Pular para o conteúdo

Notícias

CGU arquiva processo administrativo contra reitor eleito do IFSC

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 16 jun 2021 17:37 Data de Atualização: 16 jun 2021 17:44

A Corregedoria-Geral da União (CGU) arquivou o processo administrativo disciplinar (PAD) 00190.112350/2019-46, que investigou denúncias contra o reitor eleito do IFSC, Maurício Gariba Júnior, e os servidores Andréa Martins Andujar e Aloísio Silva Júnior, integrantes da chapa eleita. A comissão responsável pelo processo havia recomendado o arquivamento no encerramento dos trabalhos, em maio, por falta de provas. No julgamento, o corregedor-geral da União Gilberto Waller Júnior determinou a conclusão da matéria no âmbito da CGU, com base na nota técnica que validou a sugestão de arquivamento.

“Nossa expectativa é que com a homologação por parte da CGU, nossa nomeação saia o mais rápido possível”, afirmou Gariba.

A Reitoria do IFSC foi notificada do arquivamento do processo na tarde desta terça-feira (15 de junho), por meio de ofício da CGU. De acordo com o reitor pro tempore André Dala Possa, o IFSC encaminhou nesta quarta (16) ofício à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) informando o fato. Dala Possa também conversou com o secretário Wandemberg Venceslau Rosendo dos Santos por videochamada, recebendo a informação de que o processo de posse será retirado da situação de sobrestamento, para que o trâmite seja retomado.

Gestão pro tempore e gestão eleita estão organizando as equipes para o processo de transição. Na manhã desta quinta (17), haverá reunião de diretores e pró-reitores para encaminhamento do relatório da gestão pro tempore que será entregue à equipe eleita e à Setec. Já a equipe da gestão eleita fará reunião também nesta quinta (17), no final da tarde, para discutir e organizar o processo de transição. A data para a primeira reunião das duas equipes ainda não foi definida.

 

INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.