Pular para o conteúdo

Notícias

Tudo o que você precisa saber sobre o Encceja

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 15 dez 2021 10:25 Data de Atualização: 15 dez 2021 10:52

Você já ouviu falar sobre o Encceja? Esta é a sigla do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos que serve para medir os conhecimentos de jovens e adultos que não concluíram o Ensino Fundamental ou Ensino Médio na idade adequada.

No post de hoje, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o Encceja e como funciona a emissão de certificado pelo IFSC.

O que é o Encceja?

O Encceja é um exame destinado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir o Ensino Fundamental e/ou Médio. A participação no Encceja é voluntária, gratuita e destinada a jovens e adultos que não conseguiram terminar seus estudos na idade regular para cada nível de ensino: no mínimo, 15 anos completos para o Ensino Fundamental, e no mínimo, 18 anos completos para o Ensino Médio, na data de realização do Exame, conforme estabelecem a Lei nº 9.394/96.

Para que serve o Encceja?

Quem não conseguiu concluir o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio na idade regular pode fazer o Encceja e, dependendo do resultado, pode obter seu certificado. O certificado obtido serve como documento que comprova o nível de conhecimento e permite o ingresso em cursos técnicos e/ou graduações, comprovando o grau de escolaridade. Além disso, segundo o Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), são finalidades do Encceja:

- Construir uma referência nacional de autoavaliação para jovens e adultos por meio de avaliação de competências, habilidades e saberes adquiridos em processo escolar ou extraescolar;
- Estruturar uma avaliação direcionada a jovens e adultos que sirva às Secretarias de Educação para que estabeleçam o processo de certificação dos participantes, em nível de conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, por meio da utilização dos resultados do Exame;
- Oferecer uma avaliação para fins de correção do fluxo escolar;
- Construir, consolidar e divulgar seus resultados para que possam ser utilizados na melhoria da qualidade na oferta da Educação de Jovens e Adultos e no processo de certificação;
- Construir parâmetros para a autoavaliação do participante, visando a continuidade de sua formação e sua inserção no mundo do trabalho;
- Possibilitar o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre educação brasileira.

O Encceja avalia o conhecimento em diferentes áreas do conhecimento e caso o participante não atinja a nota para receber a certificação integral pode pedir a Declaração Parcial de Proficiência. Para isso, é preciso:

- Ter atingido o mínimo de 100 pontos em cada área de conhecimento;
- Para a área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, o candidato deve ter atingido duas notas mínimas ao mesmo tempo: o mínimo de 100 pontos na prova objetiva, assim como o mínimo de 5 pontos na prova de redação em uma mesma edição do exame.

O Certificado Parcial Encceja ou Declaração Parcial de Proficiência do Encceja comprova que o participante alcançou pontuação para aprovação em um ou mais eixos do conhecimento. Esse documento permite que na próxima edição do exame a pessoa se inscreva apenas nas disciplinas que faltam. Dessa forma, é possível concentrar os estudos nas competências faltantes.

Quem pode fazer o Encceja?

A prova do Encceja é gratuita, destinada aos jovens e adultos brasileiros residentes no Brasil e no exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada. Para obter a certificação do Ensino Fundamental, é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos. Já para o Ensino Médio é preciso ter no mínimo 18 anos completos até a data de aplicação da prova.

Vale lembrar que não é necessário ter o certificado do Ensino Fundamental para fazer a prova do Ensino Médio. Quem tem mais de 18 anos pode tentar diretamente a certificação do Ensino Médio.

O Encceja oferece atendimento especializado e específico para condições como: deficiências físicas, mulheres lactantes e pessoas em situação de Classe Hospitalar. Também é possível solicitar o atendimento pelo nome social. Todas essas condições devem ser especificadas no momento da inscrição para a prova.

Como funciona o Encceja?

O exame é composto por quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação dissertativa-argumentativa, aplicadas em um único dia, nos turnos matutino e vespertino.

As provas avaliam as seguintes áreas de conhecimento, estruturadas a partir do currículo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's):

Ensino Fundamental
-Ciências Naturais;
-Matemática;
-Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação;
-História e Geografia.

