Setembro Amarelo: lugares com atendimento psicológico gratuito

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 30 set 2020 12:42 Data de Atualização: 30 set 2020 13:11

Você deve ter lido e ouvido falar bastante neste mês, que termina hoje, de prevenção ao suicídio. Isso porque desde 2014 a Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo para chamar a atenção para o tema.

Segundo dados divulgados no site oficial da campanha, todos os anos são registrados cerca de 12 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão no mundo. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais, sendo a depressão o principal motivo, seguido de transtorno bipolar e abuso de substâncias. E é justamente com o objetivo de prevenir e reduzir estes números que existe a campanha Setembro Amarelo.

O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio é lembrado em 10 de setembro, mas a campanha acontece durante todo o ano. E, especialmente em setembro, o assunto ganha mais destaque.

Cartão do IFSC sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio


Por isso, resolvemos nos juntar a esse movimento e divulgar alguns lugares com atendimento psicológico gratuito que encontramos. Receber ajuda pode salvar vidas!

Saúde mental

Cuidar da saúde mental é importante sempre, mas, agora na pandemia, em que estamos vivendo um período difícil de distanciamento social e que muitos podem também estar sofrendo com algum tipo de luto - até pela perda de pessoas queridas por Covid-19 -, a preocupação é ainda maior.


Afinal, todos tivemos mudanças drásticas no nosso cotidiano. Todos os alunos passaram a estudar de forma não presencial. Muitos trabalhadores - como no caso dos servidores do IFSC - estão trabalhando de suas casas. Aqui no Blog, já fizemos dois posts abordando a saúde mental:

-> Como não pirar com o coronavírus?
-> Como manter a saúde mental nesta pandemia?

Quando é o momento de buscar ajuda profissional?

Neste post, a psicóloga do IFSC, Milena Garcia da Silva, deu algumas dicas de como lidar com esse momento de pandemia. Mas pode ser que, para algumas pessoas, não seja o suficiente. Quando a situação começa a sair do controle, pode ser o momento de pedir ajuda profissional. E como perceber isso?

Segundo Milena, se você estiver sentindo um sofrimento significativo e persistente que está interferindo na sua alimentação, no seu sono e na sua rotina, procure um profissional da área da saúde mental.

Atendimento para alunos e servidores

Em todos os câmpus, os Núcleos Pedagógicos têm trabalhado para acompanhar nossos estudantes ainda mais neste período. Encontros virtuais têm sido uma maneira de acolher os alunos. Se você estuda no IFSC, pode entrar em contato com o Núcleo Pedagógico do seu câmpus para receber orientações.

-> Núcleos pedagógicos seguem prestando orientações para alunos

No caso dos servidores do IFSC, existe o projeto Escuta Qualificada para quem quiser conversar com profissionais da área de saúde do próprio instituto. Veja aqui como fazer.

-> Saúde mental no trabalho: “precisamos pensar de forma coletiva”

​Onde encontrar atendimento psicológico gratuito?

Existem muitas opções gratuitas ou com custo social para quem busca um atendimento psicológico neste momento. O Serviço de Atenção Psicológica da UFSC fez um levantamento com diversos locais na Grande Florianópolis em que é possível encontrar ajuda. Muitos estão fazendo atendimento on-line, ou seja, mesmo que você não resida na Grande Florianópolis, pode entrar em contato.

-> Clique aqui para visualizar a relação completa de clínicas de psicologia feita pelo SAPSI/UFSC

O próprio Serviço de Atenção Psicológica da UFSC está com atendimentos a distância. Para agendar, é preciso enviar uma solicitação pelo e-mail sapsi@contato.ufsc.br.

O Centro de Valorização da Vida, o CVV,  realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Todas as informações podem ser encontradas no site do CVV.

Outra opção são os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS). Veja aqui os endereços e os contatos dos CAPS em Santa Catarina.

Mais informações

Na semana passada, tivemos na nossa página do Facebook a live “Depressão: precisamos conversar”. Os voluntários do Centro de Valorização da Vida de Blumenau Nisael e Rubia, que também é professora do Câmpus Gaspar do IFSC, abordaram o trabalho do CVV, o movimento do Setembro Amarelo e destacaram a importância de se falar sobre os sentimentos. Para quem não acompanhou, a gravação pode ser assistida neste link.

-> Cartilha: Informações importantes sobre doenças mentais e suicídio
-> Promover a vida não pode ser um tabu: Evento on-line promovido no canal da Enfermagem do IFSC

Esperamos que este post ajude quem precise. Se é o seu caso, procure ajuda. Se você conhece alguém que parece estar precisando de ajuda, mande o link deste post e incentive a pessoa a buscar apoio - inclusive profissional se for o caso.

Para finalizar, vamos compartilhar um vídeo em que nossa professora Ângela Kirchner, do curso técnico de Enfermagem do Câmpus Florianópolis, canta uma música e transmite uma mensagem importante sobre esse tema que abordamos hoje:


E se você conhece mais algum lugar aqui no nosso estado de Santa Catarina que está oferecendo atendimento psicológico gratuito ou projetos que oferecem apoio neste momento para que a gente possa manter nossa saúde mental, compartilhe com a gente nos comentários.

Receba os posts do Blog

Para receber uma mensagem sempre que um novo post do blog for publicado, cadastre-se aqui

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC