Pular para o conteúdo

Notícias

Concurso dos Melhores Vinhos e Sucos de Uva do Planalto Norte Catarinense avalia amostras recebidas; resultado será divulgado dia 30

CÂMPUS CANOINHAS Data de Publicação: 22 set 2022 12:33 Data de Atualização: 23 set 2022 11:57

Aconteceu nesta quarta-feira (21) a etapa mais importante do Concurso dos Melhores Vinhos e Sucos de Uva do Planalto Norte Catarinense 2022: a análise sensorial das 55 amostras inscritas. A missão de avaliar e categorizar as amostras foi realizada por um grupo de cinco especialistas na área de viticultura e enologia e cinco consumidores com experiência em análise sensorial de vinho.

Durante todo dia, Antonio Conceição Sobrinho, Nelson Pires Feldberg, Luis Carlos Vieira, Alexsander Antônio dos Passos, Deivid Silva de Souza, Carine Rusin, Adrielen Tamiris Canossa, Mario Koslow, Geraldo Ratacheski e Ana Paula Fuck fizeram a degustação de amostras de 24 vinhos tintos, 12 vinhos brancos, 8 vinhos rosé e 11 sucos de uva.

A avaliação foi coordenada pelo professor do curso de Agronomia do Câmpus Canoinhas e sommelier internacional, Douglas André Wurz, e apoio dos estudantes bolsistas do projeto.O concurso é realizado pelo Câmpus Canoinhas do IFSC em parceria com Epagri e Embrapa Clima Temperado – Estação Experimental de Canoinhas.

As três melhores bebidas de cada categoria serão premiadas com certificados e brindes. A divulgação dos resultados e premiação acontecem no dia 30 de setembro, durante o V Encontro Regional da Cultura da Videira, no Auditório do Câmpus Canoinhas. O evento terá palestra sobre “Importância do manejo do dossel vegetativo da videira para obtenção de uvas de elevada qualidade”, com professor Douglas, e apresentação do Programa Planorte Frutas e Fomento Pequenas Frutas, com o engenheiro agrônomo Jânio José Seccon, da Epagri.

“Nosso objetivo vai além da premiação. O concurso busca reconhecer e estimular a elaboração de vinhos e sucos de boa qualidade, integrar os produtores e divulgar a produção da região, que tem grande potencial de geração de renda”, explica professor Douglas.

Ao final do concurso, todos os produtores participantes receberão relatórios individuais com os comentários dos jurados sobre os valores obtidos (se estão de acordo com a legislação e os índices considerados ideais) e recomendações técnicas para qualificar ainda mais a produção. Também vai junto o laudo físico-químico das amostras, que foram avaliadas anteriormente pelo Grupo de Fruticultura do IFSC Canoinhas.

Participação

Em sua quarta edição, o concurso bateu recorde de inscrições. De 39 amostras em 2019 e 2020 e 47 no ano passado, o número de inscritos subiu para 55 neste ano. “Isso demonstra a confiabilidade e trabalho sério que IFSC, Epagri e Embrapa estão realizando em prol da vitivinicultura no Planalto Norte catarinense”, comemora professor Douglas.

Podiam se inscrever produtores com um mínimo de 50 litros produzidos na categoria desejada. Para viabilizar a participação dos produtores urbanos e vinícolas artesanais, o regulamento previa que o produtor de vinho ou suco não precisava, necessariamente, ser o produtor da uva.

Outra marca importante deste concurso foi o recebimento de inscrições de dez municípios da região, conforme especificado a seguir, sendo VT vinho tinto, VB vinho branco, VR vinho rosé e SU suco de uva.

  • - Bela Vista do Toldo: 3 amostras (2 VT e 1 VB)
  • - Canoinhas: 9 (4 VT, 3 VB, 1 VR e 1 SU)
  • - Irineópolis: 2 (1 VT e 1 VB)
  • - Itaiópolis: 2 (1 VT e 1 VR)
  • - Mafra: 4 (2 VT e 2 SU)
  • - Monte Castelo: 1 (1 SU)
  • - Papanduva: 7 (2 VT, 2 VB, 1 VR e 2 SU)
  • - Porto União: 9 (4 VT, 1 VB e 4 SU)
  • - Rio Negrinho: 4 (3 VT e 1 SU)
  • - São Bento do Sul: 14 (5 VT, 4 VB e 5 SU)

* Veja como foram as edições anteriores:

CÂMPUS CANOINHAS EVENTOS

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.