschny Schneider, do coordenador do curso de Engenharia Elétrica, Edison Aranha, do antigo coordenador do curso e atual diretor do Pólo de Inovação, Rubipiara Cavalcante, e dos professores James Silveira e Murilo Scuzziato.

A Assessora Internacional, Raquel Matys Cardenuto, e os estagiários da ASSINT, Eduardo de Rê, Guilherme dos Santos David e Ricardo de Ávila Geisler, também estiveram presentes para parabenizar os alunos e ouvir alguns relatos sobre a experiência da viagem e do projeto.

No dia 27, no auditório do Campus Florianópolis, foi realizada uma palestra aos alunos da Engenharia Elétrica, para falar mais sobre o programa da Dupla Titulação, que está atualmente na sua 3° edição, com um total de 11 alunos contemplados até o momento. Os alunos da 1° turma também falaram sobre a experiência e seus trabalhos de conclusão do Mestrado em Sistemas de Energia pelo ISEP (Instituto Superior de Engenharia do Porto).

Já nos dias 14 e 15 deste mês recebemos a ilustre visita da Presidente e do Pró-Presidente do ISEP, Maria João Viamonte e Gustavo Ribeiro Alves. Em visita à Reitoria e aos campi Florianópolis, Florianópolis-Continente e São José, conheceram mais sobre nossa Instituição, além de fazer uma avaliação desses bons anos do nosso acordo de cooperação.

É assim que buscamos fortalecer e institucionalizar o processo de internacionalização do IFSC: humanizando este processo, fugindo de apenas formalidades e assinaturas de simples documentos. Acreditamos que é preciso o contato entre pessoas para o fortalecimento das relações entre instituições.

Aos alunos da Dupla Titulação, nosso desejo de muito sucesso em suas vidas, tanto pessoal quanto profissional e acadêmica;
E aos nossos queridos parceiros do IPP, nossos agradecimentos e esforços para manter e melhorar essa incrível relação de cooperação. =)

Um forte abraço da equipe da Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais/Núcleo de Línguas-IsF!

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Eventos e reuniões

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 15 mar 2019 14:35 Data de Atualização: 15 mar 2019 15:04

Olá!

Comecei a semana participando da aula magna do curso de Agronomia do Câmpus Canoinhas na segunda-feira. O evento teve uma palestra do professor da Universidade Federal do Paraná, Flávio Zanette, reconhecido como um dos maiores pesquisadores de araucárias do país.

Foi bonito ver o auditório do câmpus lotado com alunos, servidores e representantes da sociedade, o que nos mostra a importância que nossos cursos têm para a região. Na minha fala, inclusive, enfatizei a importância da Agronomia para o desenvolvimento e transformação social do país. Para pensar que uma outra agricultura é possível, nós precisamos que os pequenos agricultores tenham melhores condições, precisamos reduzir os agrotóxicos e investir em sustentabilidade e produção de alimentos. E não tenho dúvidas de que, com esse curso, podemos formar profissionais que vão ajudar nessa mudança.

Aproveitei a ida a Canoinhas para me reunir com servidores do câmpus. Entre o assunto que abordados, estava a alteração nossa resolução 23/2014/Consup, que regulamenta a atividade dos docentes, como já comentei por aqui.

Palestra na UFSC

Na quarta-feira, fiz uma palestra para a nova turma do mestrado em Administração Universitária do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária da UFSC. Contei um pouco da minha trajetória e dos desafios que enfrentamos na gestão de uma instituição tão complexa como somos. Destaquei ainda a importância de termos uma gestão democrática e de como buscamos fazer isso no nosso instituto. Também destaquei a questão de gênero na gestão pública, como ainda temos que avançar para conseguirmos valorização e reconhecimento do nosso trabalho e como podemos superar juntas a discriminação.

Fico muito feliz de ver muitos mestrandos neste curso – inclusive servidores nossos já se formaram e outros estão nas turmas atuais! É fundamental que tenhamos este olhar diferenciado de gestão de instituições de Ensino. Termos a oportunidade de conciliar pesquisas aplicadas para melhorar nossas práticas é necessário para avançarmos.

Reunião IPP

Na quinta-feira, recebi o assessor de Relações Internacionais do Instituto Politécnico do Porto, Gustavo Alves, e a presidente do Instituto Superior de Engenharia do Porto, Maria João Viamonte. Eles vieram ao Brasil para participar de uma feira de estudantes em São Paulo e aproveitamos a agenda para fazer uma reunião em que assinamos uma carta de intenções para a dupla titulação entre o curso de Engenharia Mecânica do nosso Câmpus Lages e o mestrado em Mecânica do IPP.

A oficialização aguarda uma aprovação interna do IPP que deve sair até o final do mês. Nossa intenção é já no segundo semestre enviarmos os primeiros alunos para Portugal.

Fico muito contente em conseguirmos viabilizar mais esse curso no programa de Dupla Titulação. Já temos o acordo com nosso curso de Engenharia Elétrica do Câmpus Florianópolis em que os primeiros alunos a participarem apresentaram seus trabalhos finais agora no início do ano. Inclusive, participamos das bancas em Portugal como relatei aqui.

Parabenizo o coordenador do curso no câmpus, Matheus Fontanelle, por ter iniciado a aproximação com o IPP, e o diretor-geral do Câmpus Lages, Thiago Meneghel, que se dedicaram à parceria e que agora irão proporcionar esta mobilidade acadêmica enriquecedora.

Queremos incentivar que, além dos estudantes, os servidores também possam passar um período em instituições estrangeiras em que temos parceria. Como servidores públicos federais, temos direito à licença-capacitação e, pela nossa resolução interna, é possível fazer estágio em outras instituições. Acredito que quanto mais servidores nossos tivermos tendo esta troca de experiência, mais poderemos ajudar nossos alunos e melhorar enquanto instituição, com novas ideias e projetos.

Outros assuntos

- Conselho Editorial: Nesta sexta de manhã, participei da abertura da primeira reunião do Conselho Editorial do IFSC, que está sendo reconstituído. Coloquei como desafios trabalharmos com publicações digitais, que nos permitem um maior alcance, e também fazermos associações com outras instituições para potencializarmos nosso trabalho em rede. Desejo um bom trabalho aos servidores envolvidos e aos novos integrantes do conselho e espero que consigamos dar mais visibilidade para nossas publicações.

