Pular para o conteúdo

Notícias

Detentas do presídio feminino da Capital formam-se em curso do Mulheres Sim

EXTENSÃO Data de Publicação: 10 dez 2019 17:38 Data de Atualização: 10 dez 2019 17:43
Detentas do presídio feminino da Capital formam-se em curso do Mulheres Sim

Na última sexta (6), formaram-se as alunas do curso de Educação e Gênero do programa Mulheres Sim executado pelo Câmpus Florianópolis no segundo semestre de 2019. Durante o período, um grupo de 19 mulheres do presídio feminino da Capital participou do programa, coordenado pelos professores Tiago Ribeiro e Vivan Bueno, ambos da Assessoria de Português do Departamento Acadêmico de Linguagem, Tecnologia, Educação e Ciência (Daltec).

Iniciado em agosto deste ano, o curso foi focado no empoderamento feminino e trabalhou questões ligadas diretamente às mulheres, como noções de higiene, saúde, reprodução, educação sexual e direitos das mulheres.

Uma parte do projeto foi dedicada à geração de renda, e a professora Vivian Bueno desenvolveu com as alunas oficinas de produção de bijuterias. Houve a produção de brincos, colares e pulseiras, que foram comercializados na Feira de Economia Solidária, realizada durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Toda a renda da feira foi revertida para as alunas do programa.

Entre as oficinas, houve uma de produção textual, com a professora Rachel Leal. Confira no vídeo da IFSCTV algumas alunas declarando seus textos. 

Segundo o professor Tiago, a ideia surgiu após experiência parecidas do Mulheres Sim em presídios no interior de Santa Catarina. “Tivemos uma receptividade muito grande entre estas mulheres. De certa forma, esses tipos de projetos são o único contato delas com o mundo exterior. Fomos muito bem acolhidos e deu pra ver que elas aproveitaram cada oportunidade de aprender”.

EXTENSÃO