Mapa do Site

Mestrado Clima - Processo Seletivo

Processo Seletivo Anual

Como ingressar no Mestrado Profissional em Clima e Ambiente

Inscrição

A inscrição para o processo de seleção, no programa de mestrado profissional em clima e ambiente (PCAM), ocorre anualmente através de editais de seleção do próprio IFSC. A publicação do Edital e o processo seletivo ocorrem no segundo semestre de cada ano e podem ser acessados através do portal de cursos do IFSC.

Processo de Seleção

O processo de seleção para ingresso no PCAM é realizado por uma comissão de ingresso composta por docentes credenciados junto ao programa e ocorre em 2 Etapas, com duas avaliações por etapa. A primeira etapa tem caráter classificatório e consiste em uma análise documental (não presencial) do currículo acadêmico e profissional do(a) candidato(a). A segunda etapa tem caráter eliminatório e tem como objetivo selecionar os(as) candidatos(as) mais adequados ao perfil do egresso do PCAM. 

1ª Etapa - Análise Documental:

São avaliados o desempenho acadêmico e profissional do candiato e os méritos científicos, técnicos e tecnológicos da proposta de estudo.

  • Análise do Currículo Profissional: mediante critérios pré-definidos, são avaliados o desempenho profissional e acadêmico do(a) candidato(a), atribuindo pontuações que irão compor a média ponderada. 
  • Análise da Proposta de Projeto de Dissertação: as propostas de projetos de dissertação, que serão objeto de estudo, serão avaliados por 2 docentes membros da comissão de ingresso sorteados aleatóriamente. As porpostas devem apresentar um estudo acadêmico científico que busque contribuir para o progrsso da ciência brasileira, tendo como foco a produção intelectual na produção e divulgação de conhecimento científico. O desenvolvimento de um Produto Técnico e/ou Tecnológico (PTT) também representa um requisito obrigatório na proposta de dissertação e compreendem a forma com que os resultados esperados retornarão de forma objetiva para a sociedade. Dentre os principais critérios avaliados estão, a relevância científica e profissional, a convergência entre o clima e o ambiente, a inserção junto ao setor produtivo, o impacto social e econômico do estudo, dentre outros. 

2ª Etapa - Nivelamento e Proficiência:

Os 30 primeiros classificados na 1ª Etapa, avançam para esta etapa, onde serão selecionados 15 projetos.

  • Prova Escrita: Consiste de uma prova discursiva composta por quatro questões dissertativas inéditas elaboradas pela comissão de ingresso, utilizadas para aferir o grau de domínio sobre os conecitos e fundamentos em geociências, mais especificamente aqueles relacionados aos fenômenos meteorológicos e oceanográficos. 

  • Entrevista: A entrevista com o(a) candidato(a) será realizada com data, horário e tempo pré-definido, conduzida pelo presidente da comissão de ingresso (representado pelo coordenador do curso) e composta por uma banca avaliadora por no mínimo 3 avaliadores. Cinco perguntas pré-definidas serão apresentadas para todos(as) os candidatos(as) e 2 perguntas específicas relacionadas a proposta de projeto de dissertação e têm como objetivo esclarecer e elucidar questões remanescentes na avaliação das propostas de dissertação.

 

Documentos Necessários

  • Currículo Lattes - Plataforma Lattes (CNPq)
  • Proposta de Projeto (incluíndo os produtos, acadêmicos e o PTT) - DOCX  -  PDF
  • Documentos Comprobatórios (validação do currículo)
  • Cópia do Diploma de Graduação

 

Voltar ao Topo

Voltar ao Topo