E como estamos na fase das formaturas, tenho participado de diversas solenidades. Na terça, participei da cerimônia dos alunos do Câmpus Florianópolis - Centro. Agora de tarde, participo da formatura dos alunos do Câmpus Gaspar e amanhã é a vez dos estudantes do Câmpus São José.

Como sempre digo, nos sentimos honrados em fazer parte da história de vocês e desejamos sucesso na nova etapa!

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Reunião da Reitoria e Troféu Maricota

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 08 mar 2019 16:22 Data de Atualização: 11 mar 2019 08:33

Olá!

Tivemos uma semana mais curta em função do recesso de Carnaval e retornamos na quarta-feira, com nossa já tradicional reunião-geral da Reitoria, no período da tarde, com todos os servidores. Na pauta, tratamos dos desafios e perspectivas do IFSC para 2019, tivemos a apresentação dos projetos da Comissão Interna de Saúde do Servidor Público, a CISSP, e a realização da audiência interna para consulta pública do Projeto Pedagógico Institucional e do Planejamento Estratégico Institucional.

Fiz uma rápida retrospectiva de 2018 e uma análise do que devemos enfrentar neste ano. A permanência e o êxito continuam como desafios diários para todos os nossos servidores. Precisamos refletir sobre nosso currículo, flexibilidade de ensino e formas de validar o que o aluno sabe. A integração com a pesquisa e a extensão vem se mostrando potencial de transformação. Estamos investindo em capacitações para que isso apareça cada dia mais nas salas de aula. A partir do momento que o estudante entra no IFSC, somos responsáveis pelo seu êxito e isso significa uma mudança de paradigma e até da cultura institucional. 

Começamos 2019 com preocupação, sem muita clareza do cenário nacional e bem apreensivos com a tramitação do Projeto de Lei nº 11.279/2019, que altera a lei de criação dos institutos federais (Lei nº 11.892/2008), conforme já comentei em posts anteriores. Expus para nossos servidores da Reitoria que o projeto quer aumentar o percentual de oferta de cursos técnicos de 50% para 70%, retirando nosso foco também de formação de formadores e de outras demandas de ensino que também precisamos atender. 

Acreditamos na força da nossa Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, com mais de 650 câmpus em mais de 500 cidades, para seguir fazendo o nosso trabalho. Os institutos federais mostram ano a ano que são essenciais para a transformação social que nosso País tanto precisa diante das mazelas que enfrenta.

Abordei ainda a questão das vagas de concurso a que temos direito para podermos atuar de forma plena e com as ofertas planejadas. Temos mais de 300 vagas docentes para serem encaminhadas e 140 vagas de TAEs, mas não recebemos até o momento nenhuma sinalização do agora Ministério da Economia para aumento do nosso banco e de termos esses códigos de vagas.

Essa incerteza e esse cenário difuso nos angustiam em termos de contexto, pois não podemos deixar de planejar, mas sem termos segurança de diretrizes, vagas e orçamento, nosso planejamento pode ser inócuo. Estamos com a construção do nosso próximo Plano de Desenvolvimento Institucional a todo vapor, mas nesse cenário instável. 

Por fim, finalizei minha fala dizendo que precisamos seguir nos posicionando contra as diferenças e desigualdades. Temos o compromisso – ainda mais sendo uma instituição de educação – de seguir na luta contra o machismo, a homofobia e o preconceitos Se queremos uma sociedade mais igualitária, precisamos educar para isso. 

Troféu Maricota

É com muito orgulho que recebi ontem à noite o Troféu Maricota, concedido pela Prefeitura Municipal de Florianópolis para representantes femininas que tenham relevante atuação em suas áreas. Fui destaque na área de Educação e fiquei muito emocionada porque não é apenas uma conquista pessoal. A homenagem é para todo o IFSC, para todos os servidores que lutam por uma educação pública de qualidade, para todos os alunos que acreditam na nossa instituição e que nos escolhem para trilharmos juntos esse caminho transformador que a educação possibilita.

Em uma época em que temos lutado tanto pelo direito das mulheres, vejo este prêmio como um reconhecimento para todas as mulheres que trabalham para transformar a sociedade, e a educação é fundamental nesse processo. Nós temos que lutar para mudar o cenário de desigualdade e a educação tem a capacidade de transformar o mundo em um lugar mais justo e igual.

Parabenizo às outras homenageadas que fazem a diferença em suas áreas!

O troféu é concedido em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que celebramos hoje. Compartilho nosso cartão institucional para marcar uma data que precisa existir para nos lembrar de que a luta deve ser diária. Me orgulho muito de representar as mulheres na gestão de uma instituição pública, de ser mãe de três fortes mulheres e de conviver diariamente com servidoras e alunas que mostram sua força e sua competência.

Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

IFSC Realiza Teste-Piloto da University of Cambridge

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 01 mar 2019 12:33 Data de Atualização: 07 mar 2019 17:17

Foi realizado nesta semana, nos campi Chapecó, São Miguel do Oeste, Urupema e Xanxerê, a convite do CONIF (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica), a aplicação de um teste-piloto de proficiência oral desenvolvido pela Universidade de Cambridge, que está desenvolvendo um teste próprio para avaliar a proficiência do inglês: o Linguaskill.

Um teste rápido, de duração média de 15 minutos, avaliou a proficiência oral de nossos alunos que em breve obterão um resultado de acordo com o CEFR (Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas).

Nas fotos está uma das turmas de alunos do campus Xanxerê, e a professora Aline Miriane Guerios, responsável pela aplicação do teste no campus.

Agradecemos a todos pela iniciativa e esforço colocado na realização deste teste, dada a agenda apertada que tivemos para organizar o andamento dessa atividade.

Um forte abraço da equipe da ASSINT - Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais, e do Núcleo de Línguas IFSC do Idioma sem Fronteiras!

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Consup e aniversário do Cerfead

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 01 mar 2019 17:44 Data de Atualização: 01 mar 2019 18:29

Olá!

Começamos a semana com a reunião do Conselho Superior, o Consup, nosso órgão máximo deliberativo. Tivemos a análise do recurso de um processo administrativo disciplinar, que acabou se estendendo pela maior parte da tarde. Por uma questão legal, quando temos um recurso de PAD não podemos fazer a transmissão da reunião para resguardar os envolvidos.

