Pular para o conteúdo

Notícias

Professor do IFSC lança desafio mundial sobre gênero na área de soldagem

ENSINO Data de Publicação: 14 out 2021 15:15 Data de Atualização: 15 out 2021 10:08

Se mulheres e homens são igualmente hábeis em aprender a soldar, por que há mais soldadores homens do que mulheres? Esta foi a questão lançada pelo professor Julio Cezar Barcellos da Silva, do Câmpus Xanxerê do IFSC, na sua participação no programa “Link me Up”, de formação e treinamento para o desenvolvimento de projetos curriculares internacionais coordenado pelo Instituto Politécnico de Bragança, Portugal.

Em parceria com os institutos politécnicos de Portugal e a organização finlandesa Demola, o treinamento tem o objetivo de integrar o mundo acadêmico e o mundo do trabalho por meio da cocriação. Estudantes, empresas e organizações desenvolvem desafios que devem abranger questões atuais com caráter global. 

Por meio da plataforma Demola, o professor do IFSC, que trabalha na área de Mecânica do Câmpus de Xanxerê, publicou o desafio “Welding Department: women at work” (tradução livre: “Departamento de Soldagem: mulheres no trabalho”), aberto a estudantes do mundo inteiro.

O tema proposto pelo professor problematiza o desequilíbrio numérico de gênero na área de soldagem, preponderantemente masculina. “Se temos as mesmas condições para aprender e atuar na área de soldagem, por que existem mais homens trabalhando do que mulheres nessa área?”, questiona o professor.

O desafio está disponível no site Demola, na área de Sociedade e Cultura. 

Entenda mais

As atividades do programa “Link me Up” iniciaram há um mês, por meio de encontros virtuais. Todas as segundas-feiras e terças-feiras pela manhã o professor reúne-se com os participantes e com as instituições para aprimorar a metodologia de coparticipação e inovação. 

Até o dia 17 de outubro, estudantes do mundo todo podem se inscrever e participar desse desafio. Seis pessoas serão selecionadas para auxiliar na proposta. A formação segue até o início de janeiro com previsão de um encontro presencial, o “Boot Camp Day” que acontecerá entre os dias 15 a 17 de novembro. 

A capacitação do Demola foi uma conquista do professor Julio, após ser aprovado no Edital Conif 6, que selecionou 10 professores do Brasil para representar a Rede Federal de Ciência e Tecnologia. Os critérios para seleção foram a comprovação do nível B1 de proficiência em inglês e participação em projetos de pesquisa e extensão. 

“O que me atraiu nesse projeto foi a possibilidade de trabalhar com uma metodologia totalmente nova. Esse fato, combinado com a possibilidade de interação com pessoas de outras instituições foi a minha motivação principal”, destaca Julio.
 
ENSINO CÂMPUS XANXERÊ

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.