Processo de construção

Saiba como ocorreu a elaboração do PDI 2020-2024

Acesse aqui o Relatório de Elaboração do PDI 2020-2024.

 

Fase Preliminar à elaboração do PDI 2020-2024

 

Alguns documentos importantes gerados nessa etapa inicial.

 

1 - Consulta Pública sobre Missão, Visão e Valores: Como uma etapa preliminar do processo de elaboração do PDI foi aberto a toda comunidade um breve questionário para analisar as então atuais declarações de missão, visão e valores do IFSC. O questionário pôde ser respondido até 30/06/2018.

2 - Avaliação Técnica PPI 2015-2019: Esta análise do PPI foi realizada pelas equipes técnicas da Reitoria e aprovado pelo Cepe.

3 - Plano Geral de Trabalho do PDI 2020-2024: proposto pelo Comitê Permanente de   Acompanhamento do Desenvolvimento Institucional (Copadin) e aprovado pelo Conselho Superior.

 

Fase de Elaboração do PDI 2020-2024

 

A Comissão Central do PDI 2020-2024, em reunião ocorrida em 12 de dezembro de 2018, aprovou uma atualização do cronograma do Plano Geral de Trabalho, no que diz respeito às etapas que ainda seriam realizadas. Foram inseridas as etapas constantes nas linhas amarelas da Figura a seguir, anteriormente previstas para ocorrerem no ano de 2018. A alteração permitiu o desenvolvimento mais adequado do método de construção do mapa estratégico, uma consulta pública focada nos objetivos estratégicos e a elaboração de indicadores, metas e iniciativas para objetivos estratégicos mais maduros, após apreciação pela comunidade.

Tabela com o Cronograma do PDI 2020 - 2024

Assista os vídeos:

A elaboração deste novo PDI teve como premissa geral a utilização do conteúdo dos capítulos centrais do PDI 2015-2019 como base, tanto por terem sido produzidos de forma participativa e aprovados de forma democrática pela comunidade do IFSC, quanto pelo resultado da avaliação técnica realizada em etapas preliminares, durante 2017 e primeiro semestre de 2018.

 

ETAPA 1: AGOSTO/2018 A JANEIRO/2019

As primeiras etapas do processo de elaboração aconteceram entre agosto e dezembro de 2018.

A revisão dos Valores Institucionais  foi realizada pela Comissão Central do PDI, que propôs uma nova redação para o valor Qualidade e a inclusão de Inovação e Respeito.

O Projeto Pedagógico Institucional foi atualizado seguindo as diretrizes do Relatório de Avaliação Técnica feito pelas equipes técnicas da Reitoria e aprovado pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe). A produção da minuta coube a uma Comissão Específica, composta pelos diretores de Ensino, Pesquisa, Extensão, Assuntos Estudantis e Gestão do Conhecimento da Reitoria, representantes do Cepe e representantes da Comissão Temática que havia elaborado o PPI vigente.

Por sua vez, a revisão do Planejamento Estratégico Institucional começou com elaboração das Matrizes SWOT locais dos câmpus   e   Cerfead, com   a   participação   de   suas   respectivas   equipes   gestoras,  CPA   locais   e Colegiados, em  trabalho metodologicamente mediado pelos Apoiadores Técnicos do PDI. Na sequência, essas matrizes foram sistematizadas e analisadas pelos gestores e equipes técnicas da Reitoria, que completaram a etapa de análise ambiental com a construção da Matriz SWOT global do IFSC e, por meio de oficinas temáticas, a utilizaram como principal insumo para a revisão dos objetivos estratégicos vigentes no período 2015-2019.

 

ETAPA 2: FEVEREIRO/2019

Em fevereiro de 2019, a minuta atualizada do PPI, as propostas dos novos objetivos estratégicos e a revisão dos valores foram submetidas a uma consulta pública aos quatro segmentos da comunidade. Audiências internas e externas foram realizadas pelos câmpus para discutir as propostas, preliminarmente à aprovação das contribuições coletivas de cada unidade em reunião de seus Colegiados.

Paralelamente, contribuições individuais via formulário eletrônico foram recebidas diretamente pela Prodin.  