Em função disso, não conseguimos vencer toda a pauta planejada. Destaco a aprovação de três novos cursos: uma especialização em Educação em Ciências e Matemática e o curso superior de tecnologia em Design de Moda, ambos no Câmpus Jaraguá do Sul–Centro, e o curso técnico subsequente em Logística para o Câmpus Caçador. Os cursos devem ser ofertados no ingresso 2019.2.

Semana passada, estivemos na Secretaria de Estado de Educação, ocasião em que constatamos que há uma demanda enorme para a formação de professores do Ensino Básico e precisamos cumprir essa missão. Por isso, a importância de ofertarmos essa nova especialização em Educação em Ciências e Matemática, destinada à formação dos professores de escolas públicas.

As demais pautas ficarão para a próxima reunião, que será em 25 de março. A parte da reunião que foi transmitida pode ser conferida aqui.

5 anos de Cerfead 

Na quarta-feira, comemoramos um marco importante: os cinco anos do Cerfead, oficializado com a Resolução 08/2014 do Consup que fez com que a Educação a Distância se tornasse formalmente parte da estrutura organizacional do IFSC, com a criação do Centro de Referência em Formação e EaD, vinculado à Pró-Reitoria de Ensino. Este ato formal referendou a modalidade no IFSC em 2014 e atribuiu também a este órgão o foco na formação de formadores, uma das missões legais dos institutos federais.

Antes disso, já atuávamos com Educação a Distância, mas atrelados a programas de fomento como a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec). Hoje a maior parte da nossa oferta é própria. 

Fiquei muito feliz, orgulhosa e grata por podermos celebrar estes cinco anos e por termos todo esse reconhecimento interno e externo do trabalho que é feito no Cerfead. Acredito que a educação a distância é uma modalidade que traz uma conjuntura inovadora para a instituição que implica uma mudança de paradigma, embora ainda seja vista com certa resistência. Nós precisamos sempre reiterar o papel da EaD e mostrar os resultados e possibilidades. Muita gente que resiste acaba não aproveitando as muitas possibilidades que são oferecidas pelo Cerfead.

Compartilho aqui a notícia da nossa celebração.

Que possamos nos fortalecer e ir além, pois a EaD nos permite ultrapassar as fronteiras geográficas e a chegar em pessoas que talvez não teriam a oportunidade de estudo se não fosse desta forma. Além disso, a formação de formadores, que é um dos focos da nossa EaD, ajudou a melhorar a educação básica, qualificando os educadores públicos. Parabéns a todos os envolvidos desde o início do nosso trabalho com EaD até o momento! 

Outros assuntos:

- Formaturas: Participei, no sábado passado, da primeira formatura de um curso superior do Câmpus Lages. Tivemos a colação de grau do curso de Ciência da Computação. Formaturas são sempre emocionantes, pois envolvem muitos sonhos! É mais do que o sonho dos formandos e seus familiares, é o sonho de uma comunidade e o nosso mesmo enquanto instituição, vendo nosso trabalho dando resultado. Parabéns para estes e todos os demais alunos que estamos formando por agora! Inclusive, ontem estive no Câmpus Itajaí para a formatura dos cursos técnicos em Mecânica e Eletroeletrônica, onde a maioria dos formandos eram trabalhadores que já atuavam na área, mas não tinham essa qualificação profissional. Foi muito bonito de ver a alegria deles pela conquista de um diploma que os torna ainda mais capacitados em seus trabalhos. Nessas horas, vemos o sentido do IFSC na prática e nos motivamos a continuar lutando pela educação pública. 

- Reunião SPU/SC: Tivemos, na terça-feira, uma reunião com a Superintendência do Patrimônio da União para buscar espaços para o IFSC, tendo em vista, principalmente, a questão do nosso Cerfead, que funciona em um prédio alugado no centro da capital e possui alguns problemas de infraestrutura. Temos um terreno na BR-101, em São José, em que a ideia era construir uma prédio próprio para o Cerfead. No entanto, diante das dificuldades orçamentárias que temos enfrentado nos últimos anos, não temos recursos para construir uma nova estrutura. Nesse contexto, estamos trabalhando com a SPU na possibilidade de fazermos uma permuta deste terreno por alguma área já construída. No momento, a SPU não possui nenhum espaço que possa atender nossa necessidade e seguimos com essas tratativas para buscar uma solução.

Um bom carnaval a todos e voltaremos na quarta-feira de cinzas! Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

Codir e Conif

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 22 fev 2019 15:30 Data de Atualização: 01 mar 2019 09:29

Olá!

Começamos a semana com a reunião do Colégio de Dirigentes do IFSC, formado pelos pró-reitores e diretores-gerais dos câmpus. Entre os pontos de pauta, abordamos a atualização da nossa resolução 23/2014/Consup, que regulamenta a atividade dos docentes.

Em 2016, o Ministério da Educação publicou a portaria nº 17, que estabelece diretrizes gerais para a regulamentação das atividades docentes no âmbito da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Desde então, temos discutido sobre os ajustes que precisam ser feitos na nossa resolução para atender a portaria do MEC, pois praticamos parâmetros diferentes na carga horária docente. 

Como havia a indicação de que poderia sair uma nova portaria a respeito, estávamos no aguardo para fazer as modificações com base em documento mais recente. Tendo em vista que estamos atrasados em relação ao prazo dado, julho de 2017, temos que fazer os ajustes. O Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão, o Cepe, está estudando o assunto juntamente com a Pró-Reitoria de Ensino, Proen.

Vamos trabalhar nisso no Cepe para encaminhar a resolução alterada para apreciação do nosso Conselho Superior, provavelmente até final de abril. Ressalto que não vamos elaborar uma nova resolução, apenas faremos os ajustes necessários nos pontos que precisamos seguir conforme portaria do MEC.

No Codir, também abordamos a consulta pública do nosso Projeto Pedagógico Institucional e do nosso Planejamento Estratégico Institucional, que está aberta conforme comentei na semana passada e divulgamos no nosso Portal. Nos câmpus estão sendo realizadas as audiências públicas para alunos, servidores e comunidade em geral. Participem!

E discutimos ainda sobre nosso Plano de Oferta de Cursos e Vagas, que também entra na discussão do nosso próximo Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI. Temos vagas para receber do MEC, mas não sabemos ainda quando as teremos. De toda forma, já estamos planejando para podermos dar continuidade ao nosso trabalho.

