Pular para o conteúdo

Notícias

Equipe Minga vence competição internacional de sustentabilidade

ENSINO Data de Publicação: 17 dez 2019 12:21 Data de Atualização: 18 dez 2019 07:05

Solar Decathlon Latino América e Caribe (SDLAC) é uma competição internacional que busca colocar juntos alunos e professores de diversas universidades para buscarem soluções para problemas relacionados à sustentabilidade e eficiência energética no setor da construção civil. Alunos do IFSC, juntamente com representantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Pontificia Universidad Javeriana de Cali, formaram a equipe Minga e participaram da competição ao lado de outras 13 equipes.

A competição do SDLAC consiste em projetar, construir, operar e demonstrar, uma habitação sustentável de interesse social energeticamente eficiente, com uso somente de energia solar. Muito além disso, a ideia do Solar Decathlon é desafiar de forma criativa os participantes no desenvolvimento de soluções inovadoras na área de sustentabilidade e eficiência energética em edificações. A competição destaca, no entanto, que primeiro garante-se o conforto dos ocupantes com eficiência energética, e depois busca-se integrar sistemas ativos solares e outras tecnologias renováveis.

Foram dois anos de competição, que culminou com a etapa de construção, operação e demonstração na cidade de Cali, Colômbia, entre novembro e  os primeiros dias de dezembro qie se passaram. “Foram dois anos trabalhando. Ano passado proposta urbana, e início da casa. Este ano o projeto da casa”, conta a professor Ana Lígia. 

A competição do SDLAC é composta de dez provas pontuáveis: arquitetura; engenharia e construção; eficiência energética; balanço da energia elétrica (edificação energia zero/picos de energia); condições de conforto (temperatura, umidade, iluminação e som); funcionamento da casa; comunicação, marketing e consciência social; projeto urbano e acessibilidade; inovação; e sustentabilidade. 

Quem

A equipe brasileira foi coordenada pela arquiteta Maria Andrea Triana; pelos professores de José Ripper Kós (Arquitetura e Urbanismo-UFSC), Saulo Güths (Engenharia Mecânica-UFSC), e Ana Lígia Papst de Abreu (Construção Civil-IFSC). Na coordenação geral, o grupo contou com o professor colombiano Iván Osuna. 

O IFSC integrou a Minga com os seguintes participantes: o egresso da Engenharia Civil, Tiago de Castro Quevedo; o acadêmico do curso de Engenharia Civil, Rafael Takeshi Hayashi Feuerharmel; a acadêmica do curso de Engenharia Civil, Marina Espíndola Amorim; o professor do Departamento Acadêmico da Construção Civil, Rogério de Souza Versage; e o professor do curso Refrigeração e Climatização, Samuel Luna de Abreu. Da UFSC, os acadêmicos participantes são Gabriela Peglow Harthmann, Lucas Fernandes de Oliveira, Luís Henrique Pavan e Rodrigo Cruz Moraes, ambos da Arquitetura e Urbanismo, e Lorrany da Silva Mendes, da Engenharia de Produção Civil.

ENSINO