Ensino Médio
-Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia);
-Matemática e suas Tecnologias;
-Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação (Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes e Educação Física);
-Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

-> Veja os editais, resultados e materiais de estudo

Para conseguir o certificado, o participante deve alcançar a pontuação mínima de 100 (cem) pontos em cada prova, e nota 5 na redação. A elaboração e a correção das questões, assim como a correção são de responsabilidade do Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Quando é o Encceja?

A prova acontece uma vez ao ano, geralmente no primeiro semestre. As inscrições podem ser realizadas até um mês antes da prova. O calendário varia de ano para ano, por isso é fundamental ficar atento às datas e aos editais que podem ser acompanhados na página do Ministério da Educação.

É importante lembrar que o Exame tem quatro aplicações:

- Encceja Nacional: para residentes no Brasil
- Encceja Nacional PPL: para residentes no Brasil privados de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas
- Encceja Exterior: para brasileiros residentes no exterior
- Encceja Exterior PPL: para residentes no exterior privados de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas.

Cada uma dessas provas acontece em datas e com cronogramas específicos. As datas e demais informações são disponibilizadas na página do Ministério da Educação.

Como se inscrever no Encceja?

A inscrição é realizada exclusivamente on-line e o primeiro passo é acessar o formulário do Encceja no site do INEP enccejanacional.inep.gov.br/Encceja. Ao acessar o site, será solicitado o número de seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e data de nascimento. Os dados informados devem ser iguais aos dados cadastrados na Receita Federal e será aceita apenas uma inscrição por número de CPF.

Nas telas seguintes será necessário informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo e/ou celular válido. Após inserir essas informações é preciso indicar a unidade da federação e o município onde deseja realizar o Exame. Em seguida, solicitar, se necessário, atendimento especializado e/ou tratamento pelo nome social.

Depois, será preciso indicar as provas (áreas de conhecimento) que deseja realizar. Vale lembrar que para obter a certificação é necessário realizar as quatro provas e a redação, e caso o candidato já tenha feito o Encceja em edições anteriores e conseguido o certificado parcial de proficiência, basta assinalar as áreas que ainda não conseguiu aprovação.

Na próxima etapa será necessário selecionar em qual secretaria estadual de educação ou instituto federal de educação, ciência e tecnologia deseja solicitar a certificação ou a declaração parcial de proficiência. Veja abaixo o que considerar na hora de fazer essa escolha.

Para finalizar a inscrição, o participante deve preencher o Questionário Socioeconômico (as respostas não poderão ser alteradas após a conclusão da inscrição, então é preciso atenção). Na sequência, o candidato poderá justificar ausência no Encceja no ano anterior, se for o caso, inserindo os documentos solicitados. Para concluir o procedimento, verifique se a inscrição foi concluída com sucesso.

Importante ressaltar que se o inscrito não justificar a ausência ou tiver a solicitação de justificativa reprovada, deverá ressarcir ao Inep o valor a ser divulgado em edital, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), cobrança que será gerada pelo sistema ao final da inscrição.

O cadastro e senha de acesso para a Página do Participante deverá ser anotada em local seguro, pois é por meio dele que será possível acompanhar toda situação de inscrição, incluindo a consulta ao local de provas e o cartão de confirmação. Todo esse gerenciamento é feito pelo Inep e não pela instituição certificadora.

Como escolher a instituição certificadora?

No momento da inscrição, o candidato deve selecionar uma instituição certificadora, ou seja, o local onde ele deseja retirar seu certificado. No caso da certificação de Ensino Fundamental, é necessário selecionar uma Secretaria Estadual de Educação, pois só as secretarias fazem essa certificação.

Já para certificação de Ensino Médio é possível escolher entre a Secretaria Estadual de Educação da cidade ou um dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia - como o IFSC, por exemplo. Se você selecionar o IFSC como instituição certificadora, receberá o certificado por e-mail, por isso é possível selecionar um câmpus que não esteja necessariamente na sua cidade.

Importante lembrar que a instituição certificadora não será necessariamente o local em que a prova será realizada. São coisas diferentes: a instituição certificadora será responsável pela emissão do certificado e o local de prova é o onde os candidatos realizarão o exame. Quem define o ensalamento, ou seja, onde o candidato fará o exame, é o Inep, mesma instituição que elabora, corrige e organiza a prova. Assim, não é possível escolher o local do exame no momento da inscrição. O local de realização do exame é definido pelo Inep e divulgado após o encerramento do período de inscrição.