A reunião foi transmitida ao vivo pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

Conif

Passei a maior parte da semana em Brasília, em mais uma reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Mais uma vez, reforçamos nossos esforços para arquivar o projeto de lei nº 11.279/2019, que altera a lei de criação dos institutos federais (Lei nº 11.892/2008).

Integrantes da diretoria executiva do Conif, que tomou posse na terça-feira, se reuniram com o subchefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil, Leonardo Quintão, na quinta-feira, e solicitaram o retorno da matéria ao Poder Executivo.

Foram destacados os possíveis impactos do PL sobre o desempenho da Rede Federal, como a redução de vagas em cursos de graduação e, consequentemente, a redução da oferta de formação de professores. Já falei disso em posts anteriores e da nossa preocupação com esse PL. O Conif entregou um ofício com as ponderações da Rede Federal sobre o PL ao subchefe que encaminhou o documento ao MEC para análise. Vejam aqui o documento

Outro momento importante da reunião do Conif foi a presença de Rafael Lucchesi, relator do documento no Conselho Nacional de Educação que estabelece as diretrizes curriculares para a educação profissional e tecnológica. Solicitamos que seja feito um debate mais amplo, com análises e inserções ao texto proposto. Foi decidido que o Conif vai criar um grupo de trabalho para acompanhar e fazer proposições ao documento, principalmente no que diz respeito aos nossos cursos integrados, que entendemos devem ter espaço garantido nas diretrizes. 

Eu e a reitora do Instituto Federal Catarinense, Sônia Fernandes, apresentamos os detalhes dos preparativos para a 43ª edição da Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, a Reditec, que será realizada em setembro, em Florianópolis, e está sendo organizada pelo IFSC e pelo IFC. Os conselheiros aprovaram a marca que nossa equipe da Diretoria de Comunicação fez para a Reditec 2019 e apoiaram o tema proposto para nortear a programação: “Mãos que fazem, mentes que transformam: 110 anos da Educação Profissional no Brasil”.

Todas as informações dessa reunião do Conif podem ser conferidas no site do Conselho.

Reunião com Governo de SC

Nesta sexta de manhã, tive uma reunião com o secretário de Educação do nosso Estado, Natalino Uggioni. Um dos principais pontos de pauta foi nosso Câmpus São Lourenço do Oeste. Hoje ofertamos nossos cursos à noite em uma escola do Estado, assim como estamos funcionando, durante o dia, em uma escola cedida pela prefeitura, mas que pertence também ao Estado. Por isso precisamos formalizar esta parceria, o uso dos espaços e a cessão do prédio ao IFSC. Reforçamos também que podemos potencializar nossa oferta conjunta com o Estado, que pode ofertar o Ensino Médio e o IFSC, cursos técnicos concomitantes ao Ensino Médio.

Também tratamos de ofertas de cursos de formação de professores do Estado por meio do nosso Centro de Referência em Formação e Educação a Distância, o Cerfead. Formar professores é um dos nossos objetivos e queremos ver maneiras de intensificar este trabalho com os docentes do ensino público estadual. Segundo o secretário, essa é uma ação primordial da secretaria e que conta com o IFSC nessa tarefa de valorizar e melhorar a atuação docente com inovação e qualificação. 

E amanhã estarei no Câmpus Lages para a formatura de nossos alunos! 

Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

Início das aulas e Reditec

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 15 fev 2019 14:39 Data de Atualização: 01 mar 2019 09:28

Olá!

Nesta semana, a maioria dos alunos iniciou o semestre letivo nos nossos 22 câmpus.

Estive na recepção dos estudantes no Câmpus Florianópolis. É muito bom ver a alegria de quem começa a estudar aqui e de quem retorna para um local que já se tornou familiar!

No meu discurso para os alunos, destaquei a importância da educação pública de qualidade no nosso País e de como o curso por eles escolhido pode gerar uma transformação em suas vidas. Ressaltei nosso empenho em combater injustiças e desigualdades e nosso foco na inclusão social.

Somos uma instituição que busca oferecer muitas oportunidades para os estudantes, como bolsas de Ensino, Pesquisa e Extensão, além de possibilidades de intercâmbio no exterior. Temos também um programa de Assistência Estudantil como forma de garantir aos alunos condições de permanência e êxito. 

Por sermos uma instituição democrática, temos colegiados e espaços em que os estudantes podem ter voz ativa e participar da gestão do Instituto. Convido os alunos a conhecerem essas oportunidades no nosso Portal, no site do seu câmpus ou se informando na coordenação do curso. Acompanhem também as mídias sociais do IFSC para estarem sempre bem informados e conectados. 

Compartilho abaixo a mensagem de boas-vindas que gravei para nossa comunidade acadêmica e que foi divulgada nesta semana na nossa página do Facebook:


Reditec

Nesta semana, tivemos reunião com a equipe do Instituto Federal Catarinense - com a participação, inclusive, da reitora Sônia Regina de Souza. Junto com com nossos servidores, principalmente da Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas, tratamos dos preparativos para a Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, a Reditec, que neste ano será realizada em Florianópolis, tendo o IFSC e o IFC como organizadores. O evento setá realizado de 9 a 13 de setembro em Florianópolis. Muita responsabilidade e envolvimento para recebermos mais de mil gestores de toda nossa rede federal! 

Estamos fechando uma proposta de tema e de programação para apresentarmos na reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif, na semana que vem. 

Outros assuntos:

- PDI: Como antecipei na semana passada, estamos com consulta pública aberta para alunos, servidores e comunidade em geral participarem da construção do nosso próximo Plano de Desenvolvimento Institucional. Além das audiências públicas que estão sendo promovidas pelos câmpus, é possível colaborar por meio de formulários on-line disponíveis na página do PDI. Nos ajudem a fazer um IFSC cada vez melhor!

- Cursos de qualificação: Terminam, neste domingo, as inscrições para nossos cursos de qualificação. Temos 4,6 mil vagas abertas em 25 cidades. As informações estão no nosso site.

E na próxima segunda-feira, é a vez dos nossos calouros dos cursos de graduação, que ingressaram por meio do Sistema de Seleção Unificada, iniciarem as aulas. Já deixo aqui também minhas boas-vindas!

Até a próxima semana!

 

BLOG DA REITORA

Semanas Pedagógicas e PDI

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 08 fev 2019 11:14 Data de Atualização: 01 mar 2019 09:28

Olá!

