Histórico

Câmpus surgiu para atender à vocação econômica da região

Criado em Florianópolis por meio do Decreto nº 7.566, de 23 de setembro de 1909, pelo presidente Nilo Peçanha, como Escola de Aprendizes Artífices de Santa Catarina, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) é uma instituição pública federal de ensino. Atua na oferta de educação profissional, científica e tecnológica, oferecendo cursos nos mais diversos níveis: qualificação profissional, educação de jovens e adultos, cursos técnicos, superiores e de pós-graduação.

Em Canoinhas, a história do IFSC começou em 2007. A apresentação do projeto do Câmpus Canoinhas ocorreu em 7 de junho de 2007. Na ocasião, a Prefeitura de Canoinhas entregou as escrituras dos terrenos doados à instituição, localizado no bairro Campo da Água Verde, com uma área disponível de 53 mil m².

A audiência pública em Canoinhas aconteceu em 12 de novembro de 2007 e reuniu 186 pessoas representando 53 entidades. Os cursos escolhidos pela comunidade para o Câmpus, na época, foram: Agroecologia, Agroindústria, Edificações, Mecatrônica, Vestuário e Móveis. Inicialmente foram oferecidos os cursos de Agroecologia e Agroindústria, em sequência Edificações. Em 16 de abril de 2009 foi empossada como Diretora-Geral do Câmpus Canoinhas Maria Bertilia Oss Giacomelli.

O Câmpus Canoinhas foi inaugurado oficialmente no dia 29 de novembro de 2010, junto com mais cinco câmpus do IFSC, em cerimônia realizada em Brasília. No dia 18 de fevereiro de 2011, o IFSC inaugurou seu primeiro câmpus na região do Planalto Norte do estado. Uma solenidade com a presença de cerca de 350 pessoas marcou a entrega do câmpus à comunidade.

Com 62 mil metros quadrados, o Câmpus Canoinhas conta com 17 laboratórios, 12 salas de aula, além de uma fábrica e salas administrativas. 

 

 

Direção do Câmpus

2020 a 2024 - Joel José de Souza (currículo lattes)
2011 a 2020 - Maria Bertilia Oss Giacomelli (currículo lattes

Voltar ao Topo