Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC e Ministério da Mulher lançam projeto de empreendedorismo feminino

EXTENSÃO Data de Publicação: 11 fev 2022 16:43 Data de Atualização: 14 fev 2022 09:20

Dinalva Felisbino foi uma das alunas do curso de Comunicação e Atendimento ao Cliente, realizado pelo IFSC no município de Orleans, entre novembro e dezembro. Para a aposentada, não foi apenas um curso: foi a primeira vez que recebeu um certificado. E a oportunidade foi possível através de um esforço conjunto que envolveu IFSC, governo federal e onze municípios do sul catarinense.

A aposentada Dinalva foi, ao lado de suas colegas do curso, uma das homenageadas no lançamento do programa Qualifica Mulher, realizado na última sexta-feira (11), na Arena Multiuso de Tubarão. O evento, que contou com atrações culturais e a presença de autoridades da região e representantes do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, teve transmissão pelo canal do IFSC no YouTube.

O projeto “Autonomia social e econômica: gerando renda e valorizando o trabalho feminino”, que engloba o Qualifica Mulher, é resultado de uma parceria entre os câmpus Tubarão e Criciúma do IFSC, com recursos da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM). Até o fim do projeto, serão ofertadas vagas para 490 mulheres em situação de vulnerabilidade social no sul catarinense, por meio de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) em áreas como Geração de Renda, Tecnologia e Valorização do Trabalho Feminino; Empreendedorismo Feminino; Comunicação e Atendimento ao Cliente; Inovação e Criatividade; Inclusão Digital; Instalações e Serviços de Eletricidade; Cidadania, Alfabetização e Letramento. No momento, já foram concluídos dois cursos, em caráter experimental, nos municípios de Orleans e Tubarão. Para fevereiro, está prevista a abertura de outros 11 cursos.


Assista ao lançamento do programa Qualifica Mulher

Parceria
 
O lançamento do Qualifica Mulher encerrou uma agenda de atividades que começou ainda pela manhã de sexta, com a visita à Penitenciária Feminina de Criciúma, onde o IFSC já realizou cursos de qualificação, certificação profissional e projetos de extensão, para a discussão de futuras parcerias. No município de Balneário Rincão, a turma de mulheres que fará o curso de Geração de renda, tecnologia e valorização do trabalho feminino recebeu os materiais para a as aulas.
 
Participaram das agendas a secretária adjunta da Secretaria Nacional de Política para as Mulheres, Viviane Dutra, e a diretora de Políticas para as Mulheres e Relações Sociais, Fernanda Marsaro dos Santos. Acompanharam as representantes do Ministério da Mulher o reitor do IFSC, Maurício Gariba Jr., o pró-reitor de Desenvolmento Institucional, Jesué Graciliano da Silva, o diretor do Câmpus Tubarão, Henri Belan, o diretor do Câmpus Criciúma, Daniel Comin, e as gestões dos câmpus e a coordenação do Qualifica Mulher. A equipe do Ministério da Mulher também visitou o Câmpus Tubarão, onde foram apresentadas as estruturas do Qualifica Mulher, além dos insumos e materiais adquiridos para a execução do projeto, e realizadas reuniões com agentes políticos da região.
 

Vivane Dutra elogiou o trabalho realizado pelo IFSC e destacou a importância da parceria com os institutos federais para a execução desta política pública voltada para mulheres em situação de vulnerabilidade social.

“A parceria entre a Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres e os institutos federais tem sido muito exitosa. Estamos com mais de 102 mil mulheres que já foram capacitadas pelo Qualifica Mulher e o IFSC tem sido um parceiro incansável na estruturação deste projeto. Além disso, vai atuar em onze municípios, qualificando mulheres em situação de vulnerabilidade, que estão vinculadas ao cadastro único e aos programas sociais do governo federal, e a qualificação faz com que a mulher tenha a disponibilidade e a intenção de fazer uma capacitação, depois trabalhar a geração de renda, o empreendedorismo feminino, então é um avanço”, disse a secretária.

“O IFSC tem sido eficiente na execução da política pública e o governo federal precisa destas parcerias, que no caso do IFSC tem sido muito exitosa, porque estamos trabalhando com um escopo de 490 mulheres, em 11 municípios. Temos uma meta de ampliar este número de 102 mil mulheres até o final do ano e com parcerias como essas vamos conseguir atingir esta meta”, concluiu.