Nesta semana, os câmpus organizaram suas semanas pedagógicas em que reúnem os servidores para planejar as atividades do ano. Participei na segunda-feira do evento do Câmpus Florianópolis-Continente e na terça, do Câmpus Florianópolis

Em minha fala para os servidores, destaquei nosso foco na permanência e no êxito de nossos estudantes. Já avançamos nesse sentido, mas precisamos melhorar nossos indicadores. Nosso desafio não é somente incluir novos alunos, mas principalmente a permanência de quem já está aqui, tornando nosso ambiente escolar e nossa proposta pedagógica atraente, para que se formem e contribuam para a transformação da sociedade. 

Destaquei nas minhas falas que podemos pensar em currículos mais flexíveis e inovadores como tenho visto em outras instituições, inclusive agora em Portugal, onde estive na semana passada. Além disso, temos que estar abertos para entender as necessidades dos nossos alunos, nos adaptarmos a isso e aos desafios tecnológicos que nos instigam a buscar novas formas de ensinar e aprender. 

Também comentei que estamos na expectativa de como será o novo governo e que vamos seguir fortalecendo nossas ações e mostrando nosso papel enquanto transformadores sociais por meio da educação pública e de qualidade, voltada a quem mais precisa. Ao dar as boas-vindas aos servidores no início de um novo ano acadêmico, destaquei o nosso compromisso com a educação pública transformadora. Relatei também a reunião do Conif, com a nova equipe da Setec, ocorrida em janeiro em Brasília.

Novo governo

Em janeiro, tivemos reunião extraordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Os dirigentes da Rede Federal se reuniram com a nova gestão da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, a Setec, encontro do qual participei. Conhecemos o novo secretário, Alexandro Ferreira de Souza, e o novo diretor de desenvolvimento da Rede, Rodrigo Alves da Silva. 

O secretário enalteceu o trabalho da Rede e destacou o Ensino Médio Técnico e o nosso foco em ensino aplicado. Também ouviram bastante os relatos que fizemos das nossas instituições, ressaltando casos exitosos e conquistas dos nossos alunos, além de mencionar programas como o Mulheres Mil. 

Apresentamos nossas demandas e fizemos o pedido para que seja retirado o projeto de lei que foi apresentado no final do ano passado e que muda a lei dos institutos federais, colocando como obrigatoriedade que 70% das vagas sejam para o Ensino Técnico. Explicamos que é preciso fazer uma análise aprofundada e uma discussão com as bases que não aconteceu. Não temos dúvidas da importância do Ensino Técnico, mas também temos outras atuações relevantes como a formação de professores, e os cursos superiores, que em muitas regiões em que atuamos são a única opção gratuita para a população, assim como os cursos profissionalizantes voltados à educação de jovens e adultos.  

Os novos gestores nos escutaram e foi proposta reunião entre representantes do Conif e Setec para tratar de pautas específicas, como o orçamento, código de vagas e investimentos para a Rede Federal.

PDI

Iniciamos a etapa de construção pública do nosso próximo Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI 2020-2024. Já estamos com a consulta pública ao Projeto Pedagógico Institucional (PPI) e ao Planejamento Estratégico Institucional (PEI) e é importante que servidores, alunos e comunidade participem.

Compartilho abaixo um vídeo sobre este processo:




E, na segunda-feira, a maioria dos nossos alunos inicia as aulas. Desejo um bom início de semestre a todos!

Até mais!

BLOG DA REITORA

Missão em Portugal

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 01 fev 2019 11:45 Data de Atualização: 08 fev 2019 11:08

Olá!

Quero começar o primeiro post de 2019 desejando um ótimo ano para todos e com votos de que continuemos nosso trabalho intenso de dar oportunidades de educação a quem mais precisa. Fiz uma retrospectiva aqui de como foi 2018, cheio de desafios e conquistas, e é assim também que iniciamos mais um ano.

Dupla Titulação

Voltei de férias e já embarquei no sábado para Portugal - junto com a nossa assessora de Assuntos Estratégicos e Internacionais, Raquel Matys Cardenuto, e com os professores Piara Fernandes e James Silveira -. onde passamos a semana inteira visitando instituições parceiras e buscando novas parcerias também. O motivo principal da nossa viagem foi participar da banca dos trabalhos de conclusão de curso de quatro alunos do Câmpus Florianópolis, que são da primeira turma do nosso programa de dupla titulação em Engenharia Elétrica do IFSC com o Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) do Instituto Politécnico do Porto (IPP). Estes estudantes se inscreveram no primeiro edital que lançamos em 2017 e embarcaram aqui para Portugal em março, onde permaneceram por dois semestres.

Nesta sexta-feira, estamos o dia inteiro participando das bancas e nos enchendo de orgulho do trabalho de nossos alunos. A gente se esforça para conseguir esta parcerias de maneira institucional, ampliando as oportunidades dos nossos estudantes – ainda mais em um momento tão globalizado em que vivemos -, mas tudo só é possível pela dedicação dos nossos discentes e professores. Fiquei bem feliz com o resultado dos trabalhos até o momento e parabenizo todos os envolvidos!

Já temos três alunos da segunda turma de Engenharia Elétrica aqui em Portugal participando do programa e já lançamos um terceiro edital, que selecionou mais quatro estudantes que embarcam na próxima semana. Agradecemos o IPP por mais esta parceria que esperamos continuar com esse sucesso.

Parcerias internacionais

Como tínhamos este compromisso das bancas, resolvemos aproveitar o deslocamento até Portugal para fazer uma agenda de visitas a instituições parceiras e buscar novas oportunidades.

Na segunda-feira, fomos ao Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), onde tivemos reunião com a pró-presidente Susana Piçarra, o diretor da Escola Superior de Tecnologia Nuno Pereira e outros diretores de escolas do instituto. Também nos encontramos com o presidente do Departamento de Eletrotécnica, José Luiz Souza, que é quem recebe nossos alunos intercambistas. Conversamos sobre a ampliação das parcerias, conhecemos novos laboratórios e fizemos a avaliação do nosso programa de intercâmbio, o Propicie, no IPS e demos os encaminhamentos necessários para a dupla titulação.

Na terça-feira, estivemos na Universidade de Évora, uma instituição que o IFSC ainda não possui parcerias. Fomos recebidos pela vice-reitora, Ausenda Cáceres Balbino, e pela professora Maria João Cabrita. Também conversamos com a coordenadora de Enoturismo Eunice Amaro da Fundação Cartuxa, que irá receber uma missão do Câmpus Urupema em abril.

