Pular para o conteúdo

Notícias

Evento aborda cultura e gastronomia a partir de clássicos da literatura

EXTENSÃO Data de Publicação: 15 out 2021 14:50 Data de Atualização: 19 out 2021 10:47

Um clássico, seja na literatura ou na gastronomia, é sempre uma boa pedida. Aliar essas duas áreas, então, resulta num evento recheado de cultura sobre diversos países. O curso on-line e gratuito “Por que se alimentar dos clássicos?” está sendo ofertado pelo Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT),  Câmpus Cáceres, em colaboração com o Câmpus Florianópolis-Continente do IFSC e o Câmpus Engenheiro Paulo de Fontin do IFRJ.

Todo mês, até junho de 2022, é apresentada uma obra literária que tenha relação com a culinária. Na próxima segunda-feira (18/10) será a vez da professora do Câmpus Florianópolis do IFSC, Lênia Pisani Gleize, abordar um clássico da literatura francesa. Ela vai falar de François Rabelais, escritor humanista, e seus célebres personagens glutões: Gargântua e Pantagruel. 

"Rabelais foi o primeiro escritor europeu a incorporar o vocabulário gastronômico na literatura. No século XVI, a comida não era considerada assunto nobre, a ponto de ser apresentada em livro. Mas, Rabelais coloca o povo em destaque, com sua cultura e hábitos alimentares", explica Lênia. Ela lembra que, para publicar Pantagruel e Gargântua, o escritor adotou um pseudônimo. Os dois textos mais conhecidos de Rabelais fizeram parte do Index, obras proibidas pela Universidade Sorbonne.

Como o objetivo é abordar os contextos culturais e gastronômicos dos países em que as obras clássicas literárias foram inspiradas, além da professora com formação em Literatura, participarão do evento os professores Donato Marcelo Dreher Heuser e Jucélio Kulmann de Medeiros, do Câmpus Florianópolis-Continente, com dicas de gastronomia e enologia.

Para acompanhar as palestras, basta acessar o canal do Youtube  do Câmpus Engenheiro Paulo de Frontin do IFRJ.

"Por que ler os clássicos?"

A inspiração para o ciclo de palestras veio da obra de Ítalo Calvino: "Por que ler os clássicos". A resposta dada pelo autor a essa pergunta é muito simples: "ler os clássicos é melhor do que não os ler…".

Com essa frase na cabeça, o professor do IFMT Cáceres Paolo Targioni idealizou a proposta, que tem coordenação do professor Marcos Aparecido Pereira, também do IFMT. Foram reunidos professores de diferentes institutos e universidades do país para falar sobre o assunto. Este já é o segundo projeto em rede, idealizado por Paolo, que envolve os Institutos Federais. O primeiro deles é o curso on-line de italiano básico com dicas de culinária, arquitetura e história ofertado para servidores e estudantes do IFMT, IFSC e IFRJ.

 

EXTENSÃO EVENTOS

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.