Matriz Curricular


O PPGVE possui 2 disciplinas obrigatórias (6 créditos) e 18 disciplinas eletivas, das quais o estudante deverá cursar no mínimo 4 (12 créditos).   

As disciplinas obrigatórias tem caráter transversal e abordam, por um lado, questões metodológicas, que vão de técnicas para pesquisa  aplicada propriamente dita até questões mais voltadas à inovação e desenvolvimento de modelos de negócio, reforçando o caráter profissional  da proposta. Ao mesmo tempo, a grade traz como obrigatória disciplina de práticas profissional que busca trazer de forma ampla e abrangente atualidades no setor, fomentando uma interface entre as pesquisas propostas e conhecimento acadêmico com a realidade dos profissionais e  do setor, em suas diversas expressões.  

A matrícula em disciplinas eletivas fica a critério do estudante, podendo, em caso de oferta, matricular-se em mais de um  disciplina, permitindo a conclusão dos créditos de disciplinas obrigatórias e eletivas em 2 semestres. As disciplinas eletivas estão agrupadas nas 2 linhas de pesquisa do mestrado.

A LP-1 Tecnologia em Viticultura e Enologia propõe disciplinas que atendam a formação voltada para o cultivo e a produção de uvas e vinhos,  enquanto que a LP-2 Desenvolvimento e Sustentabilidade na Vitivinicultura contempla disciplinas cujo enfoque é direcionado à análise,  discussão e proposições no que se refere aos arranjos institucionais, desafios socioambientais e econômicos, entre outros.  

Cada instituição associada deverá ofertar no mínimo 1 disciplina obrigatória e 2 disciplinas eletivas por semestre, sendo as eletivas uma em  cada linha de pesquisa.

Disciplinas obrigatórias

  • Metodologia e desenvolvimento de projetos profissionais – 1º semestre

Natureza e características do conhecimento científico. Principais elementos do projeto de pesquisa científica. Pesquisas quantitativa e qualitativa: principais instrumentos de coleta de dados e análises. Estruturação de artigo científico, relatório de projeto técnico, relatório de atividades de desenvolvimento de produto e processo, relatório de protótipo, estudo de caso. Desenvolvimento e tipos de apresentação oral, técnicas de pitch. Metodologias de estruturação de negócios e projetos (canvas, design thinking, story telling). Pedido de patente e relatório descritivo.

  • Práticas e desafios profissionais em viticultura e enologia – 2º semestre

Panorama atual da vitivinicultura mundial. Especificidades da vitivinicultura brasileira. Experiências no mundo vitivinícola (cases de sucesso). Tendências e desafios do setor vitivinícola.

 

Disciplinas eletivas

  • Tecnologias na produção vitícola

Princípios da Viticultura de precisão. Mapeamento e manejo da variabilidade em vinhedos. Utilização de sensores orbitais e aeronaves remotamente pilotadas na identificação da variabilidade espacial e temporal de atributos de solo e plantas; Mapeamento de atributos de solo e plantas; Monitoramento e controle de doenças em viticultura de precisão. Medidas de acompanhamento de ETP; Sistemas de controle para máquinas agrícolas. Princípios e manejo de máquinas agrícolas para intervenção à taxa variada.

  • Tecnologias em vinificações

Tecnologias para produção de vinhos, espumantes, suco de uva e outros derivados da uva e do vinho. Tecnologias de estabilização, armazenamento, embalagem e envelhecimento dos produtos vinícolas. Inovações e tendências em vinificações.

  • Técnicas analíticas para vitivinicultura

Análises químicas para controle de maturação da uva, processamento e controle de qualidade de vinhos. Pontos críticos de controle no processamento vinícola. Parâmetros físico-químicos legais. Compostos contaminantes do vinho: determinação e controle. Análise sensorial para controle de maturação da uva, processamento e controle de qualidade de vinhos. Métodos descritivos, afetivos e discriminativos de análise sensorial. Tendência e inovação em análise química e sensorial aplicadas ao setor vitivinícola.

  • Tecnologias e processos em produtos vitivinícolas

Manejo e tratos culturais visando à qualidade da uva, Sistemas de sustentação e poda e qualidade da uva produzida, Manejo de dupla poda, Melhoramento genético de porta-enxertos; variedades copa e variedades resistentes de videira, Tecnologia e processos aplicados nos processos de vinificação que aumentem a qualidade do vinho elaborado.

  • Nutrição da videira e fertilidade do solo

Mecanismos de suprimento de nutrientes em videiras. Absorção, transporte e redistribuição de nutrientes em videiras. ciclos biogeoquímicos de nutrientes em solos, inclusive aqueles cultivados com videiras. Técnicas de avaliação da disponibilidade de nutrientes em solos e estado nutricional em videiras. Sistemas de recomendação de calagem e adubação em videiras. Fertilizantes e sua eficiência. Uso eficiente de fertilizantes e outros insumos em vinhedos. Impacto da calagem, adubação e estado nutricional sobre a produtividade e qualidade da uva, do seu mosto, bem como de subprodutos (vinhos, sucos, espumantes). Contaminação e estratégias de mitigação de solos vinhedos contaminados.

  • Máquinas e mecanização em vitivinicultura

Inovações em motores e tratores agrícolas e sua adequada seleção. Tecnologias empregadas nos processos de mecanização do manejo e produção da videira: pré-poda, poda, poda em verde, desfolha, amarração e colheita. Aprimoramento do manejo do trator agrícola: distribuição de peso, patinamento, seleção de pneus agrícolas e manejo da lastragem para redução da compactação. Evolução da tecnologia de aplicação para vinhedos de alta qualidade. Erros na pulverização da videira. Manejo de gotas e equipamentos de pulverização. Monitoramento da qualidade da pulverização.

