Pular para o conteúdo

Notícias

São Carlos reinaugura igreja que alunos e professores do IFSC auxiliaram a restaurar

ENSINO Data de Publicação: 05 mar 2020 11:29 Data de Atualização: 05 mar 2020 14:21

Em 15 de março, a comunidade São José, no interior de São Carlos, irá reinaugurar sua igreja, construída há mais de 70 anos e que passou por um processo de restauro nos últimos dois anos, com auxílio do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), da Prefeitura de São Carlos, da Fundação Cultural e da comunidade.

Primeiro, a Igreja Católica São José foi tombada historicamente e tornou-se oficialmente um bem com valor histórico, cultural, de valor afetivo para a população. Em seguida, a partir do conhecimento de cada um dos parceiros, ela passou por um processo de restauro para que possa receber a comunidade novamente. “É uma honra vermos a igreja assim. Essa igreja acompanha a história da nossa comunidade há sete décadas e agora vai continuar acompanhando por muito mais tempo”, comenta o casal Carlos e Claucia Raupp, que assim como outras 70 famílias ainda mora e trabalha com plantação e animais, principalmente gado de leite, na comunidade.

O IFSC auxiliou com o conhecimento técnico, já que no Câmpus São Carlos há professores, técnicos-administrativos e alunos ligados ao Técnico em Edificações e à graduação em Engenharia Civil. “A comunidade buscou nosso auxílio, então iniciamos o trabalho na igreja realizando um diagnóstico e raio-x de todo o prédio, além de um levantamento histórico, e sempre equilibrando a legislação com as necessidades da comunidade”, conta a professora Etianne Oliveira.


Com auxílio de profissionais da Fundação Cultural de São Carlos, os alunos e professores observaram, por exemplo, que nunca poderia ser trocada a porta inteira da igreja, mas apenas pequenos pedaços que estavam comprometidos pela ação do tempo (chuva, sol, etc.). “E mesmo assim, no restauro, cada pequena parte da igreja que fosse trocada tinha que ser da mesma dimensão, mesmo material, etc.”, conta Etianne. 

A partir destes primeiros passos do IFSC, a prefeitura lançou uma licitação e a construtora Portal das Thermas de São Carlos passou ao restauro na prática. Profissionais como o engenheiro da prefeitura, Matheus Bochi Frare, e o mestre de obras Luiz Pires, foram fundamentais para que a igreja mantivesse suas características originais. Cada pedaço de madeira que foi trocado está marcado com a data atual (2019) para que se perceba o quanto da igreja foi mantido de forma original. A forma antiga de construção, com a madeira encaixada, também foi preservada em todos os pontos possíveis.

Este é um dos pontos que mais chamou a atenção da aluna de Engenharia Civil do IFSC e moradora da comunidade, Vanessa Schuster. “Fui batizada na igreja, fiz catequese, crisma. Então, a igreja faz parte da minha história. Saber que há tantos anos, apenas com força de vontade e união eles conseguir edificá-la, é fascinante para mim. E agora é fascinante a igreja ter sido restaurado e essas características originais terem sido mantidas”, afirma.

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 115 mil da prefeitura e R$ 50 mil da comunidade São José, de comerciantes e de mais membros do município. A inauguração será a partir das 9h, no dia 15 de março, com carreata, missa, almoço e matinê. “A igreja representa o passado, a história de quem casou, de quem fez catequese, de quem vem à missa toda semana. E agora também representa agora o futuro de pelo menos mais 50 anos”, afirma o presidente da comunidade Ejair Brutscher.

 

ENSINO EXTENSÃO CÂMPUS SÃO CARLOS

Nó: liferay-ce-prod03