Tratamos mais especificamente de oportunidades para alunos que estudam na área de Viticultura e Enologia com possibilidades de intercâmbio para nossos estudantes do Câmpus Urupema. Também conhecemos a universidade que tem mais de 450 anos e atua em várias áreas. Foi muito interessante vivenciar tanta história e as possibilidades que temos. Vamos assinar, em breve, um protocolo de entendimento para iniciarmos as articulações. Eles possuem um programa de mestrado na área de vinicultura que pode ser uma possibilidade para nossos alunos.

Quarta-feira passamos o dia em deslocamento em uma viagem de seis horas, Na quinta de manhã, fomos ao Porto Design Factory do IPP, onde temos alguns intercambistas, e de tarde fomos na faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). Já temos protocolo assinado com a universidade e queremos intensificar a parceria com intercâmbio de alunos e capacitação de servidores principalmente, que podem fazer estágios nas instituições parceiras. Visitamos vários laboratórios em áreas em que o IFSC tem bastante interesse e vamos encaminhar, na nossa volta, os contatos para as aproximações entre as instituições.

Estão sendo dias de muito trabalho, com muitas atividades e conversas, mas que só trarão ainda mais oportunidades para nossos alunos e servidores. Fortalecer a nossa internacionalização é um dos pontos do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional e essas missões servem para ampliar a mobilidade de estudantes e servidores.

Estaremos de volta ao Brasil no domingo. Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Relato do Henrique Hilleshein | Intercambista do Propicie 14

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 05 fev 2019 14:35 Data de Atualização: 05 fev 2019 14:42

Eu cheguei na Finlândia na metade de setembro e fui muito bem recebido por toda a equipe da HAMK Smart, a qual é a unidade de pesquisa da HAMK que trabalhei. Nos primeiros dias Kristiina e Joni foram muito atenciosos durante minha adaptação e acomodação, tornando bem tranquila a minha estadia desde o começo.

O projeto que trabalhei foi muito interessante, pois eu nunca havia trabalho com internet das coisas (tema do projeto). O projeto teve seus contra tempos, mas foi finalizado sem problemas com a coloboração da equipe e também com uma empresa que estava ligada ao projeto.

Enquanto eu trabalhava no projeto, também fui convidado a prover uma palestra sobre internet das coisas para alunos da HAMK. Essa experiência aumentou muito minha confiança com o inglês, pois fui capaz de palestrar normalmente e também de responder a dúvida dos alunos.

O intercâmbio foi uma ótima experiência, conheci pessoas de toda a europa e formei algumas amizades. Também fiz uma viagem para a Rússia, junto com um grupo de brasileiros da Paraíba que encontrei na Finlândia. Nós apanhamos juntos devido ao idioma, pois os russos em grande maioria não sabem falar inglês e nós muito menos russo, mas foi muito divertido. Após voltar para o Brasil, aproveitei para visitar alguns dos brasileiros, conhecendo assim um pouco do nordeste brasileiro.

O clima da Finlândia deixa um pouco a desejar se comparar com o clima daqui, mas mesmo com esse problema, é um ótimo lugar para se morar. Decidi retornar para lá, mas agora a trabalho e também para estudar um mestrado. Obviamente que vou aproveitar a oportunidade para visitar os Finlandeses que conheci por lá. 

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

2018: aprender com os desafios e valorizar as conquistas

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 28 dec 2018 11:25 Data de Atualização: 09 jan 2019 10:14

Olá!

Esta é a última postagem do blog neste ano que foi muito intenso, cheio de trabalho, desafios e conquistas, como o resultado do Índice Geral de Cursos, o IGC, divulgado pelo MEC, que é o resultado das avaliações dos cursos de graduação das instituições de ensino superior. O conceito geral 4 para nossa instituição é um resultado que reflete o trabalho dos nossos servidores e o empenho dos estudantes. É muito importante que resultados como esses sejam divulgados e valorizados para que se reconheça o papel transformador da educação pública e dos institutos federais na vida das pessoas.

Sempre gosto de encerrar o ano com uma retrospectiva dos principais assuntos do IFSC, que tratei aqui no blog. Este ano especialmente tivemos momentos de incertezas e definições importantes. Minha avaliação é positiva e penso que, para 2019, com o empenho de todos, vamos trabalhar juntos para superar os desafios que surgirem e continuar atuando em prol dos nossos alunos, que são nossa grande motivação.

Dez anos da Rede: 2018 foi o ano que marcou os 10 anos de atuação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, criada pela Lei Federal nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Essa lei é a certidão de nascimento de todos os Institutos Federais e possibilitou uma expansão da educação profissional sem precedentes por todo o país. O IFSC tinha sete câmpus em 2008 e hoje temos 22, eram 5 mil alunos e hoje nossa comunidade discente passa de 40 mil. Essa expansão é importante para a democratização da educação porque leva o ensino público, gratuito e de qualidade em todos os níveis para o interior do país, permitindo o acesso a quem sempre esteve excluído desse direito fundamental. Em 2019, seguiremos trabalhando, lutando pela garantia da educação para todos e pela sua ampliação, defendendo e consolidando a Rede Federal! Os 10 anos da rede motivaram sessões solenes da Assembleia Legislativa de Santa Catarina e da Câmara dos Deputados ao longo do ano, um importante reconhecimento social e político ao nosso trabalho.


Conif: A preocupação com a democracia e a defesa da educação foi um sentimento presente ao longo do ano no Conif, que é o conselho que reúne os dirigentes de todos os Institutos Federais. Em outubro, o órgão publicou um manifesto repudiando práticas que atentem contra os direitos fundamentais e afirmando a educação como forma de enfrentar com serenidade as disputas no país. Como educadores que somos, é importante marcar essa posição, em defesa da educação pública, da qualidade e excelência dos institutos federais como oportunidade aos trabalhadores e aos mais carentes e necessitados. Nossa missão de incluir e formar cidadãos, sempre atual, é nossa maior motivação.

Ingresso: Nosso Departamento de Ingresso lançou ao longo do ano mais de 50 editais com ofertas de vagas em cursos de todos os tipos e níveis, desde os técnicos até de graduação e pós-graduação, passando pelos de Formação Inicial e Continuada (FIC) com toda sua amplitude de áreas, e os Proeja, além das opções na modalidade a distância. Foi aprovada a oferta de 17 novos cursos, entre especializações, técnicos e superior de tecnologia. Estamos aprimorando nossas campanhas de ingresso e conquistando resultados bastante positivos: somente no ingresso para o primeiro semestre de 2019, tivemos um acréscimo de 39,8% no número de inscrições para cursos técnicos integrados, concomitantes, subsequentes e Proeja.


