Pular para o conteúdo

Notícias

Seminário discute turismo rural e agricultura familiar na serra catarinense

EVENTOS Data de Publicação: 27 nov 2019 09:45 Data de Atualização: 27 nov 2019 09:49

Quarta-feira (20), o Câmpus de Urupema sediou o 2º Seminário sobre Turismo Rural na Agricultura Familiar da Serra Catarinense. Promovido pela Epagri em parceria com o IFSC, Prefeitura Municipal de Urupema, Amures, Associação Amigos do Meio Ambiente e Universidade de Passo Fundo, o evento mobilizou mais de 120 participantes de vários municípios da Serra Catarinense. O seminário teve como objetivo motivar o turismo rural e incentivar a geração renda para as famílias da Serra Catarinense a partir de atividades e atrativos presentes em suas propriedades.

A turismóloga da Amures, Ana Lúcia de Liz Vieira, ministrou a palestra de abertura, com o tema “Desenvolvimento do Turismo na Serra Catarinense”. Em seguida, a servidora do IFSC Camila Koerich Espíndola apresentou o projeto de extensão “Pelas Trilhas, Contos e Sabores de Urupema”. Este projeto foi coordenado pela servidora através do edital da Proex e pretendeu fomentar a geração de renda e a valorização de atrativos naturais, históricos, culturais e gastronômicos do município de Urupema através da condução ambiental. Para finalizar as atividades na parte da manhã, o professor Jaime Martinez, da Universidade de Passo Fundo realizou a palestra “As Paisagens Serranas no Ecoturismo e Turismo Rural”.

No período da tarde os participantes realizaram uma saída de campo para visitar dois atrativos naturais mapeados pelo projeto “Pelas Trilhas, Contos e Sabores de Urupema”, o Morro do Comabte e a Cachoeira das Contendas. Na ocasião, foram acompanhados pelos condutores ambientais “Trilheiros das Araucárias”. O seminário se estendeu até final da tarde, com a degustação de um café serrano realizado na propriedade rural da dona Juçara. O café serrano foi coordenado pela professora de gastronomia do Câmpus Uurpema, Evelise Zerger, a qual apresentou essa atividade gastronômica também como uma possibilidade de atrativo histórico-cultural e valorização da biodiversidade local.

EVENTOS