Histórico

Câmpus surgiram para atender à vocação econômica da cidade

O IFSC começou sua história em Jaraguá do Sul em julho de 1994, no atual endereço do Câmpus Centro, em um prédio doado pelo Governo Estadual e com mobiliários doados pelas empresas da cidade. As primeiras atividades atenderam 100 alunos de dois cursos técnicos: Eletromecânica e Têxtil. Nesta época a instituição ainda era conhecida como Escola Técnica Federal de Santa Catarina (ETFSC) e o câmpus em Jaraguá do Sul foi sua terceira unidade, a primeira fora da Grande Florianópolis.

Até 1997, a unidade passou por um período de implantação, onde ocorreram diversas conquistas, como a regulamentação da posse definitiva do prédio doado, a contratação dos primeiros professores efetivos, a implantação dos primeiros cursos de qualificação profissional e a estruturação dos primeiros laboratórios, com destaque para o primeiro laboratório de eletromecânica doado pela empresa WEG.

Entre 1997 e 2001, houve ampliação das instalações físicas, com a construção de novos blocos e novos laboratórios foram implantados. A partir de 2001, foram contratados os primeiros técnicos-administrativos efetivos e a escola passou por novas reformas, aquisição de móveis e equipamentos. Foi também nessa época que aconteceu uma reorganização dos cursos existentes e o início da oferta do curso técnico de Moda e Estilismo, depois chamado de Produção e Design de Moda e que hoje deu origem ao curso superior de Tecnologia em Design de Moda.

Em 2002, a instituição mudou de nome e se transformou em Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina (CEFET-SC). Até 2010 houve uma expansão tanto no número de alunos quanto no número de servidores, ampliando também a área construída (de 3.000m² para cerca de 5.000m²) e implantando o primeiro curso superior público e gratuito da região de Jaraguá do Sul - a licenciatura em Ciências da Natureza com habilitação em Física, hoje renomeada para Licenciatura em Física - e também o curso Técnico Integrado ao Ensino Médio em Química, que hoje é uma referência na região tanto na formação técnica quanto nos índices de aprovação dos alunos em vestibulares.

Foi durante esse período, em 2008, que o antigo CEFET passou a se chamar Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e também se iniciou o processo de federalização do extinto Centro Politécnico Geral Werninghaus (Cepeg), dando origem ao Câmpus Jaraguá do Sul – Rau, originalmente denominado Câmpus Avançado Geraldo Werninghaus.

O início das atividades aconteceu ainda no segundo semestre de 2010, com os 36 estudantes que compunham a primeira turma do curso superior de Tecnologia em Fabricação Mecânica. No primeiro semestre do ano seguinte os cursos técnicos em Mecânica e Eletrotécnica, que eram ofertados pelo Câmpus Jaraguá do Sul – Centro, foram transferidos para a unidade Geraldo Werninghaus. A entrega oficial do novo câmpus à comunidade de Jaraguá do Sul aconteceu no dia 18 de abril de 2013. 

Atualmente, os dois câmpus de Jaraguá do Sul ofertam cerca de 2.400 vagas entre cursos de qualificação, técnicos e superiores. Contando com aproximadamente 200 servidores, entre técnicos e docentes, os câmpus cumprem o compromisso dos Institutos Federais de oferecer educação pública, gratuita e de qualidade para a população da região do Vale do Itapocu.

Voltar ao Topo