Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC ofertará cursos pelo Pronatec no restaurante-escola de Laguna

CÂMPUS GAROPABA Data de Publicação: 29 set 2015 21:00 Data de Atualização: 06 fev 2018 14:59

 

O Câmpus Garopaba do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) deve iniciar ainda neste semestre a oferta de cursos em Laguna, no restaurante-escola, concluído em 2013. Os cursos serão ofertados por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O local, concluído em 2013, receberá adequações nas redes elétrica, hidráulica e de gás para possibilitar formação profissional nas áreas de Turismo e Gastronomia. 

 

O diretor de expansão do IFSC, Caio Monti, explica que a meta do governo municipal é instalar um câmpus avançado em Laguna, vinculado ao Câmpus Garopaba. A prefeitura vai providenciar reparos no espaço que nunca foi utilizado desde a construção. Logo que as adequações forem concluídas, técnicos do IFSC farão o teste de funcionamento de equipamentos como refrigeradores e câmaras frias. A partir disso, o restaurante escola poderá sediar as aulas teóricas e práticas dos cursos Pronatec.

 

O IFSC participa do projeto desde o início, com a tentativa de utilização de um prédio histórico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que acabou não se viabilizando. Então, a prefeitura adquiriu terreno no bairro Laguna Internacional e construiu o prédio atual, com liberação de recursos do Governo Federal através dos Ministérios do Turismo e do Trabalho e Emprego.

 

O professor Caio conta que auxiliou na especificação dos detalhes para instalação da cozinha, copa, laboratório de sala e bar, bem como na definição dos equipamentos necessários, como câmaras frias, ilhas de cocção e bancadas de trabalho. “A expansão da Rede Federal está suspensa, mas o uso desse espaço será compartilhado com a prefeitura, que vai centralizar no local a distribuição da merenda das escolas municipais. A comunidade local aguarda pelo IFSC há mais de dois anos. Agora, com a inauguração da Ponte Anita Garibaldi, o turismo de Laguna tem alcançado números históricos, mesmo fora da alta temporada”, falou.

 

A diretora-geral do Câmpus Garopaba, Telma Pacheco Amorim, corrobora a visão da diretoria de expansão. “A ideia é transformar a unidade de Laguna em um câmpus avançado, com mais cursos e mais vagas”, afirma. Para este semestre estão previstos nove cursos no local: salgadeiro, barista, cerimonialista, condutor de turismo de aventura, recepcionista de eventos, bartender, cozinheiro, condutor de turismo de pesca e recreador cultural, todos pelo Pronatec. A expectativa é atender 180 alunos para qualificação profissional nestas áreas. As vagas serão preenchidas a partir do cadastro dos interessados junto ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e ao Sistema Nacional de Emprego (SINE) locais, preferencialmente para pessoas em vulnerabilidade social e trabalhadores.

 

CÂMPUS GAROPABA