Pular para o conteúdo

Notícias

Projeto de extensão ensina programação para adolescentes por meio de vídeos

EXTENSÃO Data de Publicação: 22 dez 2020 11:04 Data de Atualização: 22 dez 2020 11:53

Levar conhecimentos sobre programação para estudantes do nono ano do ensino fundamental é o objetivo de um projeto de extensão realizado no Câmpus São José desde 2018 e que, por conta da pandemia de covid-19, teve que se adaptar em 2020. Em vez de oficinas, palestras e rodas de conversa em escolas da cidade, os conteúdos serão ministrados por meio de vídeos.

O projeto tem como parceiros a prefeitura de São José, que auxiliou a equipe executora a escolher as escolas municipais que receberam as oficinas anteriores, e a escola estadual Professor Laércio Caldeira de Andrada, no bairro josefense Campinas, onde ocorreu a versão piloto do projeto no segundo semestre de 2018. A meta inicial era atingir pelo menos 10 turmas de 20 alunos, de pelo menos cinco escolas públicas distintas. Com a pandemia e a impossibilidade de realizar os encontros presenciais, a decisão da equipe foi disponibilizar o conteúdo online para consulta por qualquer pessoa. 

A plataforma escolhida para isso foi o YouTube, por ser uma rede social comumente usada pelo público-alvo do projeto. A ferramenta utilizada para ser base dos vídeos foi o App Inventor, devido à semelhança de metodologia de desenvolvimento de aplicativos nele com outras ferramentas utilizadas em edições anteriores do projeto. No total, oito vídeos vão ser publicados, mostrando quatro jogos de caráter lúdico e didático distribuídos entre as ferramentas App Inventor e Micro:bit.

As oficinas presenciais, em anos anteriores, eram ministradas por bolsistas que são alunos do curso de Engenharia de Telecomunicações do Câmpus São José, oportunizando para eles uma vivência na área acadêmica. Mesmo com as adaptações por causa da pandemia, são os dois bolsistas atualmente no projeto, André Luiz Faraco Mazucheli e Jean Mota Caitano dos Reis, os responsáveis por apresentar o conteúdo por meio dos vídeos.

 

O projeto é coordenado pela professora Deise Monquelate Arndt, com participação dos também professores Carlyle Câmara Santos Júnior e Evanaska Maria Barbosa Nogueira.

Confira os primeiros vídeos produzidos no canal ProgramIFSC no YouTube.

 
EXTENSÃO CÂMPUS SÃO JOSÉ