Flexibilização: Um assunto importante que trouxe bastante tensão foi a questão da jornada flexibilizada dos servidores técnico-administrativos. Tivemos irregularidades constatadas pela Controladoria-Geral da União (CGU), que encontrou inconsistências nos processos de flexibilização então vigentes. A partir das recomendações emitidas pelo órgão de controle, tivemos que constituir uma nova regulamentação sobre a jornada de trabalho dos técnicos-administrativos, assim como revisar todos os processos de concessão, de acordo com critérios estabelecidos pela Controladoria e também por uma nova orientação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Foi um processo desgastante, conflituoso e difícil, pois alguns servidores atingidos pelas novas determinações foram para o embate ao invés de compreenderem o contexto novo e contribuir para uma mudança menos difícil. Necessário ressaltar que, como servidores públicos, precisamos atender a legislação e as indicações dos órgãos de controle. Foi um período muito complexo para o IFSC, mas superamos a crise e, com certeza, todos aprendemos com essa situação.

Viagens: Em outubro, representei nossa instituição no XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, no Equador. Participei de uma mesa em que expus um panorama do Sistema de Educação Superior Brasileiro e destaquei o papel dos Institutos Federais, abordando nossa gestão por meio de conselhos e colegiados, escolha direta dos dirigentes e sistema de ingresso democratizado. Em novembro viajei à República Dominicana para representar o Conif no V Encuentro do Espacio Interamericano de Educación Superior Técnica y Tecnológica, EIESTEC, que discutiu o tema "La Formación Técnica Superior Integral, Internacional y Digital". Esse evento teve a participação de representantes de 10 países com muitos debates, análises e articulações entre as instituições participantes, e nossa representação foi importante para levar a experiência da capilaridade da Rede Federal e da nossa atuação em rede. Eventos assim são momentos importantes em que levamos a experiência do IFSC para o contato com outras instituições, possibilitando também novas parcerias e conhecendo outras experiências.

Eventos da rede: A Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, a Reditec, foi realizada em setembro e nossa participação foi bastante importante. Além das discussões muito produtivas em torno do desafio da inclusão na realidade do trabalho do século 21, tivemos vários trabalhos dos nossos servidores selecionados na Mostra de Experiências Exitosas, dos quais dois foram premiados. Em 2019, realizaremos a Reditec em Florianópolis, numa parceria com o IFC. Nossos estudantes participaram também, em outubro, dos Jogos dos Institutos Federais, no Ceará.

Eventos do IFSC: Nossos dois eventos sistêmicos foram mais uma vez realizados com o empenho das equipes organizadoras e a dedicação total dos alunos, que são a razão de tudo o que fazemos. Em agosto, os Jogos do IFSC no Câmpus Criciúma mais uma vez mostraram que o esporte é um instrumento de congregação e que todos são vencedores. Em setembro, o Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepei 2018) trouxe 1,6 mil participantes ao Câmpus Florianópolis - Continente. Apresentações de trabalhos, palestras, mesas redondas e oficinas, além dos momentos de descontração entre as atividades foram renovadores.

Atuação dos colegiados: A atuação no Conselho Superior, o Consup, nossa instância máxima de decisão, e o Colégio de Dirigentes, o Codir, que reúne diretores-gerais dos câmpus e pró-reitores, é a concretização da democracia na gestão da instituição. Foi um ano de decisões importantes, reuniões acaloradas mas também de colaboração e avanços. No Consup, destaco a eleição dos novos representantes, que tomaram posse em agosto. Já no Codir destaco a necessidade de fortalecimento do colegiado, priorizando o coletivo e o trabalho em rede. Amadurecemos nos colegiados mas ainda precisamos de mais solidariedade e empatia nas defesas e análises das pautas.

Orçamento: Esse ano, tivemos a liberação integral de todo orçamento aprovado pelo congresso. Então trabalhamos com mais planejamento. Porém, nosso orçamento é menor que o necessário para funcionarmos e investirmos naquilo que é essencial. Em 2014, tivemos R$ 40 milhões em recursos de investimento liberados ao IFSC para obras e equipamentos. No ano de 2018 somente R$ 4 milhões, o que é muito aquém das nossas necessidades de obras e infraestrutura. Fizemos o Plano Anual de Trabalho PAT 2019 de modo coletivo, estabelecendo as prioridades, mas não temos todas as nossas necessidades contempladas no orçamento 2019.

Sistemas: Em 2018 foi implementado o novo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas, o Sigaa, que dá mais agilidade e segurança no tratamento das informações e dados, tanto para alunos quanto para servidores. Para 2019, estaremos desenvolvendo novas aplicações para os sistemas de modo a avançarmos mais ainda na agilidade e transparência.


Portal do IFSC: Concretizamos este ano a implantação do novo Portal do IFSC, agora focado nos nossos alunos e potenciais alunos, com prioridade para informações sobre os processos de ingresso. O portal está com visual mais leve e é responsivo, ou seja, pode ser facilmente acessado pelo celular, que é o dispositivo que a maioria das pessoas usa para navegar na internet. Toda mudança é um processo e, ao mesmo tempo em que o portal principal vai passando por ajustes, nossa equipe da Diretoria de Comunicação já está implementando a atualização dos sites dos câmpus pelo mesmo modelo.

Infraestrutura: Apesar das dificuldades orçamentárias, conseguimos concentrar esforços para viabilizar a melhoria da infraestrutura nos câmpus. O ginásio do Câmpus Itajaí foi inaugurado em março e Câmpus Caçador ganhou sua quadra poliesportiva em abril. Em outubro foi inaugurado o Bloco 6 do Câmpus Joinville, que incrementou em 1.250 metros quadrados a estrutura física do câmpus. Já no final de novembro ocorreu a inauguração do ginásio do Câmpus Jaraguá do Sul-Centro, estrutura bastante aguardada pela comunidade. Terminamos também a obra da Unidade Didática Agroecológica do Câmpus Lages. Ainda temos obras importantes em andamento que serão inauguradas no próximo ano: Xanxerê, Tubarão, Jaraguá do Sul - Rau e Criciúma. Assim como iniciaremos, em janeiro, a obra da portaria do Câmpus Florianópolis – Continente e Reitoria.

Capacitação de servidores: Demos início em abril à primeira turma do Mestrado em Administração ofertado em parceria com a Unisul, exclusiva para nossos servidores técnico-administrativos. Também o ProfEPT, ofertado em rede, deu início à segunda turma, possibilitando a mais servidores a formação com foco específico na Educação Profissional e Tecnológica. Edital da terceira turma do Mestrado ProfEPT está aberto com mais de 400 vagas. Confira o edital aqui. Mais uma importante conquista foi a contratação, por meio de chamada pública, da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) para uma turma de Mestrado Profissional em administração para servidores técnicos-administrativos do IFSC. Essa foi uma promessa aos nossos taes do Oeste que sempre tiveram dificuldades para se qualificar. Veja o edital aberto aqui.

Agradeço a todos os servidores, alunos e comunidade pela dedicação e compromisso com o IFSC e em defesa da educação pública. Somos fortes porque somos unidos e solidários! Precisamos melhorar muito como sociedade, enfrentando quaisquer formas de preconceitos, combatendo machismo, racismo e homofobia. Lutando por uma sociedade mais justa e igualitária, encaramos juntos os desafios de 2019! Feliz Ano Novo!

BLOG DA REITORA

Como fazer para validar um curso de pós-graduação feito no exterior?

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 07 jan 2019 10:27 Data de Atualização: 07 jan 2019 11:25
Como fazer para validar um curso de pós-graduação feito no exterior?

No primeiro post de 2019, queremos dar algumas orientações sobre validação para nossos alunos que eventualmente pretendam fazer uma pós-graduação no exterior.

Primeiro, o aluno deve entrar em contato com a instituição estrangeira, que esteja selecionando alunos para o curso de mestrado ou doutorado desejado, e verificar durante o processo seletivo se o curso de graduação realizado no Brasil atende os critérios exigidos pela instituição.

Em caso de não reconhecimento, não há muito o que fazer, exceto tentar outras instituições com cursos parecidos.

Conquistado o reconhecimento e finalizada a pós-graduação, na volta para o Brasil, o aluno precisa encontrar uma universidade (pode ser pública ou particular), que tenha um curso parecido com o que foi feito fora.

É aberto, então, um processo de análise que deverá ser finalizado em no máximo 180 dias, com o resultado do reconhecimento, que novamente, pode ser total, parcial, ou negado. Quanto à cursar unidades curriculares que não foram reconhecidas nesse processo, instituições públicas podem sugerir (ou não) que o aluno se inscreva no processo seletivo do curso correlato e caso aprovado, faça apenas o que precisa para obter o diploma. Instituições particulares podem oferecer soluções diferentes.

Informações mais detalhadas sobre esse processo, incluindo a documentação necessária para solicitar o reconhecimento, estão nesta Portaria Normativa do MEC, de 13 de Dezembro de 2016.

É importante ler os itens com bastante atenção, para não esquecer nenhum documento, e saber bem sobre os prazos e responsabilidades das instituições de ensino, bem como sobre funciona o processo de reconhecimento.

Desejamos que todos tenham muito sucesso em sua busca por conhecimento e crescimento profissional e acadêmico!

Um forte abraço,

Equipe Assint.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Índice Geral de Cursos e formaturas nas Penitenciárias

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 21 dec 2018 12:16 Data de Atualização: 21 dec 2018 12:24

Olá!

Tivemos nesta semana uma notícia animadora para encerrar o nosso ano de atividades. Na divulgação do Índice Geral de Cursos, o IGC, pelo MEC, conquistamos o conceito 4, melhorando nosso desempenho em relação ao ano passado. O IGC é o resultado das avaliações dos cursos de graduação das instituições de ensino superior e é divulgado anualmente. A conquista do conceito geral 4 indica um incremento na qualidade geral da oferta dos cursos do IFSC e reflete o trabalho dos nossos servidores e o empenho dos estudantes. Neste momento em que a qualidade da educação pública por vezes vem sendo posta à prova, é importante que dados objetivos como esses sejam divulgados e valorizados de forma transparente, para que se reconheça o papel transformador da educação pública na vida das pessoas.

Na avaliação por curso, temos dois do Câmpus Florianópolis com o conceito 5, que é o mais alto: Engenharia Civil e Engenharia Elétrica. Outros seis cursos superiores de tecnologia e engenharias dos câmpus Gaspar, Florianópolis e Chapecó receberam conceito 4. Publicamos notícia no nosso Portal com os detalhes. Para nós é um orgulho perceber que, com apenas dez anos de atuação como Instituto Federal, nosso desempenho no ensino superior já alcança a excelência das melhores universidades do país. Trabalho, dedicação e indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão são a receita!

Formaturas

Na terça-feira, participei de duas formaturas de 96 apenados nas unidades prisionais masculina e feminina do sul do estado. O Câmpus Criciúma está muito engajado na formação de apenados e as cerimônias de entrega de certificados foram momentos muito emocionantes. Para nós, educadores, a certeza de que estamos colocando em prática nossa missão - um IFSC de todos para todos. Para os homens e mulheres em privação de liberdade, uma esperança no certificado profissional.

Os depoimentos demonstram que nossa educação pública cumpre um papel social estratégico para a transformação da sociedade. Registro reconhecimento e gratidão institucional aos servidores do IFSC e da Secretaria de Segurança Pública do Estado pela dedicação, compromisso e sensibilidade na promoção de turmas do Certific, cursos FIC e atividades de extensão dentro das unidades prisionais. Tenho dito em meus discursos, e ratifico aqui: só conseguiremos transformar nossa realidade, alcançar uma sociedade mais justa, fazendo diferente, enfrentando os preconceitos que culturalmente nos apegamos e promovendo ações de inclusão de impacto e continuidade. Fica a lição de que as alunas e alunos apenados aprenderam tanto quanto o IFSC, nessa atuação. 

Fim de ano

Estamos em ritmo de desaceleração, nos preparando para as férias. Na semana que vem farei aqui um balanço do ano de 2018, que foi muito desafiador, mas também cheio de alegrias e bons resultados! Desejo a todos um Feliz Natal, ao lado de suas famílias e seus afetos, com muita paz e boas energias.

Até semana que vem!

BLOG DA REITORA