  • Microbiologia e biotecnologia enológica

Citologia, taxonomia e ecologia de leveduras de interesse enológico. Metabolismo e nutrição da fermentação alcoólica e demais rotas metabólicas presentes em leveduras enológicas. Fatores de desenvolvimento das leveduras. Cinética de processos de fermentação. Dinâmica de interação entre populações de microrganismos de interesse enológico. Classificação, características e citologia de bactérias láticas. Metabolismo do ácido lático. Fatores de crescimento das bactérias láticas no vinho. Classificação, características e citologia de bactérias acéticas. Metabolismos do ácido acético. Fatores de crescimento das bactérias acéticas. Microrganismos deteriorantes dos vinhos. Seleção e melhoramento genético de microrganismos de interesse enológico.

  • Manejo integrado de pragas e doenças

Manejo Integrado de Pragas e Doenças em Sistemas de Produção Vitícola; Métodos e estratégias de controle das principais doenças e pragas da videira; Monitoramento e previsão de pragas e doenças em vinhedos; Resistência de insetos e fitopatógenos aos agrotóxicos; Resíduo de agrotóxicos.

  • Manejo da água e solo dos vinhedos

Dinâmica da Água no Solo; Balanço hídrico; Classificação dos Solos Vitícolas; Composição e propriedades físicas principais do solo; Efeitos do Solo e da Água na Videira; Manejo do Solo e da Água nos diferentes Terroirs; Respostas das plantas aos déficits e excessos hídricos.

  • Vitivinicultura e sustentabilidade

Conceitos e contextos: macroquestões envolvendo sustentabilidade e vitivinicultura. Responsabilidade social. Ecoeficiência. Protocolos e certificações para vitivinicultura sustentável ao redor do mundo. Frameworks e indicadores para gestão ambiental. Vitivinicultura sustentável e produção orgânica. Sustentabilidade, inovação e competitividade. Estudos de caso envolvendo experiências internacionais.

  • Cultivo protegido e vitivinicultura orgânica

Utilização de técnicas e manejo sob cultivo protegido; Alterações no microclima do dossel vegetativo sob cobertura plástica; Panorama brasileiro e mundial da agricultura orgânica e da produção de uvas orgânicas; Legislação brasileira; Princípios e práticas de produção orgânica de uvas; Práticas de manejo disponíveis para o sistema de produção orgânica e agroecológica.

  • Ecofisiologia e terroir

Ecofisiologia da videira; Manejo da videira e respostas bioquímicas e fisiológicas da planta; Conceitos bioquímicos e fisiológicos da maturação da uva; Princípios de bioquímica; Bioquímica estrutural; Bioquímica metabólica; Estresse oxidativo; Respostas fisiológicas e bioquímicas aos fatores bióticos e abióticos

  • Desenvolvimento de novos produtos e processos em vitivinicultura

Concepção e conceito de produto e processo. Modelos de processos de inovação. Ciclo de vida dos produtos e processos. Metodologias para o desenvolvimento do produto ou processo. Estudos e pesquisas de mercado. Desenvolvimento de produto e processos como ferramenta estratégica da indústria vitivinícola. Testes dos produtos desenvolvidos. Registros nos órgãos competentes. Embalagem e lançamento do produto ou processo. Viabilidade econômica de produtos e processos. Garantia da qualidade do produto ou processo.

  • Inovação, empreendedorismo e internacionalização

Inovação e Gestão da Inovação; Tipos de Inovação e Estratégia; Inovação Aberta; Empreendedorismo; Tipos de empreendedorismo, modelos de Negócios; Introdução ao ambiente do comércio internacional; Teorias e modelos de negócios internacionais; Noções de sistemática de importação e exportação; Tratados e acordos internacionais; Gestão estratégica para a inserção no mercado global; Marketing global; Estratégias associativas; Logística internacional.

  • Indicações geográficas, identidade e competitividade

Identidade territorial e a noção de terroir. Indicações Geográficas: conceitos, acordos internacionais e base legal. Indicações de Procedência e Denominações de Origem de vinhos no Brasil: IGs reconhecidas, em estruturação e potenciais de prospecção. Estudo de casos de Indicações Geográficas no contexto internacional. Paisagem e patrimônio.Governança interorganizacional em arranjos produtivos. Estratégias colaborativas e posicionamento de mercado, marketing identitário. IGs e desenvolvimento regional.

  • Gestão de negócios vitivinícolas

Gestão de empresas familiares; Cooperativismo e associativismo; Sucessão geracional; Custos de produção; Estratégias em negócios; Análise de ambiente interno e externo; Análise de estruturas de mercado; Custos de Transação e contratos.

  • Enoturismo e desenvolvimento regional

Diversificação e pluriatividade na agricultura. O composto “uva e vinho” como produto turístico. Enoturismo e identidade cultural. Rotas de vinhos e cluster turístico: organização, gestão e desenvolvimento regional. Vinho, turismo, marketing e mercado. Inovação em produtos e serviços enoturísticos. Cases de enoturismo mundial.

  • Tópicos especiais em viticultura e enologia

Os problemas da vitivinicultura moderna e sustentabilidade; Produção agroecológica; Produção ntegrada de uva; Técnicas avançadas de vivificação; Desenvolvimento do setor vitivinícola; Estratégias de marketing no setor vitivinícola; Procedimentos de gestão vitivinícola; Enoturismo e desenvolvimento.