Pular para o conteúdo

Notícias

Curso de Alimentos realiza capacitação para merendeiras da rede municipal de Canoinhas

EXTENSÃO Data de Publicação: 10 nov 2021 17:29 Data de Atualização: 10 nov 2021 18:07

Com a retomada de parte das atividades presenciais, o Câmpus Canoinhas do IFSC retomou também a parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Canoinhas para capacitação das servidoras responsáveis pela elaboração da merenda escolar nos centros de educação infantil e escolas municipais. Até 10 de dezembro, uma ação de extensão coordenada pelo curso superior de tecnologia em Alimentos vai possibilitar a capacitação das 90 merendeiras da rede.

A programação começou na tarde da última sexta-feira (5) e segue nas próximas sextas, com grupos reduzidos de quinze merendeiras em cada dia de formação, a fim de possibilitar o distanciamento e o atendimento das normas de biossegurança. As oficinas estão sendo realizadas na Cozinha Comunitária Municipal, ao lado do IFSC.

O objetivo do trabalho é assegurar o controle de qualidade higiênico-sanitário dos alimentos servidos aos estudantes da rede municipal e a implantação de operações sanitárias exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Ao final dos encontros, as merendeiras também experimentam receitas que visam ao aproveitamento integral dos alimentos.

De outro lado, o projeto contribui para a formação dos estudantes do curso superior de tecnologia em Alimentos do Câmpus Canoinhas, que têm a oportunidade de uma vivência prática-profissional mediante a aplicação dos conhecimentos adquiridos ao longo do curso, em situações reais junto à comunidade.

A ação de extensão faz parte do projeto integrador (PI) de três estudantes do 6º período de tecnologia em Alimentos, Bruna Corrêa, Giovani Custódio e Robson Matheus Schultz, com orientação da professora Marli da Silva Santos e participação da nutricionista da Prefeitura de Canoinhas, Kenya Becker Souza, e estagiária Maria Fernanda Engel, que também é aluna do curso superior de Alimentos.

“Este projeto de extensão vai ser bem importante, porque estamos aprendendo juntos. É a primeira capacitação delas depois do início da pandemia e é uma área que tem muita rotatividade, por isso, para muitas, vai ser a primeira formação. Outras estão há anos na função, sabem trabalhar e são muito boas no que fazem, mas sempre tem algo a melhorar, para lembrar. E a gente está aprendendo muito também”, avalia a estudante Bruna.

EXTENSÃO CÂMPUS CANOINHAS

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.