Como se preparar para o Encceja?

Para se preparar para o exame, o Inep disponibiliza o material didático pedagógico de apoio aos participantes e professores que é composto por um volume introdutório, quatro volumes de orientações aos professores e oito volumes de orientações para o estudante (quatro para o Ensino Fundamental e quatro para o Ensino Médio).

-> Confira aqui os materiais de estudo bem como provas e gabaritos de edições anteriores na página do Inep

Como obter o certificado do Encceja pelo IFSC?

O IFSC é uma das instituições responsáveis pela emissão do certificado do Encceja e também do Certificado Parcial. Nesse caso, é necessário indicar o IFSC e a respectiva cidade já no momento da inscrição. Se o candidato necessitar alterar os dados deverá aproveitar o período em que as inscrições estão abertas, após isso não será mais possível fazer modificações na inscrição.

Para candidatos que selecionaram o IFSC como entidade emissora do certificado, basta acessar o site encceja.ifsc.gov.br e preencher os dados pessoais. O seu certificado será enviado para o seu e-mail em até 48 horas. Lembrando que a emissão só acontece depois da publicação dos resultados pelo Inep, por isso é necessário ficar atento ao calendário antes de fazer a solicitação.

Vale lembrar que o IFSC só emite certificados para Ensino Médio. Candidatos que desejam a certificação do Ensino Fundamental precisam escolher outra instituição certificadora.

-> Ficou com dúvidas? Clique aqui conferir o passo a passo e emitir o seu certificado pelo IFSC

Posso obter meu certificado do Encceja em um câmpus diferente do que selecionei no momento da inscrição?

Sim. Caso o candidato tenha mudado de cidade ou estado, ele pode solicitar a certificação no câmpus do IFSC mais próximo do seu novo endereço. Para isso, deverá entrar em contato com o câmpus (veja os canais de contato aqui) e apresentar a seguinte documentação:

I - Documento de identificação com foto e número de CPF;
II - Caso o documento de identificação não contenha o número do CPF, apresentar cópia do comprovante de inscrição que contenha o número do CPF. O comprovante poderá ser impresso acessando este link;
III - Declaração Parcial de Proficiência ou Boletim Individual, com código de autenticidade, com as notas do último exame;
IV - Declarações parciais de Proficiência do Encceja de edições anteriores e/ou das Declarações Parciais de Proficiência do Enem das edições de 2010 a 2016, para fins de comprovação das demais áreas de conhecimento para a certificação do Ensino Médio;
V - Caso o candidato tenha alterado o seu nome civil, que foi informado na inscrição do exame das edições do Encceja ou Enem, será necessária a apresentação de um documento oficial que comprove essa alteração.

Essa situação vale para todos os candidatos que desejem mudar a instituição certificadora, seja entre câmpus do IFSC ou entre instituições distintas.

Posso obter meu certificado no IFSC a partir das declarações parciais?

Sim. O candidato pode obter a certificação pelo IFSC a partir das declarações parciais de proficiência, mesmo que estas tenham sido emitidas por outras instituições, desde que o IFSC tenha sido a última unidade certificadora na obtenção de todas as áreas do conhecimento exigidas para certificação. O prazo para a emissão do certificado será de até 30 dias.

-> Veja a lista de documentos exigidos no Artº 24 da resolução 33/2021

Tenho dúvidas sobre o Encceja. Com quem posso falar?

A prova do Encceja é realizada pelo Inep, mas a emissão do certificado é responsabilidade das Secretarias Estaduais de Educação e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Por isso, para dúvidas ou problemas com a prova, é necessário entrar em contato com o Inep.

Agora, questões relacionadas à emissão do certificado devem ser resolvidas com a instituição emissora escolhida no momento da inscrição. Quem selecionou o IFSC como entidade emissora e está com problemas ou dúvidas, pode entrar em contato pelo e-mail deia@ifsc.edu.br.

Receba nossos posts

Se quiser ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC, clique aqui e leia todos os nossos posts. Você também pode receber nossos posts no seu e-mail sempre que forem publicados fazendo seu cadastro aqui.

 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.