O resultado da consulta pública apontou para a validação geral dos objetivos propostos e trouxe contribuições relevantes às suas declarações e descrições detalhadas, que após apreciadas pela Comissão Central, resultaram no novo Mapa Estratégico do IFSC.

- PPI: Respostas da Comissão Específica do PPI às constribuições coletivas e individuais

- Objetivos Estratégcios: Respostas dos Donos dos Objetivos Estratégicos às constribuições coletivas e individuais

 

ETAPAS 3 E 4: MARÇO A OUTUBRO/2019

Em uma nova rodada de oficinas com os gestores e equipes técnicas da Reitoria, a revisão do Planejamento Estratégico Institucional  foi concluída com a elaboração de indicadores, metas e iniciativas para cada objetivo.

Da mesma forma, a Comissão Central e a Comissão Específica do PPI puderam completar suas tarefas quanto à revisão dos Valores e atualização do PPI.

A planificação da oferta de cursos, que já havia tido uma revisão aprovada no início de 2017 e fora expandida em 2018, passou por nova atualização entre abril e junho de 2019, no âmbito da elaboração do Plano de Oferta de Cursos e Vagas. Nesta etapa, os câmpus puderam propor novas ofertas com foco na Educação de Jovens e Adultos, de modo a garantir a projeção do alcance da meta legal de 10% de vagas em cursos do Proeja até 2024, assim como manter a previsão de atingimento das demais metas legais quanto à finalidade das ofertas e relação aluno-professor.

O Capítulo 8 - Organização e Gestão de Pessoal  foi elaborado pela Diretoria de Gestão de Pessoas em conjunto com o Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas, e teve a participação da Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional na articulação da seção Plano de Expansão do Quadro de Pessoal com o Plano de Oferta de Cursos e Vagas.

A   elaboração   do  Capítulo   9   -   Infraestrutura foi   coordenada   pela   Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional e contou com a participação de todos os câmpus e Reitoria em duas etapas:

a) realização de levantamento e diagnóstico sobre a atual infraestrutura física e tecnológica, dos ambientes e instalações gerais, laboratórios, bibliotecas e acessibilidade espacial e

b) a partir de diretrizes   discutidas   pelo   Colégio   de   Dirigentes,   elaboração   do  Plano   Quinquenal   de Infraestrutura de cada unidade da instituição, que nos Câmpus foi aprovado pelo seu respectivo Colegiado.

Também participaram da elaboração dos diagnósticos e diretrizes, o Departamento de Obras e Engenharia (DOE/Diradm/Proad), a Comissão Permanente de Acessibilidade do IFSC e a Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas Integradas (SiBI/Diren/Proen). O Grupo de Trabalho Acervo Acadêmico, foi o responsável pela elaboração do Plano de Acervo Acadêmico Digital.

Os capítulos Perfil Institucional, Organização Administrativa, Educação a Distância e Capacidade e Sustentabilidade Financeira e, que não tratam de planejamento, destinando-se à apresentação   de   informações   gerais,   regulamentações   e   práticas   atuais   da   instituição, foram redigidos diretamente pelas diretorias de Gestão do Conhecimento (cap. 1 e 2), do Cerfead (cap. 4) e   de   Administração   (cap.   5).  

O  Capítulo   10   -  Acompanhamento   e   Avaliação   do Desenvolvimento Institucional  foi proposto pela Diretoria de Gestão do Conhecimento da Prodin, área responsável pela promoção e coordenação dos processos de planejamento estratégico e a avaliação institucional.

 

ETAPAS 5 E 6: NOVEMBRO, DEZEMBRO/2019 E FEVEREIRO/2020

Após quinze meses de elaboração, as minutas dos 10 capítulos foram submetidas a uma nova consulta pública via formulário eletrônico, para que servidores, alunos e comunidade externa pudessem contribuir para os últimos ajustes no documento, antes da apreciação pelo Codir, CDP, Cepe e Consup.

A apreciação do documento pelo Conselho Superior do IFSC ocorreu nas reuniões de 16/12/2019 e 17/02/2020, tendo sido concluída com a aprovação do PDI 2020-2024.

Voltar ao Topo