Para o reitor do IFSC, o Qualifica Mulher é uma demonstração da importância da articulação entre governo federal, IFSC e municípios para a oferta de capacitação profissional a mulheres em situação de vulnerabilidade. “Essa iniciativa dos câmpus Tubarão e Criciúma, em parceria com o Ministério da Mulher, envolvendo também os municípios das regiões, além do caráter de ensino traz toda uma questão social, de poder atender mulheres vulneráveis socialmente e dar a elas a chance de uma mudança de vida. É muito importante um projeto como esse, que envolve as esferas federal e municipal, com 11 municípios envolvidos e 490 vagas para mulheres que terão a oportunidade de mudança de vida tanto no aspecto econômico quanto social”, afirmou Gariba.

Vínculos

A cerimônia de lançamento do Qualifica Mulher, realizada no auditório da Arena Multiuso de Tubarão, teve a participação de parlamentares, prefeitos e diferentes entidades das regiões de Criciúma e Tubarão. Além da banda formada por servidores do Câmpus Tubarão que recepcionava o público, o ato também contou com a apresentação da Lira Tubaronense e da companhia Entre Palcos, que apresentou uma peça teatral sobre a vida de Anita Garibaldi.

Diretor do Câmpus Tubarão, Henri Belan destacou a excelência do evento, organizado pelos servidores do Câmpus Tubarão em parceria com a reitoria do IFSC. “Quando começamos a discutir o Qualifica Mulher, eu disse que, se fôssemos executar o projeto, seria com a qualidade do IFSC, com tudo o que temos de melhor para oferecer. E que bom que assim está sendo. Esse é o padrão que gostamos e temos o dever de trabalhar assim dentro do IFSC”, disse o diretor, que apontou a importância do projeto para ampliar a articulação do IFSC com os municípios da região. “As alunas são o principal, o coração e para isso que estamos aqui. Mas a ramificação deste projeto também é muito importante. Ao final deste projeto, não teremos somente as 490 mulheres capacitadas, mas uma abertura de portas para novos relacionamentos, para parcerias que irão muito além deste projeto”, destacou.

Diretor do Câmpus Criciúma, Daniel Comin também indicou que o Qualifica Mulher é um passo a mais na articulação do IFSC com instituições parceiras para a oferta de cursos diversificados e que atendam públicos diretamente nos municípios. “Este projeto tem dois câmpus do IFSC atuando como parceiros, com o objetivo comum de transformar a vida das pessoas por meio da educação profissional, além do Ministério da Mulher, e uma articulação com deputados e prefeituras que foram essenciais para que esse projeto desse certo. Este envolvimento entre diferentes instituições foi um ganho muito importante. A partir de ações como esta, conseguimos apriomorar estes vínculos que vão proporcionar outras ações”, afirmou.

Coordenação

O Qualifica Mulher tem como coordenadoras pedagógicas as professoras Michele Guizzo, do Câmpus Criciúma, e Cláudia do Nascimento Paz, do Câmpus Tubarão, e coordenação administrativa de Leonardo Cardoso Gomes, servidor do Câmpus Tubarão. De acordo com Leonardo, os dois cursos realizados no final do ano passado, em Orleans e Tubarão, tiveram 100% de êxito, ou seja, todas as alunas inscritas concluíram o curso - e muitas delas indicam que pretendem fazer um novo curso no IFSC.,

"Em Tubarão, tivemos 20 inscritas no curso de Instalações Elétricas e, em Orleans, 31 alunas no curso de Comunicação e Atendimento ao Cliente. E não tivemos evasão. Isso é muito interessante. Além disso, o interesse das prefeituras e das alunas por novos cursos mostra que teríamos êxito em outras turmas. Nesta semana estamos começando com os demais cursos e acredito que será muito interessante essa possibilidade de focarmos em um público que quer buscar o êxito no processo educativo”, afirmou.

Conheça mais detalhes no site do Qualifica Mulher.

EXTENSÃO CÂMPUS CRICIÚMA CÂMPUS TUBARÃO

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.